Papel das células b-1 na infecção de camundongos por leishmania (leishmania) amazonensis e leishmania (leishmania) chagas

Papel das células b-1 na infecção de camundongos por leishmania (leishmania) amazonensis e leishmania (leishmania) chagas

Author Gonzaga, Wagner Francisco Kennerly Marcondes Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Batista, Wagner Luiz Batista Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Microbiologia e Imunologia
Abstract he immune response to leishmaniasis is complex, and the result of infection depends on both the genetic composition of the Leishmania species and the immunity of the host. Clinical and experimental evidence suggest that the activation of B cells leads to exacerbation of visceral leishmaniasis. However, the role of B - 1 cells (a subtype of B lymphocytes) in the pathogenesis of experimental leishmaniasis has not yet been elucidated. In this study, we investigated the importance of B- 1 cells in experimental infection with L. (L.) amazonensis or L. (L.) chagasi. First, we showed a reduction in peritoneal B-1 cell percentage after 10 days of infection with L. (L.) amazonensis. On the other hand, this population was increased in BALB/c mice infected with L. (L.) Chagasi. XID mice presented an increase in the paras ite number in the foot paws, lymph nodes and spleen, comparing to controls (BALB/c and XID+B - 1). In contrast, XID animals infected with L. (L.) chagasi had a signi fi cant reduction in parasite load in the spleen when compared to control mice. The profile of IL-10 production was also different depending on Leishmania species. XID mice infected with L. (L.) amazonensis showed high levels of IL-10 in the spleen while these mice strain infected with L. (L.) chagasi had low levels of IL-10 in the serum. In addition n, the transfer of B-1 cells from wild type mice into IL-10KO animals led to an increase in susceptibility to L. (L.) chagasi infection in the IL-10KO mice, suggesting that the IL-10 produced by these cells is important in experimental infection. These res ults suggest that B-1 cells are involved in modulating the immune response in experimental infection with L. (L.) amazonensis or L. (L.) chagasi contributing to distinct profiles of resistance/susceptibility depending on the species of parasite.

A resposta imunológica nas leishmanioses é bastante complexa e o resultado da infecção depende, entre outros fatores, da composição genética das várias espécies de Leishmania e da imunidade do hospedeiro. Evidências clínicas e experimentais mostraram que a ativação de células B pode levar a exacerbação da leishmaniose visceral e contribuir para a suscetibilidade da leishmaniose cutânea. Células B1 constituem um sub tipo de linfócitos B cujo papel nas leishmanioses ainda é pouco compreendido. Sabe-se que essas células são capazes de fagocitar diversos patógenos, migrar para foco inflamatório, produzir grandes quantidades de IL -10 e modular a resposta imunológica em diversos modelos experimentais. Portanto, este trabalho teve por objetivo investigar o papel das células B-1 na patogênese da infecção experimental por Leishmania (Leishmania) amazonenses e Leishmania (Leishmania) chagasi. Interessantemente, a população de células B-1 peritoneais de camundongos BALB/c infectados por L. (L.) amazonenses diminuiu ao longo da infecção. Em contraste, essa população celular aumentou em resposta a infecção por L. (L.) chagasi. Comparando o curso da infecção em camundongos BALB/c, X ID (camundongos geneticamente deficientes de células B- 1) e XID que receberam transferência adotiva de células B-1 (XID+B-1) foi possível observar que na infecção por L. (L.) amazonenses animais XID foram mais suscetíveis a infecção em comparação aos grupo s BALB/c e XID+B-1. Por outro lado, na infecção experimental por L. (L.) chagasi, camundongos XID foram mais resistentes ao parasita em relação aos animais BALB/c e XID+B-1. O perfil de produção de IL-10 também foi diferente dependendo da espécie de Leishmania. Camundongos XID infectados por L. (L.) amazonenses apresentaram altos níveis de IL- 10 no baço enquanto que esses animais apresentaram baixos níveis dessa citocina no soro quando foram infectados por L. (L.) chagasi. Para avaliar se a IL -10 produzida pelas células B -1 poderia estar envolvida na suscetibilidade a infecção por L. (L.) chagasi, animais IL-10KO receberam transferência adotiva de células B-1 provenientes de animais wild-type (IL- 10KO+B-1). Camundongos wild-type e IL-10KO+B-1 foram mais suscetíveis a infecção que camundongos IL-10KO, sugerindo a participação da IL-10 proveniente de células B-1 na suscetibilidade a infecção por L. (L.) chagasi. Esses resultados evidenciam que células B-1 participam da modulação da resposta imunológica na infecção experimental por L. (L.) amazonenses e L. (L.) chagasi contribuindo para distintos perfis de resistência/suscetibilidade dependendo da espécie do parasita
Keywords leishmania (leishmania) amazonensis
leishmania (leishmania) chagasi
b - 1 cells and interleukin - 10
leishmania (leishmania) amazonensis
leishmania (leishmania) chagasi
células b - 1 e i nterleucina - 10
Language Portuguese
Date 2014-10-23
Published in GONZAGA, Wagner Francisco Kennerly Marcondes. Papel das células b-1 na infecção de camundongos por leishmania (leishmania) amazonensis e leishmania (leishmania) chagas. 2014. 114 f. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2014.
Research area Microbiologia
Knowledge area Ciências biológicas
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 114 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=1311336
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/47173

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account