O uso do cloridrato de metilfenidato em unidade infantil da rede pública de santos: remediando a desmedida

O uso do cloridrato de metilfenidato em unidade infantil da rede pública de santos: remediando a desmedida

Autor Silva, Maria Jose da Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Casetto, Sidnei Jose Casetto Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Ensino em Ciências da Saúde
Resumo In recent years, an expansion of the use of methylphenidate hydrochloride has been occurred, the active ingredient in Ritalin, known as the "drug of obedience." It is a central nervous system stimulant that increases alertness and reduces impulsiveness and hyperactivity in patients with Attention Deficit Hyperactivity Disorder (ADHD). According to Ortega et al. (2010) worldwide, methylphenidate is a stimulant that has larger consumer demand compared to the sum of all other stimulants. Its connection to ADHD has been a determinant justification for such growth. The medicalization of childhood and the medicalization in life, according to the literature, are inserted in the contemporary context of the bio-identities constitution and the physicalist view of mental distress. The present study aimed to analyze the demand of the drug methylphenidate in children from 6 to 10 years old within 2008 and 2012, in child health unit of the public health network in Santos, to clarify how this medication was used and its relation with the ADHD treatment. It was a case study of a quantitative-qualitative approach, conducting semi-structured interviews with professionals in Centro de Valorização da Criança da Região Central Histórica (psychologist, speech therapist, therapeutic companion, social worker and psychiatrist) consulting medical records of this unit. The interviews were analyzed using content analysis, that is, the thematic technique. According to this method, parts of the interviews were selected as stated in the categories derived from the interview script. It was allowed through these parts to identify core meaning which consequently enabled the elaboration of general themes, being launched on a systematic framework. The quantitative data obtained from the medical records were organized into a table and subjected to statistical analysis. The results showed critical professionals about the diagnosis of ADHD and its pharmacological treatment with reduction in the use of Ritalin, however with a tendency to substitute it for another drug, Risperidone. It was hypothetically suggested that we live in a hubris time in which adjustment efforts occur.

Nos últimos anos tem ocorrido uma expansão do uso de cloridrato de metilfenidato, princípio ativo da Ritalina, conhecido como a ?droga da obediência?. É um estimulante do sistema nervoso central, que aumenta a atenção e reduz a impulsividade e hiperatividade em pacientes com Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH). Segundo Ortega et al. (2010), em âmbito mundial, o metilfenidato é o estimulante que apresenta maior demanda de consumo em comparação com a soma de todos os outros estimulantes. Sua vinculação ao TDAH tem sido fator importante de justificativa para tal crescimento. A medicalização da infância e da vida, segundo a literatura consultada, insere-se no contexto contemporâneo de constituição de bioidentidades e concepção fisicalista do sofrimento mental. O presente estudo teve como objetivo analisar a demanda do medicamento metilfenidato em crianças de 06 a 10 anos, no período de 2008 a 2012, em uma unidade de atendimento infantil da rede pública de Santos, para esclarecer como foi utilizada essa medicação e suas relações com o tratamento do TDAH. Tratou-se de um estudo de caso, de abordagem quantitativo-qualitativa, com a realização de entrevista semiestruturada com os profissionais do Centro de Valorização da Criança da Região Central Histórica (psicólogo, fonoaudiólogo, acompanhante terapêutico, assistente social e psiquiatra) e consulta aos prontuários médicos desta unidade. As entrevistas foram analisadas pela técnica de análise de conteúdo, do tipo temática. De acordo com este método foram selecionados trechos das entrevistas, segundo categorias derivadas do roteiro de entrevista. Estes trechos permitiram identificar núcleos de sentido que, por sua vez, possibilitaram a elaboração de temas gerais, sendo lançados em um quadro sistematizado. Os dados quantitativos resultantes dos prontuários foram organizados em uma tabela e submetidos a análise estatística. Os resultados mostraram profissionais críticos a respeito do diagnóstico do TDAH e de seu tratamento medicamentoso, tendo havido redução do uso da Ritalina, mas com tendência de substituição por outro medicamento, a Risperidona. Aventou-se a hipótese de que vivemos um tempo de desmedidas, no qual esforços de contenção se sucedem.
Assunto methylphenidate hydrochloride
adhd
pharmaceutical care
child
cloridrato de metilfenidato
tdah
assistência farmacêuta
criança
Idioma Português
Data 2014-09-26
Publicado em SILVA, Maria Jose da. O uso do cloridrato de metilfenidato em unidade infantil da rede pública de santos: remediando a desmedida. 2014. 90 f. Dissertação (Mestrado Profissional) - Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2014.
Linha de pesquisa Ensino
Área de concentração Multidisciplinar
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 90 p.
Fonte https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=1779559
http://www2.unifesp.br/centros/cedess/mestrado/baixada_santista_teses/009_bx_mariajose_tese.pdf
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/47290

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)