Processo de ensinar e aprender em UTI: um estudo fenomenológico

Processo de ensinar e aprender em UTI: um estudo fenomenológico

Título alternativo The teaching-learning process in ICU: a phenomenological study
Proceso de enseñanza-aprendizaje en UCI: un estudio fenomenologico
Autor Guedes, Glauteice Freitas Autor UNIFESP Google Scholar
Ohara, Conceicao Vieira da Silva Autor UNIFESP Google Scholar
Silva, Gilberto Tadeu Reis Da Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo This study aimed to understanding the meaning attributed by teaching staff throughout the traineeship from nursing under graduation course in intensive care on the teaching and learning process. It's a study of phenomenological qualitative approach. The data were obtained through the following guiding question: How do you live the teaching-learning process at the ICU traineeship?. From the subjects' descriptions, four open categories came up: An awakening to ICU, A searching for how to teaching Nursing in Intensive Care, A connection between the teaching staff and the students and A meaningful experience. This study showed that this living experience, which is shared, permits an approaching and the meeting of the teaching staff with the students in this setting, facilitating the teaching-learning process.

Este estudio tuvo como objetivo comprender el significado atribuído por los profesores en las prácticas de enfermería en terapia intensiva sobre el proceso de enseñanza y aprendizaje. Se trata de una investigación cualitativa fenomenológica. Los datos fueron obtenidos a través de entrevistas con la siguiente pregrunta orientadora: ¿Como usted vive el proceso de enseñanza-aprendizaje en las prácticas de UCI? Surgieron cuatro categorías abiertas: Un despertar para la UCI, Una busca de como enseñar enfermería en la UCI, Un encuentro entre profesor y alumno y Una experiencia significativa. La vivencia con el alumno, a pesar de despertar inicialmente miedos y angustias por la proximidad con la muerte y por prestar cuidados a pacientes críticos, permite el encuentro profesor/alumno en ese ambiente facilitando el proceso de enseñanza-aprendizaje.

Este estudo teve como objetivo compreender o significado atribuído por docentes, durante os estágios de enfermagem em terapia intensiva, ao processo de ensinar e aprender. Trata-se de uma pesquisa qualitativa fenomenológica. Os dados foram obtidos por meio de entrevista com a seguinte questão norteadora: Como você vivencia o processo de ensino-aprendizagem nos estágios de UTI? Emergiram quatro categorias abertas: Um despertar para a UTI, Uma busca de como ensinar Enfermagem em Cuidados Intensivos, Um encontro entre docente e discente e Uma experiência significativa. A vivência com os alunos, apesar de despertar inicialmente medos e angústias por se aproximarem da morte e por prestarem cuidados aos pacientes críticos, permite o encontro docente/discente nesse ambiente, facilitando o processo de ensino-aprendizagem.
Palavra-chave Teaching
Education, nursing
Intensive care units
Ensino
Educação em enfermagem
Unidades de terapia intensiva
Idioma Português
Data de publicação 2008-12-01
Publicado em Revista Brasileira de Enfermagem. Associação Brasileira de Enfermagem, v. 61, n. 6, p. 828-834, 2008.
ISSN 0034-7167 (Sherpa/Romeo)
Publicador Associação Brasileira de Enfermagem
Extensão 828-834
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0034-71672008000600006
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0034-71672008000600006 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4675

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0034-71672008000600006.pdf
Tamanho: 60.66KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta