Impacto de um pacote de medidas na prevenção da hipotermia do recém-nascido pré-termo do nascimento à admissão na unidade neonatal

Impacto de um pacote de medidas na prevenção da hipotermia do recém-nascido pré-termo do nascimento à admissão na unidade neonatal

Author Nunes, Marynea do Vale Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Almeida, Maria Fernanda Branco de Almeida Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Pediatria e Ciências Aplicadas à Pediatria
Abstract Introduction: In preterm newborn infants, it is a challenge to achieve normothermia in the first minutes due to a immature termoregulation system and to a cold environment exposure at birth. Objective: To verify the impact of a bundle applied to avoid hypothermia in preterm newborn infants on admission to neonatal intensive care unit (NICU). Method: This cohort studies inborn preterm newborn infants from 23 to 33 weeks gestational age without congenital malformations admitted to a NICU at Universidade Federal do Maranhão during two periods: I - pre-intervention (Aug/2010-Apr/2012; n=254) e II - post-implantation (Aug/2013-Jun/2015; n=268) of a bundle to reduce hypothermia (axilar temperature <36.0°C) on admission to NICU. Intervention measures were taught to a multidisciplinary team to avoid hypothermia since birth, according to guidelines of the Brazilian Neonatal Resuscitation Program of Brazilian Pediatric Society, with the quality improvement tool PDSA (Plan-Do-Study-Act). Frequency of hypothermia at NICU admission between the two periods was compared, and measures associated to hypothermia reduction was analyzed by logistic regression. Results: Maternal and neonatal demographic characteristics were similar in the two periods, except for higher frequency of antenatal corticosteroid use, perinatal infection, very low birth weight infants, positive pressure ventilation with cold gases in period II. Period I versus Period II showed frequency reduction of hypothermia 5 minutes after birth: 62% vs 21% and of hypothermia at NICU admission - 75% vs 14% (p<0.001). From Jul/2014 to Jun/2015, 4% (6/131) of patients had hypothermia at NICU admission, five of them with birth weight < 650g. Preventive measures associated to hypothermia were: delivery room/resuscitation room ?26.0°C (OR 0.19; CI 95% 0.09-0.41), use of plastic and cotton caps at birth (OR 0.31; 0.12-0.80), transport incubator temperature ?35°C (OR 0.28; 0.13-0.58), and use of plastic bag during transport to NICU (OR 0.39; 0.15-1.04). But hypothermia on admission to NICU in 84% (39/46) extremely low birth weight infants in period I, was 27% (22/80) still in period II (p<0.001). Hyperthermia (axilar temperature ?37.6°C), absent in period I, was detected in 9% of patients in period II (p<0.001). Conclusion: The termoregulation bundle applied at birth by the quality improvement tool PDSA decreased significantly the hypothermia on admission to NICU in preterm infants < 34 weeks of gestational age.

Introdução: Em recém-nascidos pré-termo (RNPT), assegurar a normotermia nos primeiros minutos de vida é um desafio devido à imaturidade do sistema de regulação térmica e à exposição ao ambiente frio ao nascimento. Objetivo: Avaliar o impacto de um pacote de medidas na prevenção da hipotermia do RNPT desde o nascimento até a admissão na Unidade de Terapia Intensiva Neonatal (UTIN). Método: Coorte prospectiva de RNPT de 23 a 33 semanas de idade gestacional sem malformações congênitas nascidos e internados na UTIN da Universidade Federal do Maranhão em dois períodos: I - pré-intervenção (ago/2010-abr/2012; n=254) e II - pós-implantação (ago/2013-jun-2015; n=268) de um pacote de medidas para reduzir a hipotermia (temperatura axilar inferior a 36,0°C) à admissão na UTIN. A intervenção compreendeu capacitar a equipe médica e de enfermagem na prevenção da hipotermia desde o nascimento segundo as diretrizes modificadas do Programa de Reanimação Neonatal da Sociedade Brasileira de Pediatria, além de utilizar a ferramenta de qualidade PDSA (Plan-Do-Study-Act). Avaliou-se a frequência de hipotermia à admissão na UTIN nos dois períodos e as medidas associadas à sua redução por meio de regressão logística. Resultados: As características demográficas maternas e neonatais foram semelhantes nos dois períodos, exceto a maior frequência de uso de corticoide antenatal, infecção perinatal, RN de muito baixo peso ao nascer (PN), ventilação com pressão positiva ao nascer e transporte em suporte ventilatório com gás frio no período II. Comparando-se o período I ao período II, constatou-se frequência de hipotermia 5 minutos após o nascimento - 62% vs 21% e hipotermia à admissão na UTIN - 75% vs 14% (p<0,001). Especificamente nos meses de jul/2014 até jun/2015, 4% (6/131) dos pacientes apresentaram hipotermia à admissão na UTIN, cinco deles com PN inferior a 650g. As medidas de prevenção associadas de maneira independente à hipotermia foram: temperatura na sala de parto/reanimação >=26,0°C (OR 0,19; IC 95% 0,09-0,41), uso de toucas de plástico e algodão ao nascer (OR 0,31; 0,12-0,80), temperatura da incubadora de transporte >=35°C (OR 0,28; 0,13-0,58) e uso de saco plástico no transporte (OR 039; 0,15-1,04) até a UTIN. Apesar das medidas implementadas, a hipotermia à admissão na UTIN que era de 84% (39/46) nos RNPT com peso ao nascer <1000g no período I, ainda ocorreu em 27% (22/80) deles no período II (p<0,001). Já a hipertermia (temperatura axilar >=37,6°C), ausente no período I, foi detectada em 9% dos pacientes no período II (p<0,001). Conclusão: A implantação sistemática de um pacote de medidas acompanhada através da ferramenta de qualidade PDSA reduziu de maneira significativa a hipotermia à admissão na UTIN em prematuros com idade gestacional inferior a 34 semanas.
Keywords newborn
preterm
hupothermia
recém nascido
pretermo
termoregulation
recém nascido
pretermo
hipotermia
regulação térmica
Language Portuguese
Date 2015-10-29
Published in NUNES, Marynea do Vale. Impacto de um pacote de medidas na prevenção da hipotermia do recém-nascido pré-termo do nascimento à admissão na unidade neonatal. 2015. 69 f. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2015.
Research area Medicina
Knowledge area Ciências da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 69 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=2739605
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/47381

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account