Perfil da leptina e adiponectina na perda auditiva neurossensorial súbita idiopática

Perfil da leptina e adiponectina na perda auditiva neurossensorial súbita idiopática

Autor Maranhao, Andre Souza de Albuquerque Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Penido, Norma de Oliveira Penido Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Medicina (Otorrinolaringologia)
Resumo Objective: To investigate the profile of leptin and adiponectin in onset of idiopathic sudden sensorineural hearing loss as also study their prognostic influence on hearing recovery of patients. Methods: A prospective cohort study, controlled, was conducted. Patients with idiopathic sudden sensorineural hearing loss, seen from August 2013 to March 2015, followed by outpatient clinic of Department of Otorhinolaryngology and Head and Neck Surgery, Paulista School of Medicine/ Federal University of São Paulo. We evaluated the initial and final audiometric parameters, the latter being obtained after at least 30 days after the end of treatment and/or hearing stabilization (minimum follow-up of 30 days). Two blood samples were collected, one prior to treatment and another at least 1 month after the end of treatment, in order to determine the serum levels of the adipokines: leptin and adiponectin. Patients were divided into 2 groups: significant hearing recovery (RSA) and non-significant hearing recovery (RNSA). Results: Twentyfour patients with ISSHL met the inclusion criteria of the study group. 17 (71%) were females and 7 (29%) were male. The mean age was 53.6 years, with a median of 56.5 years, standard deviation of 13.7, minimum age 20 years and maximum age of 76 years. The control group consisted of 22 individuals, 15 (68%) females and 7 (32%) were male. The mean age was 52.5 years, with a median of 54 years, standard deviation of 13.5, minimum age of 28 years and maximum age of 73 years. Leptin serum concentration in the control group was 33.2 ng/ml, in the RSA group 48.5ng/ml (p=0.20) and in the RNSA group 33.7 ng/ml (p=0.61). The serum concentration of adiponectin in the control group was 7.1 ?g/ml, in the RSA group it was 5.2 ?g/ml (p=0.30) and in the RNSA group 4.6 ?g/ml (p=0.10). The leptin initial plasma concentration in the RSA group was 48.5 ng/ml and the final concentration was 32.3ng/ml (p<0.002) and in the RNSA group the initial concentration was 32.7 ng/ml and the final concentration was 26.7ng/ml (p=0.07). There was no statistically significant difference in plasma concentrations of adiponectin within each group. Blood levels of adipokines before and after treatment between the RSA and RNSA groups had no statistically significant difference. Conclusion: The serum concentrations of leptin and adiponectin in the onset of sudden idiopathic sensorineural hearing loss do not differ from individuals without this condition. Serum leptin concentration significantly reduced in patients with idiopathic sudden sensorineural hearing loss wich evolved with good auditory prognosis.

Objetivo: Investigar o comportamento da leptina e adiponectina na instalação da perda auditiva neurossensorial súbita idiopática, assim como estudar sua influência prognóstica na recuperação auditiva dos pacientes. Métodos: Estudo de coorte prospectivo, controlado, com pacientes que apresentaram perda auditiva neurossensorial súbita idiopática, atendidos do período de agosto de 2013 a março de 2015, acompanhados pelo ambulatório de Surdez Súbita, do Departamento de Otorrinolaringologia e Cirurgia de Cabeça e Pescoço da Escola Paulista de Medicina/ Universidade Federal de São Paulo. Avaliou-se os parâmetros audiométricos inicial e final, este último sendo obtido após pelo menos 30 dias do término do tratamento e/ou estabilização auditiva (seguimento mínimo de 30 dias). Foram coletadas 2 amostras sanguíneas, sendo uma prévia ao tratamento e outra pelo menos 1 mês após o término do tratamento, com o intuito de determinar as concentrações séricas das adipocinas: leptina e adiponectina. Os pacientes foram divididos em 2 grupos: recuperação significativa da audição (RSA) e recuperação não significativa da audição (RNSA). Resultados: Vinte e quatro pacientes com PANSI preencheram os critérios de inclusão do grupo estudo. Sendo 17 (71%) indivíduos do gênero feminino e 7 (29%) do gênero masculino. A média etária foi de 53,6 anos, com mediana de 56,5 anos, desvio padrão de 13,7, idade mínima de 20 anos e idade máxima de 76 anos. O grupo controle foi constituído de 22 pessoas, sendo 15 (68%) indivíduos do sexo feminino e 7 (32%) do sexo masculino. A média etária foi de 52,5 anos, com mediana de 54 anos, desvio padrão de 13,5, idade mínima de 28 anos e idade máxima de 73 anos. A concentração sérica da leptina no grupo controle foi de 33,2ng/ml, no grupo RSA foi de 48,5ng/ml (p=0,20) e no grupo RNSA foi de 33,7ng/ml (p=0,61). A concentração sérica da adiponectina no grupo controle foi de 7,1?g/ml, no grupo RSA foi de 5,2?g/ml (p=0,30) e no grupo RNSA foi de 4,6?g/ml (p=0,10). A concentração plasmática inicial de leptina no grupo RSA foi de 48,5ng/ml e a concentração final foi de 32,3ng/ml (p<0,002) e no grupo RNSA a concentração inicial foi de 32,7ng/ml e a final foi de 26,7ng/ml (p=0,07). Não houve diferença estatisticamente significante nas concentrações plamáticas de adiponectina dentro de cada grupo. As concentrações sanguíneas das adipocinas antes e após o tratamento entre os grupos RSA e RNSA não tiveram diferença estatisticamente significante. Conclusão: As concentrações séricas de leptina e adiponectina no momento da instalação da perda auditiva neurossensorial súbita idiopática não diferem de indivíduos sem essa afecção. As concentrações séricas de leptina reduziram significativamente nos pacientes com perda auditiva neurossensorial súbita idiopática que evoluíram com bom prognóstico auditivo
Assunto hearing loss
sensorineural
hearing loss
sudden
leptin
adiponectin
perda auditiva neurossensorial
perda auditiva súbita
leptina
adiponectina
Idioma Português
Data 2016-12-15
Publicado em MARANHAO, Andre Souza de Albuquerque. Perfil da leptina e adiponectina na perda auditiva neurossensorial súbita idiopática. 2016. 67 f. Tese (Doutorado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2016.
Linha de pesquisa Medicina
Área de concentração Ciências da saúde
Editor Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 67 p.
Fonte https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=4405557
Direito de acesso Acesso restrito
Tipo Tese de doutorado
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/46942

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)