Percepções dos usuários de crack sobre suas relações familiares

Percepções dos usuários de crack sobre suas relações familiares

Author Barros, Naiara Alves de Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Tucci, Adriana Marcassa Tucci Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Interdisciplinar em Ciências da Saúde
Abstract Drug use is a matter of public health, and the use of crack generates individual, family and social consequences, now getting worrying dimensions to the State and society in general. However, few national studies on family relationships of crack users although it is known that the family can be both a protective factor as a risk in relation to the abuse of alcohol or other drugs. This study aimed to understand the crack users perception of their family relationships. And the specific objectives were to understand the dynamics and family composition in childhood and adolescence of crack users, analyze drug use history, identify the access to health and social care services in the city of Santos / SP; and see how the public policies of health and social care are responding to the needs of crack users and their families. The method used was qualitative and the data were analyzed through content analysis. We interviewed 29 crack users of both sexes and aged eighteen years through semistructured interviews. The analysis categories were: family relationships and the fragility of bonds; crack and other drugs in the family context; family support network and access to health and social care services. Various problems faced by households related to drug use was reported, with the support of this was reported by users as an important form of motivation to control the use of this drug. The perception of crack users on its relations with the family of origin reveals the presence of several factors associated with increased vulnerability to drug use. The result of this study can help implement new forms of prevention and intervention with crack users, strengthening for public policies to take effect according to the issues presented by crack users and their families.

O consumo de drogas é uma questão de saúde pública, sendo que o uso de crack gera consequências individuais, familiares e sociais, obten do atualmente dimensões preocupantes ao Estado e à sociedade em geral. Entretanto, existem poucos estudos nacionais sobre as relações familiares de usuários de crack, apesar de se saber que a família pode ser tanto um fator de proteção como de risco em relação ao uso problemático de álcool ou outras drogas. O presente estudo teve como objetivo principal compreender a percepção dos usuários de crack acerca de suas relações familiares. E os objetivos específicos foram: compreender a dinâmica e composição familiar na infância e adolescência dos usuários de crack, analisar o histórico de uso de drogas, identificar o acesso aos serviços de saúde e assistência social no município de Santos/SP; e verificar como as políticas públicas de saúde e assistência social estão respondendo às necessidades dos usuários de crack e seus familiares. O método utilizado foi de natureza qualitativa e os dados foram analisados a partir da análise de conteúdo. Foram entrevistados 29 usuários de crack de ambos os sexos e com idade igual ou superior a dezoito anos por meio de entrevistas semiestruturada. As categorias de análise encontradas foram: relações familiares e a fragilidade dos vínculos; crack e outras drogas no contexto familiar; rede de apoio familiar e acesso aos serviços de saúde e assistência social. Relataram-se várias dificuldades enfrentadas pelas famílias relacionadas ao uso de drogas, sendo que o apoio desta foi referido pelos usuários como uma importante forma de motivação para se controlar o uso dessa droga. A percepç ão do usuário de crack sobre suas relações com a família de origem revela a presenç a de vários fatores associados à maior vulnerabilidade para o consumo de drogas. O resultado deste estudo poderá auxiliar na implantação de novas formas de prevenção e intervenção junto aos usuários de crack, propiciando que as políticas públicas sejam efetivadas de acordo com as questões apresentadas pelos usuários de crack e seus familiares.
Keywords family relations
crack cocaine
dependence
health policy
social assistance
relações familiares
cocaína crack
dependência
política de saúde
assistência social
Language Portuguese
Date 2015-04-24
Published in BARROS, Naiara Alves de. Percepções dos usuários de crack sobre suas relações familiares. 2015. 95 f. Dissertação (Mestrado) - Instituto de Saúde e Sociedade, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), Santos, 2015.
Research area Interdisciplinar
Knowledge area Multidisciplinar
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 95 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=2479549
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/46816

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account