Análise da produção científica dos enfermeiros brasileiros sobre administração em enfermagem no contexto dos programas de pós-graduação stricto sensu: uma abordagem histórica (1963-2011)

Análise da produção científica dos enfermeiros brasileiros sobre administração em enfermagem no contexto dos programas de pós-graduação stricto sensu: uma abordagem histórica (1963-2011)

Author Meneses, Abel Silva de Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Sanna, Maria Cristina Sanna Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Enfermagem
Abstract In order to analyze and describe the bibliometric characteristics of scientific production of Brazilian nurses on Nursing Administration in the context of post-graduate studies programs, according to the Structure of Knowledge on Nursing Administration proposed by Sanna, and propose recasting this structure, historical research was carried out a quantitative approach, which sought to explore documentary sources in a time span of 48 years. 7,722 abstracts of theses and dissertations cataloged by the Center for Studies and Research in Nursing Brazilian Nursing Association were examined, identifying 596 research products on Nursing Administration who were classified in the database of Microsoft Excel®, the following variables: time, space, thematic, researcher, advisor, research method developed and the quality of summaries. Data analysis was done by means of mathematical and statistical functions of Microsoft Excel® for measurement of absolute and relative frequencies of the study variables, and read back the themes found in the Structure of Knowledge Management in Nursing quoted. The analysis showed that, of the 7,722 productions strictly Brazilian Nursing, 7.7% had the Nursing Administration as an object of study, 75.5% from master programs and 24.5% of doctoral programs. The highest concentration of scientific production occurred in the 2000s, and the 245 different scientists nursing contributing to this knowledge, 2.9% remained focused on a line of research and only 0.7% remained attached to the themes studied with their advisors. The Southeast region led the scientific output in this area, with 75.2% of the productions on Nursing Administration, followed by the southern region with 12.1%, with 9.6% Northeast and Midwest with 3.1%. As for the quality of the abstracts, 52.4% had good or excellent concept, and there are no descriptors or keywords in 86.8% of them. Regarding the methodological characteristics of this production, 49.8% of the research studies were quantitative, qualitative 43.1% and 1.8% quantitative and qualitative. Regarding the methodological goal and temporality, descriptive and cross-sectional studies, and on the data collection procedure, case studies and surveys stood out. The thematic classification of this production, according to the Structure of Knowledge Management in Nursing, revealed that 17.8% of the studies refer to Ideological and Theoretical Bases of Nursing Administration, 13.1% and Intervention Methods and 69.1% to Resource Management Practices. This classification also revealed the existence of gaps in scientific production, with what was possible to construct the proposition of a new structure on Knowledge Management in nursing to represent knowledge of Nursing Administration ever produced by nurses in the context of post programs graduate studies in Brazil.

Com o objetivo de analisar e descrever as características bibliométricas da produção científica dos enfermeiros brasileiros sobre Administração em Enfermagem no contexto dos programas de pós-graduação stricto sensu, segundo a Estrutura do Conhecimento sobre Administração em Enfermagem proposta por Sanna, e propor reformulação nessa estrutura, realizou-se pesquisa histórica de abordagem quantitativa, que buscou explorar fontes documentais numa abrangência temporal de 48 anos. Foram examinados 7.722 resumos de teses e dissertações catalogadas pelo Centro de Estudos e Pesquisa em Enfermagem da Associação Brasileira de Enfermagem, identificando-se 596 produtos de pesquisa sobre Administração em Enfermagem que foram classificados em banco de dados do Microsoft Excel®, nas variáveis: tempo, espaço, temática, pesquisador, orientador, método de pesquisa desenvolvido e qualidade dos resumos. A análise dos dados foi feita por meio de funções matemáticas e estatísticas do Microsoft Excel® para aferição das frequências relativa e absoluta das variáveis de estudo, e cotejamento das temáticas encontradas com a Estrutura do Conhecimento sobre Administração em Enfermagem citada. A análise demonstrou que, das 7.722 produções stricto sensu da Enfermagem Brasileira, 7,7% tiveram a Administração em Enfermagem como objeto de estudo, sendo 75,5% provenientes de programas de mestrado e 24,5% de programas de doutorado. A maior concentração da produção científica ocorreu na década de 2000 e, dos 245 diferentes cientistas da Enfermagem que contribuíram para esse conhecimento, 2,9% permaneceram focados em uma linha de pesquisa e apenas 0,7% dos orientandos permaneceram vinculados às temáticas estudadas com seus orientadores. A região sudeste liderou a produção científica nessa área, com 75,2% das produções sobre Administração em Enfermagem, seguida pela região sul com 12,1%, região nordeste com 9,6%, e centro-oeste com 3,1%. Quanto à qualidade dos resumos, 52,4% tiveram conceito bom e ótimo, e há ausência de descritores ou palavras-chave em 86,8% deles. Já em relação às características metodológicas dessa produção, 49,8% dos estudos eram pesquisas de abordagem quantitativa, 43,1% qualitativa e 1,8% quanti-qualitativa. Quanto ao objetivo metodológico e à temporalidade, destacaram-se os estudos descritivos e transversais, e quanto ao procedimento de coleta de dados, os estudos de caso e levantamentos. A classificação temática dessa produção, segundo a Estrutura do Conhecimento sobre Administração em Enfermagem, revelou que 17,8% dos estudos se referem a Bases Ideológicas e Teóricas da Administração em Enfermagem, 13,1% a Métodos de Intervenção e 69,1% a Práticas de Administração de Recursos. Essa classificação revelou, ainda, a existência de lacunas na produção científica, com o quê foi possível construir a proposição de uma nova Estrutura do Conhecimento sobre Administração em Enfermagem que representasse o conhecimento sobre Administração em Enfermagem já produzido por enfermeiros no contexto dos programas de pós-graduação stricto sensu no Brasil.
Keywords history of nursing
nursing administration research
academic dissertations
education
nursing
graduate
knowledge
história da enfermagem
pesquisa em administração de enfermagem
dissertações acadêmicas
educação de pós-graduação em enfermagem
conhecimento
Language Portuguese
Date 2014-05-28
Published in MENESES, Abel Silva de. Análise da produção científica dos enfermeiros brasileiros sobre administração em enfermagem no contexto dos programas de pós-graduação stricto sensu: uma abordagem histórica (1963-2011). 2014. 137 f. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2014.
Research area Enfermagem
Knowledge area Ciências da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 137 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=1620722
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/46983

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account