Avaliação do índice de performance miocárdica em fetos com restrição do crescimento

Avaliação do índice de performance miocárdica em fetos com restrição do crescimento

Author Silva, Carolina Pacheco Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Nardozza, Luciano Marcondes Machado Nardozza Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Medicina (Obstetrícia)
Abstract Objective: This study aims to evaluate the Myocardial Performance Index in fetuses with growth restriction (IUGR) compared with healthy fetuses. To assess the intra and interobserver repeatability of the method. Method: We conducted a prospective cross-sectional study in pregnant women between 24 and 34 weeks, with singleton pregnancies, divided in three groups (controls, restricted fetuses below the 3rd percentile and restricted between percentiles 3 and10). For the estimation of fetal weight (EPF), we used the formula of Hadlock 4. The fetal modified Myocardial Performance Index was assessed in all fetuses. Assessed restricted fetuses umbilical artery Doppler normal. Regarding the repeatability of the method used the intraclass correlation coefficient (ICC) and Bland-Altman. Results: There was no statistically significant difference between the values found in the IPM-mod among fetuses with growth restriction below the 3rd percentile (0.36 SD ± 0.06), fetuses between percentiles 3:10 (0.35 ± 0.05) and normal fetuses (0.32 ± 0.05). Regarding the repeatability, the intraclass correlation coefficient (ICC) was 0.726 intra and interobserver 0.76. Conclusion: The mod-IPM is an important tool for assessment of fetal cardiac function and the values found for fetuses with FGR with normal umbilical artery Doppler and healthy fetuses were not statistically significant, suggesting that at this stage of RCF these fetuses still present normal cardiac function. This valuation method proved reproducible, but requires a substantial number of measurements for non-experienced examiner to achieve competence

Objetivo: Avaliar o índice de performance miocárdica modificado em fetos com restrição do crescimento comparando-os com fetos adequados para a idade gestacional. Avaliar a reprodutibilidade intra e interobservador do método. Método: Realizou-se um estudo prospectivo transversal, tipo caso controle com 76 gestações únicas, em gestantes, entre 24 e 34 semanas, com gestação única, divididas em 3 grupos (controle, fetos com peso estimado abaixo do percentil 3 e aqueles com peso estimado entre os percentis 3 e 10). Para a estimativa de peso fetal (EPF), utilizou-se a fórmula de Hadlock 4. O índice de performance miocárdico modificado foi avaliado em todos os fetos. Todos os fetos avaliados apresentavam Doppler das artérias umbilicais dentro da normalidade. Em relação à reprodutibilidade do método usamos o coeficiente de correlação intraclasse (CCI) e os gráficos de Bland-Altman. Resultados: Não houve diferença estatisticamente significante entre os valores encontrados do IPM-mod entre os fetos com restrição do crescimento abaixo do percentil 3 (0,36 DP ± 0,06), os fetos entre os percentis 3 e 10 (0,35 ± 0,05) e os fetos do grupo controle (0,32 ± 0,05) (p=0,072). Em relação a reprodutibilidade do método, o CCI intraobservador foi de 0,726 e o interobservador de 0,760. Conclusão: O IPM-mod é uma importante ferramenta para avaliação da função cardíaca fetal e os valores encontrados para fetos com restrição de crescimento com Doppler das artérias umbilicais normal e fetos com crescimento adequado não tiveram diferença estatisticamente significante, o que sugere que neste estágio da restrição estes fetos ainda apresentam função cardíaca dentro da normalidade. Este método de avaliação se mostrou reprodutível, porém requer um número substancial de aferições para um examinador inexperiente realizar a avaliação com competência.
Keywords fetus
fetal growth restriction
modified myocardial performance index
assesment
umbilical artery doppler
feto restrição do crescimento fetal índice de performance miocárdico avaliação
doppler da artéria umbilical
Language Portuguese
Date 2015-12-31
Published in SILVA, Carolina Pacheco. Avaliação do índice de performance miocárdica em fetos com restrição do crescimento. 2015. 80 f. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2015.
Research area Medicina
Knowledge area Ciências da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 80 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=2724749
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/46831

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account