Estimativa do número de unidades motoras em voluntários normais e sua reprodutibilidade utilizando a técnica da estimulação em múltiplos pontos

Estimativa do número de unidades motoras em voluntários normais e sua reprodutibilidade utilizando a técnica da estimulação em múltiplos pontos

Author Azevedo, Lyamara Apostolico de Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Manzano, Gilberto Mastrocola Manzano Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Neurologia - Neurociências
Abstract Introduction: Motor unit number estimation (MUNE) is a clinical neurophysiologic technique used to estimate the number functional motor neurons or motor axons innervating a muscle and provides quantitative information on the size of individual motor units. It is of clinical interest to quantify motor unit or axon loss over time, monitor the clinical course and evaluate the efficacy of treatment of neuromuscular diseases. MUNE is calculated by dividing the compound muscle action potential (CMAP) amplitude or area by the mean amplitude or area of individual surface motor unit potencials (S-MUPs). Objective: Evaluate the MUNE calculation parameters, collect MUNE normative data and assess reproducibility in healthy volunteers, using multiple point stimulation technique (MPS). Methods: We estudied 114 healthy volunteers (mean age 38.5±15.73) in two groups divided by age: 18 to 59 years (100) and 60 years or older (14). MUNE was calculated in the right median innervated tenar eminence. In 30 subjects, the protocol was performed twice by the same examiner to evaluate reproducibility. Results and Conclusions: Mean MUNE values among subjects aged 18 to 59, based on three alternative metrics: negative peak amplitude, peak-to-peak amplitude and negative peak area, were 282.6 (±62.6), 296.7 (±71.9) and 307.4 (±73.7), respectively, and among subjects aged 60 years or older were 216.4 (±54.6), 216.4 (±61.5) and 212.2 (±57.3), respectively. MUNE values based on the three metrics differed significantly. Reductions by 27% in MUNE among older subjects were accompanied by increases by less than 1% in mean S-MUP, reductions by 27% in the CMAP and increases in the frequency of larger S-MUPs. Reproducibility, based on three alternative metrics (negative peak amplitude, peak-to-peak amplitude and negative peak area), was high for CMAP (ICC=0.81, 0.82 and 0.76, respectively), moderate for MUNE (ICC=0.53, 0.54 and 0.51, respectively) and poor for mean S-MUP (ICC=0.09, 0.26 and 0.26, respectively).

Introdução: A estimativa do número de unidades motoras (MUNE) é uma técnica neurofisiológica clínica usada para estimar o número de unidades motoras funcionais ou de axônios motores que inervam um músculo e fornece informações quantitativas sobre o tamanho de uma única unidade motora. É de grande interesse clínico pois quantifica a perda de neurônios motores ou axônios ao longo do tempo, monitora o curso clínico e avalia a eficácia de tratamentos nas doenças neuromusculares. MUNE é calculada dividindo-se a amplitude ou área do potencial de ação muscular composto (PAMC) pela amplitude ou área da média dos potenciais de unidade motora captados em superfície (S-MUPs). Objetivos: Avaliar os parâmetros associados ao cálculo da MUNE, coletar dados normativos e acessar a reprodutibilidade em voluntários saudáveis, através da técnica de estimulação em múltiplos pontos (TEMP). Métodos: Foram estudados 114 voluntários (idade média 38,5±15,73) em dois grupos com idade entre 18 e 59 anos e com 60 anos ou mais. MUNE foi calculada na eminência tenar inervada pelo nervo mediano direito. Em 30 indivíduos, o protocolo foi aplicado duas vezes pelo mesmo examinador para avaliar a reprodutibilidade. Resultados e Conclusões: Os valores médios encontrados da MUNE, nos sujeitos com idades entre 18 e 59 anos, baseados nas três mensurações alternativas: amplitude base-pico, amplitude pico a pico e área do pico negativo, foram 282,6 (±62,6), 296,7 (±71,9) e 307,4 (±73,7), respectivamente; e nos indivíduos com 60 anos ou mais foram 216,4 (±54,6), 216,4 (±61,5) e 212,2 (±57,3), respectivamente. Os valores da MUNE baseados nas três mensurações diferiram significativamente. Reduções em torno de 27% no valor da MUNE nos sujeitos com 60 anos ou mais foram acompanhadas de aumentos menores que 1% nos S-MUPs médios, reduções em torno de 27% dos PAMCs e aumentos na frequência de S-MUPs maiores. A reprodutibilidade, baseada nas três mensurações alternativas (amplitude base-pico, amplitude pico a pico e área do pico negativo), foi alta para o PAMC (ICC=0,81, 0,82 e 0,76, respectivamente), moderada para a MUNE (ICC=0,53, 0,54 e 0,51, respectivamente) e fraca para o SMUP médio (ICC=0,09, 0,26 and 0,26, respectivamente).
Keywords estimation of the number of motor units
reproducibility
multiple points stimulation
surface captured motor unit potential
estimativa do número de unidades motoras
estimulação em múltiplos pontos
potencial de unidade motora captado em superfície
reprodutibilidade
Language Portuguese
Date 2014-12-31
Published in AZEVEDO, Lyamara Apostolico de. Estimativa do número de unidades motoras em voluntários normais e sua reprodutibilidade utilizando a técnica da estimulação em múltiplos pontos. 2014. 108 f. Tese (Doutorado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2014.
Research area Medicina
Knowledge area Ciências da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 108 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=1518024
Access rights Closed access
Type Thesis
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/46775

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account