Translation and validation into the Brazilian Portuguese of the restless legs syndrome rating scale of the International Restless Legs Syndrome Study Group

Translation and validation into the Brazilian Portuguese of the restless legs syndrome rating scale of the International Restless Legs Syndrome Study Group

Título alternativo Tradução e validação para a língua portuguesa da escala de graduação da síndrome das pernas inquietas do Grupo Internacional do Estudo da Síndrome das Pernas Inquietas
Autor Masuko, Alice H. Autor UNIFESP Google Scholar
Carvalho, Luciane Bizari Coin de Autor UNIFESP Google Scholar
Machado, Marco Antonio Cardoso Autor UNIFESP Google Scholar
Morais, José F. Autor UNIFESP Google Scholar
Prado, Lucila Bizari Fernandes do Autor UNIFESP Google Scholar
Prado, Gilmar Fernandes do Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo BACKGROUND: Restless legs syndrome (RLS) is a chronic sensory-motor disorder characterized by unpleasant limb sensations and an irresistible urge to move. The International Restless Legs Syndrome Study Group developed the Restless Legs Syndrome Rating Scale (IRLS) to assess the severity of RLS symptoms. The objective of this study was to translate and validate the IRLS into Brazilian Portuguese. METHOD: The IRLS was translated into Brazilian Portuguese, analyzed, back translated to English, and compared to the original version. It was applied to 10 patients for cultural verification. The language was adjusted and the final version was administered to 30 patients (13 male, mean age 58.88±14.82). RESULTS: There was correlation among the IRLS evaluation of three experts. Many linguistic adaptations were required to achieve cultural adequacy and the Cronbach's alpha coefficient showed reliability of 80%. CONCLUSION: IRLS was translated, adapted, and validated to Brazilian Portuguese language, showing good reliability and validity.

INTRODUÇÃO: A síndrome das pernas inquietas (SPI) é uma doença crônica, sensório-motora, caracterizada por sensações desagradáveis nos membros e uma urgência em movimentá-los. O Grupo Internacional de Estudos da Síndrome das Pernas Inquietas desenvolveu a Escala de Graduação da Síndrome das Pernas Inquietas (EGSPI) para avaliar a gravidade dos sintomas da SPI. OBJETIVO: Traduzir, adaptar culturalmente e validar a EGSPI para o português do Brasil. MÉTODO: A escala foi vertida para o português, analisada, vertida novamente para o inglês e comparada com a versão original. Foi aplicada em 10 pacientes para adequação cultural. A linguagem foi ajustada e a versão final foi aplicada em 30 pacientes (13 homens, idade média de 58,88±14,82). RESULTADOS: Houve correlação da aplicação da escala entre três avaliadores. Foram necessárias adaptações lingüísticas para adequação cultural e o alfa de Chronbach mostrou confiabilidade de 80%. CONCLUSÃO: A EGSPI foi traduzida, adequada e validada para o português do Brasil, com boa validade e confiabilidade.
Palavra-chave restless legs syndrome
scale
severity
validation
síndrome das pernas inquietas
escala
gravidade
validação
Idioma Inglês
Data de publicação 2008-12-01
Publicado em Arquivos de Neuro-Psiquiatria. Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO, v. 66, n. 4, p. 832-836, 2008.
ISSN 0004-282X (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO
Extensão 832-836
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X2008000600011
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000262070600011
SciELO S0004-282X2008000600011 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4690

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-282X2008000600011.pdf
Tamanho: 219.2KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta