Validação clínica dos diagnósticos de enfermagem intolerância à atividade, volume de líquido excessivo e débito cardíaco diminuído nos pacientes com insuficiência cardíaca

Validação clínica dos diagnósticos de enfermagem intolerância à atividade, volume de líquido excessivo e débito cardíaco diminuído nos pacientes com insuficiência cardíaca

Author Sousa, Vanessa de Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Barros, Alba Lucia Bottura Leite de Barros Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Enfermagem
Abstract It is a descriptive, cross-sectional quantitative study which aimed to develop and validate the operational definitions of the defining characteristics (DC) of the nursing diagnoses (ND) Decreased cardiac output, Activity intolerance and Excessive fluid volume; to clinically validate these DC in patients with heart failure (HF) classes III and IV; to assess if the presence of the DC of Activity intolerance and Excessive fluid volume are related in the presence of Decreased cardiac output; to assess the association between the ND Activity intolerance and Excessive fluid volume in the presence of ND Decreased cardiac output; to verify if there is association between the clinical and sociodemographic characteristics of patients with decompensate HF with the DC and the ND. The study was conducted in three stages: performance of a similarity analogy of the DC and development of operational definitions for the DC; content validation of the operational definitions; clinical validation. The statistical analysis was descriptive, using the Kappa coefficient, Spearman correlation coefficient, Fisher's exact test and Wilcoxon. For the content validation of 38 operational definitions, there were five successive assessments until 100% of agreement among the experts was reaching, resulting in addition of a new operational definition. For the clinical validation, after removal of the DC related to the pulmonary artery, 29 DC were validated in 25 patients of an emergency unit of a hospital in São Paulo. Data collection was conducted from June 2011 to September 2012, using an instrument developed and implemented by two nurses simultaneously. Nine DC were considered major: fatigue (100%), change in breathing pattern (100%), decreased ejection fraction (100%), crackles and rales (96%), pulmonary congestion (96%), changes in EKG (92%), electrolytes changed (88%), distention of the jugular vein (84%) and azotemia (80%). Five DC were identified when assessing the association of the DC with ND: changes in breathing pattern (p=0.002), decreased ejection fraction (p=0.002), positive hepatojugular reflex (p=0.006), ascites (p=0.03) and change in mental status (p=0.05). There was no significant association among the ND. Regarding the clinical and sociodemographic characteristics, hypertension was the main co morbidity; dyspnea was the most frequent cause for seeking healthcare; the educational level and the following DC were the most frequently ones related to the ND: fatigue (p=0.01), change in breathing pattern (p=0.01), decreased ejection fraction (p=0.01) and cough (p=0.03). Thereby, 38 operational definitions of the DC of the ND Decreased cardiac output, Activity intolerance and Excessive fluid volume were developed, to which was added the CD "ascites". Twenty-nine DC were clinically validated. The DC were only associated to ND Excessive fluid volume in the presence of ND Decreased cardiac output. The most common etiologies and co morbidities were hypertension and ischemic heart disease.

Trata-se de um estudo descritivo, transversal, com abordagem quantitativa, cujos objetivos foram: elaborar e validar as definições operacionais das características definidoras (CD) dos diagnósticos de enfermagem (DE) débito cardíaco diminuído, intolerância à atividade e volume de líquido excessivo; Validar clinicamente essas CD em portadores de Insuficiência Cardíaca (IC) graus III e IV; Avaliar se a presença das CD dos DE intolerância à atividade e volume de líquido excessivo relacionam-se na presença do diagnóstico débito cardíaco diminuído; Avaliar a associação entre os DE intolerância atividade e volume de líquido excessivo na presença do DE débito cardíaco diminuído; Verificar a associação entre as características clínicas e sociodemográficas dos pacientes com IC descompensada com as CD e os DE. O estudo foi realizado em três etapas: realização da analogia de semelhança das CD e elaboração das definições operacionais; validação de conteúdo das definições operacionais das CD e validação clínica. Na análise estatística, foram utilizados os seguintes testes: Coeficiente de Kappa, coeficiente de correlação de Spearman, Exato de Fisher e Wilcoxon. Na validação de conteúdo, realizaram-se cinco avaliações sucessivas até obter 100% de concordância entre os especialistas, resultando em acréscimo de uma nova definição operacional. A coleta de dados foi realizada entre junho 2011 e setembro 2012, por meio de instrumento elaborado e aplicado por duas enfermeiras simultaneamente, sem compartilharem os dados. Na validação clínica, após a retirada das CD relacionadas ao cateter artéria pulmonar, foram validadas 29 CD em 25 pacientes de uma unidade de emergência de um hospital do Município de São Paulo. Foram encontradas nove CD consideradas como principais: fadiga (100%), mudança no padrão respiratório (100%), fração de ejeção diminuída (100%), estertores e crepitações (96%), congestão pulmonar (96%), mudanças no ECG (92%), eletrólitos alterados (88%), distensão veia jugular (84%) e azotemia (80%). Na avaliação da associação das CD com os três DE em estudo, identificaram-se cinco CD: mudança no padrão respiratório (p=0,002), fração ejeção diminuída (p=0,002), reflexo hepatojugular positivo (p=0,006), ascite (p=0,03) e mudança no estado mental (p=0,05). Ao avaliar a associação entre os DE, por meio do Teste Exato de Fisher, não houve associação significativa (p=1). Quanto às características clínicas e sociodemográficas, a hipertensão arterial sistêmica foi a principal comorbidade; a dispneia foi a causa mais frequente de procura do serviço de saúde; o nível de escolaridade e as seguintes CD foram as que mais se relacionaram aos DE: fadiga (p=0,01), mudança no padrão respiratório (p=0,01), fração de ejeção diminuída (p=0,01) e tosse (p=0,03). Concluiu-se que, foram elaboradas 38 definições operacionais das CD dos DE Débito cardíaco diminuído, Intolerância à atividade e Volume de líquidos excessivo, às quais foi acrescentada a CD “ascite”. Vinte e nove CD foram clinicamente validadas. As comorbidades e etiologias mais frequentes foram a hipertensão arterial sistêmica e cardiopatia isquêmica.
Keywords nursing diagnosis
heart failure
validation studies
diagnóstico de enfermagem
insuficiência cardíaca
estudos de validação
Language Portuguese
Date 2013-07-31
Published in SOUSA, Vanessa de. Validação clínica dos diagnósticos de enfermagem intolerância à atividade, volume de líquido excessivo e débito cardíaco diminuído nos pacientes com insuficiência cardíaca. 2013. 200 f. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2013.
Research area Enfermagem
Knowledge area Ciências da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 200 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=559610
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/47419

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account