Efeitos do estresse pelo frio sobre o tamanho nuclear do cardiomiócito em ratos: avaliação por microscopia de luz

Efeitos do estresse pelo frio sobre o tamanho nuclear do cardiomiócito em ratos: avaliação por microscopia de luz

Título alternativo Cold stress effects on cardiomyocytes nuclear size in: light microscopic evaluation
Autor Meneghini, Adriano Google Scholar
Ferreira, Celso Autor UNIFESP Google Scholar
Abreu, Luiz Carlos de Google Scholar
Ferreira, Marcelo Google Scholar
Ferreira Filho, Celso Autor UNIFESP Google Scholar
Valenti, Vitor Engrácia Autor UNIFESP Google Scholar
Murad, Neif Google Scholar
Instituição Faculdade de Medicina do ABC Disciplina de Cardiologia
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Faculdade de Medicina do ABC Departamento de Morfologia e Fisiologia
Resumo INTRODUCTION: Total body induced hypothermia and myocardial cooling are effective methods regarding myocardial protection during heart surgery and ischemia. It is described in previous studies that extreme low temperature exposure causes mitochondrial cristae and myofilament disarrangement in cardiomyocytes, however, no investigation has analyzed the effects of cold stress on nuclear size of cardiomyocytes. OBJECTIVES: To evaluate the effects of acute cold stress exposure on the nuclear size of cardiomyocytes in rats. METHODS: The experimental study procedures were performed on 300-310g adult male Wistar rats. Rats (n=20) were divided into two groups: 1) Control (CON) and; 2) Induced hypothermic (IH) group. Animals of IH group were exposed during 4 hours once at a controlled temperature of - 8ºC. It was performed histological analysis of liver and adrenal gland to examine the stress condition of animals. Cardiomyocytes nucleus size were examined by three independent investigators with the same and standardized criteria and analyzed by Bartko's intra-class correlation coefficient (R>0.75 = positive concordance). Student's t test was applied. The significance level was set at P<0.05. RESULTS: The induced hypothermic group presented higher lipid depletion in adrenal gland cells (P<0.05) and higher glycogen depletion in liver glycogen (P<0.05). The experimental group showed lower cardiomyocytes nuclear volume (108 + 1.7 µm³; P<0.05), it decreased in 76% compared to the control group (142 + 2.3 µm³). Bartko's correlation: CON=0.44; IH=0.96, variation analysis between group's means differences was significant. CONCLUSION: These data suggest that acute cold stress exposure induces cardiomyocytes nucleus size reduction in rats.

INTRODUÇÃO: Hipotermia corporal induzida e resfriamento do miocárdio são métodos efetivos em relação à proteção domiocárdio durante cirurgias cardíacas e isquemia. É descrito na literatura que a exposição a temperaturas extremamente baixas causa comprometimentos de miofilamentos e de cristas mitocondriais em cardiomiócitos, entretanto, nenhum estudo analisou os efeitos do estresse pelo frio no tamanho do núcleo dos cardiomiócios. OBJETIVOS: Analisar os efeitos do estresse agudo pelo frio sobre o tamanho do núcleo dos cardiomiócitos. MÉTODOS: O estudo foi realizado em ratos Wistar adultos, pesando 300-310g (n=20). Os ratos foram divididos em dois grupos: 1) Controle (CON) e; 2) Hipotermia induzido (IH). Os animais do grupo IH foram expostos a uma temperatura controlada de -8ºC, durante 4 horas uma única vez. Foi realizada análise histológica de fígados e glândulas adrenais para examinar a condição de estresse. O tamanho do núcleo dos cardiomiócitos foi examinado por três investigadores independentes com o mesmo critério padronizado e posteriormente analisado pelo coeficiente de correlação de Bartko (R>0,75=concordância positiva). Teste t de Student foi aplicado. O nível de significância foi considerado como P<0,05. RESULTADOS: O grupo exposto ao estresse pelo frio apresentou maior depleção de lipídio nas glândulas adrenais (P<0,05) e de glicogênio no fígado (P<0,05). O grupo induzido à hipotermia mostrou menor volume do núcleo de seus cardiomiócitos (108 + 1,7 µm³; P<0,05), reduziu em 76% comparado ao grupo controle (142 + 2,3 µm³). Correlação de Bartko: CON=0,44; IH=0,96, a variação entre a média dos grupos foi significativamente diferente. CONCLUSÃO: Esses resultados sugerem que a exposição ao estresse agudo pelo frio induz redução do núcleo dos cardiomiócitos em ratos.
Palavra-chave Myocytes, cardiac
Cell nucleus structures
Cold
Stress
Miócitos cardíacos
Estruturas do núcleo celular
Frio
Estresse
Idioma Português
Data de publicação 2008-12-01
Publicado em MENEGHINI, Adriano et al . Cold stress effects on cardiomyocytes nuclear size in: light microscopic evaluation. Rev Bras Cir Cardiovasc, São José do Rio Preto , v. 23, n. 4, p. 530-533, dez. 2008
ISSN 0102-7638 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Sociedade Brasileira de Cirurgia Cardiovascular
Extensão 530-533
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0102-76382008000400013
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000265694800013
SciELO S0102-76382008000400013 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4694

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0102-76382008000400013.pdf
Tamanho: 40.97KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta