Estudo da expressão gênica nas células do sangue periférico de pacientes com ataxia de friedreich

Estudo da expressão gênica nas células do sangue periférico de pacientes com ataxia de friedreich

Author Abrahao Junior, Agessandro Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Barsottini, Orlando Graziani Povoas Barsottini Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Neurologia - Neurociências
Abstract Friedreich Ataxia (FRDA) is the most common autosomal recessive ataxia characterized by a combination of neurological involvement, cardiomyopathy, skeletal and glucose metabolism disturbances. FRDA is caused by mutations in FXN gene, that results in reduction of mRNA and protein levels of Frataxin. Previous microarray and real-time quantitative PCR (qPCR) studies showed that the downregulation of FXN is associated with a complex gene expression profile. However, these studies showed a wide variability in the subset of genes with altered expression among tissues and models. Genes differentially expressed in peripheral blood cells (PBCs) could potentially help in the understanding of FRDA pathophysiology and also function as reliable disease biomarkers obtained from an easily accessible tissue, which could have implications in clinical practice. This study aimed to validate by qPCR the expression of 26 genes, revealed as differentially expressed by other studies, using PBCs of 11 FRDA patients compared to 11 healthy controls. We found a robust downregulation of FXN, but no statistically significant differences were found between FRDA and controls for the remaining genes. Except for FXN, our study did not find a differential gene expression profile in PBCs of FRDA patients and a reliable gene expression profile biomarker obtained from an easily accessible tissue remains unclear.

A Ataxia de Friedreich (FRDA) é a ataxia hereditária mais frequente em todo o mundo, caracterizada por ataxia cerebelar, alteração proprioceptiva, arreflexia, presença do sinal de Babinski e disartria, além envolvimento de outros sistemas, como miocardiopatia, diabetes mellitus, escoliose e pes cavus. A FRDA é causada por mutações no gene FXN, que resulta na redução da produção do RNA mensageiro e da proteína frataxina. Estudos publicados previamente usando microarray e PCR quantitativo em tempo real (qPCR) mostraram que a redução da expressão do FXN está associada à alteração no perfil de expressão de diferentes genes. Entretanto, estes estudos usaram modelos e tecidos distintos e apontaram uma grande variabilidade entre os genes diferencialmente expressos. Considerando que esta questão permanece em aberto, um conjunto de genes com expressão alterada de forma reprodutível e consistente em um tecido de acesso minimamente invasivo, como as células do sangue periférico (CSP), pode contribuir para a ampliação do entendimento da fisiopatologia da FRDA, bem como constituir um biomarcador útil para a prática clínica, como o seu uso para monitorização dos efeitos de novas abordagens terapêuticas. O objetivo deste estudo foi avaliar, através do método de qPCR, se as alterações no perfil de expressão de 26 genes apontados por estes estudos prévios são reprodutíveis nas CSP de uma amostra de 11 pacientes com fenótipo típico e diagnóstico molecular confirmado de FRDA, comparados com 11 controles sadios. Nós encontramos uma redução robusta na expressão do FXN e diferenças sem significância estatística na expressão dos outros genes nos pacientes com FRDA em relação aos controles. Com exceção do FXN, nosso estudo não validou um perfil de genes diferencialmente expressos nas CSP de pacientes com FRDA, permanecendo indeterminado o uso dos mesmos como biomarcadores em um tecido de fácil acesso na prática clínica.
Keywords friedreich ataxia
gene expression
real time quantitative pcr
qpcr
rt-pcr
ataxia de friedreich
expressão gênica
pcr quantitativo em tempo real
qpcr / rt-pcr
Language Portuguese
Date 2014-11-30
Published in ABRAHAO JUNIOR, Agessandro. Estudo da expressão gênica nas células do sangue periférico de pacientes com ataxia de friedreich. 2014. 122 f. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2014.
Research area Medicina
Knowledge area Ciências da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 122 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=1481816
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/46857

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account