Influência da reconsolidação na sensibilização locomotora induzida por morfina em camundongos

Influência da reconsolidação na sensibilização locomotora induzida por morfina em camundongos

Autor Maluf, Ana Cristhina Sampaio Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Santos Junior, Jair Guilherme dos Santos Junior Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Neurologia - Neurociências
Resumo Drug addiction, although a complex process, can be seen as a remote memory that is constantly retrieved and reconsolidated, becoming stronger. A prominent risk to relapse is the presentation of environmental cues that have been paired with drug use. Therefore, disruption of associative memory, by targeting memory reconsolidation, is a promissory strategy to minimize the risk of relapse. Repeated exposures to drugs may enhance its locomotor effects in rodents, a long-lasting behavioral alteration known as locomotor sensitization, which is related with neuroplasticity in brain reward systems that may contribute to addiction. Locomotor sensitization is partly dependent on the association of the drug effects with the environment in which it has been previously administered and, thus, can be influenced by context memory. However, little is known about the reconsolidation of memories underlying locomotor sensitization. The aim of this study is to investigate the effects of reconsolidation in morphine-induced locomotor sensitization paradigm, to evaluate different retrieval protocols and to test the reconsolidation effects in remote memories. Adult male C57BL/6J mice have been submitted to a morphineinduced locomotor sensitization protocol and, 2 days after, submitted to a brief reactivation session where they were reexposed to the same context of acquisition, reexposed to context and morphine, injected with morphine without context reexposure or did not receive any intervention. After reactivation, some animals received cicloheximide (CHX), a protein synthesis inhibitor. Twenty four hours later, all animals were challenged with morphine and tested for their locomotor activity in the same context of acquisition. Next day, all animals were again challenged but tested in a new context. Locomotor sensitization expression was impaired just in mice reexposed to context (with or without morphine) and treated with CHX two times. There was no difference between animals when tested in the new context. In another experiment, the same protocol was used but, in this case, the time between acquisition and reexposure was prolonged for 28 days. Animals treated with CHX showed no memory impairment. These data suggest that there is an influence of reconsolidation process in the expression of locomotor sensitization induced by morphine and it depends on the presence of context in the reactivation and that the influence of reconsolidation process seems to occur only in recent memories but not in remote memory.

A dependência de drogas, embora seja um fenômeno complexo, pode ser considerada como uma memória remota constantemente evocada e reconsolidada, tornando-se cada vez mais forte. Um fator de risco importante para a recaída é a apresentação de pistas ambientais que foram previamente associadas ao uso da droga. Desta forma, o enfraquecimento dessas memórias associativas, por meio da manipulação dos processos de reconsolidação, representa uma estratégia promissora para reduzir o risco de recaída. Repetidas exposições à droga pode levar a um aumento do seu efeito locomotor em roedores, uma alteração comportamental duradoura, denominada sensibilização locomotora, relacionada com neuroadaptações no sistema de recompensa cerebral que podem contribuir para a dependência. A sensibilização locomotora pode depender, em parte, da associação entre os efeitos da droga e o contexto onde ela foi previamente administrada podendo, assim, ser influenciada pela memória do contexto. No entanto, pouco se sabe sobre a reconsolidação de memórias relacionadas à sensibilização locomotora. Portanto, o objetivo deste estudo foi de investigar os efeitos da reconsolidação no paradigma da sensibilização locomotora induzida por morfina, comparar diferentes tipos de protocolos de reexposição e avaliar a influência da reconsolidação em memórias remotas. Camundongos C57BL/6J machos adultos foram submetidos a um protocolo de sensibilização locomotora induzida por morfina e, 2 dias depois, submetidos a uma breve sessão de reativação onde foram reexpostos ao mesmo contexto da aquisição, ao contexto e à morfina, expostos somente à morfina sem o contexto ou não receberam nenhuma intervenção. Após a reativação, alguns animais receberam cicloheximida (CHX), um inibidor de síntese proteica. 24 horas depois, todos os animais foram desafiados com morfina e sua atividade locomotora testada no mesmo contexto da aquisição. No dia seguinte, todos os animais foram novamente desafiados e testados, mas testados em um novo contexto. A expressão da sensibilização locomotora foi atenuada apenas nos animais reexpostos ao contexto (com ou sem morfina) e tratados com CHX duas vezes. Não houve diferença entre os animais quando testados no novo contexto. Em outro experimento, o mesmo protocolo foi utilizado mas, nesse caso, o intervalo entre treino e reexposição foi aumentado para 28 dias. Animais tratados com CHX não apresentaram diminuição da resposta. Esses resultados sugerem que há uma influência da reconsolidação na expressão da sensibilização locomotora induzida por morfina e que ela depende da presença do contexto na reativação e que a influência da reconsolidação parece ocorrer somente nas memórias recentes, mas não nas memórias remotas.
Assunto memory
drug abuse
mice
memória
transtornos relacionados ao uso de substâncias
camundongo
Idioma Português
Data 2016-02-26
Publicado em MALUF, Ana Cristhina Sampaio. Influência da reconsolidação na sensibilização locomotora induzida por morfina em camundongos. 2016. 91 f. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2016.
Linha de pesquisa Medicina
Área de concentração Ciências da saúde
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 91 p.
Fonte https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=3629208
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/47263

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)