Intervenção educacional com profissionais da equipe de enfermagem para promover o cuidado centrado no paciente e família

Show simple item record

dc.contributor.advisor Pettengill, Myriam Aparecida Mandetta Pettengill [UNIFESP] pt
dc.contributor.author Marques, Fernanda Ribeiro Baptista [UNIFESP]
dc.date.accessioned 2018-07-27T15:50:53Z
dc.date.available 2018-07-27T15:50:53Z
dc.date.issued 2016-06-30
dc.identifier https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=4016009 pt
dc.identifier.citation MARQUES, Fernanda Ribeiro Baptista. Intervenção educacional com profissionais da equipe de enfermagem para promover o cuidado centrado no paciente e família. 2016. 148 f. Tese (Doutorado) - Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2016.
dc.identifier.uri http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/46809
dc.description.abstract Introduction: Educational interventions with health professionals to include the family in care are challenging. Thus, an intervention following the principles of the Patient- and Family-Centered Care Model was developed and implemented, based on the Theory of Significant Learning, to professionals from the nursing team of a hospital specialized in pediatric oncology in the city of São Paulo (SP), Brazil. Objective: To evaluate the impact of an educational intervention on the knowledge, perceptions, and attitudes of nursing team professionals regarding patient- and family-centered care. Method: Mixed. For the quantitative design, a quasi-experiment was applied, carried out in three phases: pre-intervention, immediate post-intervention and 3 months after intervention. For conducting the qualitative study, we chose the Qualitative Content Analysis, held 3 months after the intervention. Eighteen nursing professionals participated in the quasi-experiment and eleven in the qualitative study. For data collection in the quasi-experiment, four instruments were applied: a sociodemographic questionnaire, a theoretical knowledge questionnaire; the measurement instruments Perceptions of Family Centred Care ? Staff (PFCC-S) ? Brazilian version and the scale Families Importance in Nursing Care ? Nurses Attitudes. In the qualitative study, individual semistructures interviews were conducted with the participants that finished all the educational intervention modules. Descriptive and inferential data analysis were conducted for the quantitative study (p?0,05). The Content Qualitative Analysis were conducted for qualitative data analysis. Results: These professionals showed improvement in the acquisition of knowledge regarding the transmission of information to the family, the families involvement in care and the negotiation of families preferences with the staff (p=0.050). There was a change in the perception of professional of the respect domain, evidenced by greater openness for parents to ask questions, and of collaboration domain, with less overhead information to parents about the child's treatment. As for the attitude of professionals regarding the family, there was change evidenced by the inclusion of families in nursing care (p=0.056). The educational intervention was significant as to the importance given by the professionals in the in Fam-CP = Family as a conversational partner (p=0.003). Professionals revealed that the course allowed them to become aware of the Patient- and Family-Centered Care Model, from teaching strategies that favored the assimilation of new knowledge, to change concepts and care attitudes to family. However, they realized that there were many barriers to collaborative practice with family. Conclusion: The implementation of the educational intervention had a positive impact on knowledge, on the perceptions and attitudes of the nursing team professionals in the pediatric oncology context. en
dc.description.abstract Introdução: Intervenções educacionais com profissionais da saúde para incluir a família nos cuidados são essenciais. Nesse sentido, desenvolveu-se e implementou-se uma intervenção baseada nos pressupostos do Modelo do Cuidado Centrado no Paciente e na Família, e fundamentada na Teoria da Aprendizagem Significativa com profissionais da equipe de enfermagem de um hospital referência em oncologia pediátrica no município de São Paulo (SP). Objetivo: Avaliar o impacto de uma intervenção educacional no conhecimento, na percepção e nas atitudes dos profissionais da equipe de enfermagem, em relação ao cuidado centrado no paciente e família. Método: Misto. Para o delineamento quantitativo, foi aplicado um quase experimento, realizado em três fases: pré-intervenção, pós-intervenção imediata e 3 meses após a intervenção. Para a condução do estudo qualitativo, optou-se pela Análise Qualitativa de Conteúdo, realizada 3 meses após a conclusão da intervenção. Participaram 18 profissionais da equipe de enfermagem do quase experimento e 11 do estudo qualitativo, no período de junho de 2015 a janeiro de 2016. Para a coleta de dados do quase experimento, foram aplicados quatro instrumentos sendo um questionário de caracterização sociodemográfica, um questionário de conhecimento teórico, o instrumento de medida da Percepção do Cuidado Centrado no Paciente e Família-Equipe versão brasileira e a escala da Importância das Famílias nos Cuidados de Enfermagem ? Atitudes dos Enfermeiros. A análise dos dados quantitativos deu-se por meio de análise descritiva e inferencial (p?0,05). A Análise Qualitativa de Conteúdo guiou a análise dos dados qualitativos. Resultados: A intervenção educacional favoreceu aos profissionais a aquisição de conhecimento sobre a importância da oferta de informação à família, do envolvimento da família nos cuidados e da negociação de suas preferências com a equipe (p=0,050). Houve mudança na percepção dos profissionais no domínio respeito, evidenciada por maior abertura para os pais fazerem perguntas, e no domínio colaboração, com menor sobrecarga de informações aos pais sobre o tratamento da criança. Quanto à atitude dos profissionais em relação à família, observou-se mudança evidenciada pela inclusão das famílias nos cuidados de enfermagem (p=0,056). A intervenção educacional mostrou-se significante em relação à importância atribuída pelos profissionais na subescala 1 família: como parceiro dialogante e recursos de coping (p=0,003). Os profissionais revelaram que o curso lhes permitiu tornarem-se sensibilizados para o Cuidado Centrado no Paciente e Família, a partir de estratégias de ensino que favoreceram a assimilação de novos conhecimentos, com modificação de conceitos e de atitudes de cuidado em relação à família. No entanto, perceberam que existiam muitas barreiras que dificultam a prática colaborativa com a família. Conclusão: A intervenção educativa apresentou impacto positivo no conhecimento, na percepção e nas atitudes dos profissionais da equipe de enfermagem, em relação ao cuidado centrado no paciente e na família, no contexto da oncologia pediátrica. pt
dc.format.extent 148 p.
dc.language.iso por
dc.publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rights Acesso restrito
dc.subject family en
dc.subject education en
dc.subject nursing en
dc.subject intervention study en
dc.subject nursing care en
dc.subject família pt
dc.subject educação pt
dc.subject enfermagem pt
dc.subject estudo de intervenção pt
dc.subject cuidados de enfermagem pt
dc.title Intervenção educacional com profissionais da equipe de enfermagem para promover o cuidado centrado no paciente e família pt
dc.type Tese de doutorado
dc.contributor.institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) pt
dc.identifier.file 2016-0302.pdf
dc.description.source Dados abertos - Sucupira - Teses e dissertações (2013 a 2016)
unifesp.campus São Paulo, Escola Paulista de Enfermagem (EPE) pt
unifesp.graduateProgram Enfermagem pt
unifesp.knowledgeArea Ciências da saúde pt
unifesp.researchArea Enfermagem pt



File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search


Browse

Statistics

My Account