Caracterização e organização da força de trabalho de enfermagem do hospital alemão oswaldo cruz no contexto da segunda guerra mundial

Caracterização e organização da força de trabalho de enfermagem do hospital alemão oswaldo cruz no contexto da segunda guerra mundial

Author Berlofi, Luciana Mendes Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Sanna, Maria Cristina Sanna Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Enfermagem
Abstract Documentary study involving a social-historical approach regarding the characterization and organization of the nursing workforce in the Hospital Alemão Oswaldo Cruz, located in São Paulo, from January 1941 to February 1945, a period marked by World War II. The research objectives was to analyze the composition, structure and reward of the workers who made up the workforce of nursing of that private hospital, at that time, was already considered a model-reference. For such, it were appreciated three documentary sources: the book of employee's register from HAOC, 42 professional sheets from HAOC and 15 exemplary of the ?Livros de Registros de Diplomas de Pharmaceuticos, Dentistas, Parteiras e Enfermeiras? preserved by Emilio Ribas Museum of Public Health from the Department of Health of the State of São Paulo. The research of the sources began after the proper permits issued by the Superintendence of HAOC and Universidade Federal de São Paulo's Research Ethics Committee. Firstly, the data from each source were studied separately and then they were correlated and analyzed with an Excel® spreadsheet support. All documents of the first two sources cited were copied electrostatically, certificated and organized in files according to the chronological order. The third documentary source, since these are part of the collection of a museum, were copied by digital photography, having been their pictures worked and organized into electronic files following the exemplar?s order. The data were analyzed and discussed according to the documentary-historical method, from the perspective of historical, social, economic and political context. The research revealed that since the 1940s, the institution was using human resource management tools to control headcount, payroll and the professional development of employees. There was formal and hierarchical division between workers of the administrative, care and support groups. The nursing workforce was composed by 16 different designations of positions divided into three segments ? leaders, graduates and non-graduates ? acting in different organizational and decision-making levels of the institution - strategic, tactical and operational. Stands out the practice of training and monitoring activities, known as "from novice to expert", guiding the scales of professional development that occurred for additional vocational training, career longevity and featured in attitudes or behavior system. The remuneration differed between the positions of professionals and increased according to the hierarchical level of the worker. It was concluded that, since the 1940s, the organization of nursing professionals, supported by the care and management model, enabled HAOC to be considered a model institution-reference.

Estudo documental com abordagem histórico-social, sobre a caracterização e organização da força de trabalho de enfermagem do Hospital Alemão Oswaldo Cruz (HAOC), localizado na cidade de São Paulo, entre janeiro de 1941 e fevereiro de 1945, período marcado pela II Guerra Mundial. Os objetivos da pesquisa foram analisar a composição, a estruturação e o sistema de recompensas dos trabalhadores que compunham a força de trabalho de enfermagem desse hospital privado, na época já considerado modelo-referência. Para tanto, apreciaram-se três fontes documentais: Livro de Registro de Empregados do HAOC, 42 Fichas Profissionais de Registro de Empregados do HAOC e 15 exemplares dos ?Livros de Registros de Diplomas de Pharmaceuticos, Dentistas, Parteiras e Enfermeiras?, preservados pelo Museu de Saúde Pública Emílio Ribas, do Instituto de Saúde da Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo. A pesquisa das fontes só teve início depois de concedidas as devidas autorizações da Superintendência do HAOC e do Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal de São Paulo. Primeiramente, os dados de cada fonte foram estudados separadamente para depois serem correlacionados e analisados com apoio de planilha Excel®. Todos os documentos das duas primeiras fontes citadas foram copiados eletrostaticamente, certificados e organizados em pastas arquivo, segundo ordem cronológica. Já os documentos da terceira fonte, por se tratarem de parte do acervo de um museu, foram copiados por meio de fotografia digital, tendo suas imagens sido trabalhadas e organizadas em arquivos eletrônicos, seguindo a ordem dos exemplares estudados. Os dados foram analisados e discutidos segundo o método documental-histórico, sob a ótica do contexto histórico, social, econômico e político. A pesquisa revelou que, desde a década de 1940, essa instituição se utilizava de ferramentas de gestão de recursos humanos para controlar o headcount, a folha de pagamento e a progressão profissional dos empregados. Existia divisão formal e hierárquica entre os trabalhadores dos grupos administrativo, assistencial e de apoio. A força de trabalho de enfermagem era composta por 16 diferentes denominações de cargos subdivididos em três segmentos ? líderes, graduados e não graduados ? atuantes nos diferentes níveis organizacionais e decisórios da instituição ? estratégico, tático e operacional. Destaca-se a prática de sistema de formação profissional e monitoramento de atividades conhecido por ?from novice to expert?, norteador das escalas de progressão profissional que acontecia por formação profissional adicional, tempo de carreira e destaque em atitudes ou comportamentos. As remunerações se diferenciavam entre os cargos dos profissionais e aumentavam conforme o nível hierárquico do trabalhador. Concluiu-se, que, já na década de 1940, a organização dos profissionais da Enfermagem, sustentada pelo modelo assistencial e de gestão, possibilitou, ao HAOC, ser considerado uma instituição modelo-referência.
Keywords nursing
history of nursing
private hospital
organization and administration
personnel administration
hospital
enfermagem
história da enfermagem
hospital privado
organização e administração
administração de recursos humanos em hospitais
Language Portuguese
Date 2014-03-26
Published in BERLOFI, Luciana Mendes. Caracterização e organização da força de trabalho de enfermagem do hospital alemão oswaldo cruz no contexto da segunda guerra mundial. 2014. 135 f. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2014.
Research area Enfermagem
Knowledge area Ciências da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 135 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=1627134
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/47403

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account