Supervisor de psicologia clínica: um professor idealizado?

Supervisor de psicologia clínica: um professor idealizado?

Título alternativo Clinical psychology advisor: an idealized master?
Autor Oliveira-Monteiro, Nancy Ramacciotti de Autor UNIFESP Google Scholar
Nunes, Maria Lucia Tiellet Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul
Resumo Supervision for undergraduate trainees in clinical psychology - even though fundamental for their training - lacks systematic evaluation mechanisms in regard to the role and function of the supervisor. This paper presents a study taking aim at exploring clinical psychology trainees' perceptions about their supervisors and supervision. The survey was carried out using a five points Likert scale comprising 27 items. The sample was formed by 56 undergraduate students belonging to the ninth semester of Psychology School, undergoing their training under weekly supervision for at least one semester. From the point of view of the trainees under supervision, the evaluations were almost exclusively positive, in spite of theoretical orientation of the supervisor. This positive result is discussed in relation to: characteristics of the clinical learning process - in special regarding the evaluation forms used; possible idealization; and the moment of transition from student to professional, in which the undergraduate is situated. It is pointed out the need for discussion about the evaluation of the teacher/supervisor activities in clinical psychology.

A supervisão de estágios em Psicologia Clínica, fundamental para a formação do aluno de Psicologia, carece de mecanismos de avaliação sistemática, relativa ao supervisor. Este artigo apresenta um estudo que explorou percepções de estagiários de Psicologia Clínica acerca de seus supervisores e da supervisão. O levantamento utilizou uma escala de tipo Likert de cinco pontos e 27 itens. Foram pesquisados 56 alunos de 9º semestre de curso de graduação em Psicologia, que faziam estágios sob supervisão semanal, há um semestre. Sob a ótica dos supervisionandos, as avaliações foram quase que exclusivamente positivas, a despeito da abordagem teórico-técnica do supervisor. Essa positividade foi discutida em relação a: características do processo ensino-aprendizagem clínico, em especial quanto a formas de avaliação utilizadas; possíveis idealizações; e momento de transição aluno-profissional em que o supervisionando se encontra. É apontada a necessidade de discussões sobre avaliação de professores-supervisores em Psicologia-Clínica.
Assunto Supervision
Clinical psychology
Supervision evaluation scale
Supervisão
Psicologia clínica
Escala de avaliação do supervisor
Idioma Português
Data 2008-12-01
Publicado em Psico-USF. Universidade de São Francisco, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Psicologia, v. 13, n. 2, p. 287-296, 2008.
ISSN 1413-8271 (Sherpa/Romeo)
Editor Universidade de São Francisco, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Psicologia
Extensão 287-296
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1413-82712008000200015
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1413-82712008000200015 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4702

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S1413-82712008000200015.pdf
Tamanho: 168.6Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)