Avaliação da escrita por meio de sintagmas nominais

Avaliação da escrita por meio de sintagmas nominais

Author Arnaut, Mirian Aratangy Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Avila, Clara Regina Brandao de Avila Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Distúrbios da Comunicação Humana (Fonoaudiologia)
Abstract Purpose:To elaborate a list of noun phrases that could be used to identify by dictation, in 2nd to 5th grade students of Elementary School, characteristics of phonological and orthographic processing, according to grade. The list should also indicate possible associations among meta syntactic, metaphonological and orthographic competences. Study 1: Method: A list of noun phrases and a list of isolated words were elaborated and, after being used in a pilot study, were analyzed by the Item Response Theory (IRT). A randomized sample of 275 typical students were assessed using dictations of the noun phrases and the isolated words. A typology of orthographic errors was created. The Item Response Theory was used to evaluate the underlying unidimensionality of the noun phrases and word items and of the typology of errors. The exploratory factor analysis calculated the pattern and force of invariance to gender and schooling and, also, to the type of error. Results: The analysis of the 17 noun phrases and of the 21 isolated words indicated moderate difficulty and discrimination patterns in order to differentiate good from poor writers. The noun phrases list discriminated students by school year group. The difficulty of appearance of errors varied from moderate to very difficult, with prevalence of medium discrimination. Total Information Curves to confirm the construct were obtained. Descriptive measures characterized all types of found errors. Study 2: Method: 231 of the students were tested for phonological processing and morphosyntactic awareness. The exploratory factor analysis was conducted to identify predictive variables of the occurence of word junction and hypersegmentation in the dictation of the noun phrases sample. Spearman´s coefficient investigated correlations among word junction, hypersegmentation and phonological morphosyntactic variables. Results: Only morphosyntactic awareness and phonological short term memory impacted on word junction and hypersegmentation, respectively, although strong positive correlations were found between phonologic awareness and hypersegmentation. Morphosyntax was the latent variable in the proposed model. Conclusion: Differently from the isolated word list, the noun phrase list lent itself to the identification of students? writing characteristics according to an error typology as orthographic, phonological or syntactic/semantic in nature and by distinguishing the schooling level and the good and poor writers. Word junction and hypersegmentation showed low frequency of occurrence and were associated to phonological processing abilities and to morphosyntactic awareness. Morphosyntactic awareness was the latent variable in the proposed model to the construct that predicts language abilities underlying the learning of orthographic writing.

Objetivo:Construir uma lista de sintagmas nominais que seja capaz de identificar, na escrita sob ditado,de escolares do 2º ao 5º ano do Ensino Fundamental, características de processamento fonológico e ortográfico por ano escolar e de indicar possíveis associações entre competências metassintáticas, metafonológicas e ortográficas.Estudo 1.Método: Elaboraram-se uma lista de sintagmas nominais e uma de palavras isoladas que, após procedimentos piloto, foram analisadas por meio da Teoria de Resposta ao Item. Uma amostra randomizada de 275 escolares consideradostípicos foram avaliados por meio de tarefa de ditado dos sintagmas e palavras. Estabeleceu-se uma tipologia de erros de escrita. A Teoria de Resposta ao Item foi novamente utilizada para avaliar a unidimensionalidade subjacente aos itens do ditado de palavras e do ditado de sintagmas e aos tipos de erros propostos. O cálculo da analise fatorial exploratória analisou o padrão e a força da invariância para sexo e escolaridade e, após, para o tipo de erro. Resultados: Uma lista de 17 sintagmas e outra com 21 palavras mostraram padrões predominantemente moderado e médio de grau de dificuldade e de poder de discriminar entre bons e maus escritores. Apenas os sintagmas diferenciaram as crianças por escolaridade. O grau de dificuldade de aparecimento dos erros variou entremoderado e muito difícil com predomínio de grau médio de discriminação. Curvas de Informação Total sobre os constructos avaliados foram obtidas. Medidas descritivas caracterizaram todos os erros encontrados a partir do crivo elaborado. Estudo 2:Método: Testes de processamento fonológico e consciência morfossintática avaliaram 231 dos escolares. Análise fatorial exploratória, foi aplicada para identificar variáveis preditoras da ocorrência de junturas intervocabulares e segmentações indevidas na amostra de escrita sob ditado de sintagmas. Conduziu-se o cálculo do Coeficiente de Spearman para investigar associações entre a ocorrência de junturas e segmentações e as variáveis fonológicas e morfossintáticas. Resultados: Apenas consciência morfossintática e memória fonológica de curto prazo mostraram impacto sobre a segmentação indevida e a juntura intervocabular, respectivamente, embora fortes correlações positivas tenham sido encontradas entre consciência fonológica segmentação indevida. A morfossintaxe mostrou-se variável latente no modelo proposto. Conclusão: Diferentemente da lista de palavras isoladas, a de sintagmas nominais mostrou-se capaz de identificar características da escrita dos escolares, segundo uma tipologia de erros que os categorizapor sua natureza ortográfica, fonológica ou sintático/semântica, diferenciandoos por agrupamento de nível de escolaridade, quanto à condição de melhor ou pior escrita. Junturas intervocabulares e segmentações indevidas estão presentes na escrita de escolares típicos em pequena frequência de ocorrência e estiveram associadas a habilidades do processamento fonológico e à consciência morfossintática. Esta, mostrouse variável latente no modelo proposto para o constructo que prevê habilidades de linguagem subjacentes ao aprendizado da escrita ortográfica.
Keywords evaluation
writing
elementary school
language
speech and language pathology
avaliação
escrita manual
ensino fundamental
linguagem
fonoaudiologia
Language Portuguese
Date 2015-02-20
Published in ARNAUT, Mirian Aratangy. Avaliação da escrita por meio de sintagmas nominais. 2015. 101 f. Tese (Doutorado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2015.
Research area Fonoaudiologia
Knowledge area Ciências da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 101 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=2372278
Access rights Closed access
Type Thesis
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/46783

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account