Densidade energética da dieta e sua relação com a presença de doenças crônicas não transmissíveis em idosos

Densidade energética da dieta e sua relação com a presença de doenças crônicas não transmissíveis em idosos

Author Pimenta, Sabrina Pessoni Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Ramos, Luiz Roberto Ramos Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Saúde Coletiva
Abstract Introduction: The energy density (ED) is defined as the amount of energy (kcal) per weight of food (grams). A decrease in the consumption of foods with high ED may help to reduce the total caloric value of the diet, preventing weight gain and the onset of chronic noncommunicable diseases (NCDs). Objectives: To assess the energy density of the diet and its relation to nutritional status, diabetes mellitus, dyslipidemia and hypertension and socio-demographic variables in the elderly, as well as to analyze the prevalence of NCD and identify the nutritional status and point out which meal higher and lower energy density. Methods: Cross-sectional study with the elderly, part of a cohort of Epidoso.Foi assessed the diets of 345 elderly through the Food Recall 24 hours. The ED of diet was calculated with all solid and liquid food, excluding drinks energy value less than 5 kcal/100g. To examine the relationship between ED diet and the presence of NCD used the chi-square test or Fisher's exact test extension. Results: There was no significant variation between the DE into tertiles and NCD, nutritional status, sex, age and education. The total energy of the diet is lower in older age groups and higher for men. DE was very similar in all age groups and both sexes. The highest and lowest average DE were found in the breakfast and evening snack, respectively. Most seniors who consumed a diet with amount of lipids above the recommended carbohydrate and lower than recommended, was the last tertile of energy density. Conclusions: We found a high prevalence for NCDs and females was significantly related to low birth weight and obesity. The average found DE was 1.14 kcal/g, showing no association with the NCD, nutritional status and sociodemographic variables. Most DE meal was breakfast.

Introdução: A densidade energética (DE) é definida como a quantidade de energia (kcal) por peso de alimento (gramas). Uma diminuição no consumo de alimentos com alta DE pode colaborar na redução do valor calórico total da dieta, prevenindo o ganho de peso e o aparecimento de doenças crônicas não transmissíveis (DCNT). Objetivos: Avaliar a densidade energética da dieta e sua relação com o estado nutricional, diabetes mellitus, dislipidemia e hipertensão arterial sistêmica e variáveis sócio-demográficas em idosos. Métodos: Estudo transversal, com idosos, parte de uma coorte do Epidoso. Avaliou-se a dieta de 345 idosos por meio do Recordatório Alimentar de 24 horas. A DE da dieta foi calculada com todos os alimentos sólidos e líquidos, excluindo as bebidas com valor energético inferior a 5 kcal/100g. Para analisar a relação entre a DE da dieta e a presença das DCNT utilizou-se o Qui-quadrado de Pearson ou Extensão do teste Exato de Fisher. Resultados: Não foi encontrada variação significativa entre a DE em tercis e DCNT, estado nutricional, sexo, faixa etária e escolaridade. O valor energético total da dieta foi menor nas faixas etárias mais avançadas e maior para os homens. A DE foi muito semelhante em todas as faixas etárias e em ambos os sexos. A maior e menor média de DE foram encontradas no desjejum e lanche da noite, respectivamente. A maior parte dos idosos que consumiam uma dieta com quantidade de lipídeos acima do recomendado e carboidratos abaixo do recomendado, encontrava-se no último tercil de densidade energética. Conclusões: Foi encontrada alta prevalência para as DCNT e o sexo feminino foi significativamente relacionado com baixo peso e obesidade. A média de DE encontrada foi 1,14 kcal/g, não apresentando associação com as DCNT, estado nutricional e variáveis sociodemográficas. A refeição de maior DE foi o desjejum.
Keywords elderly
energy density
chronic diseases
nutritional status
food consumption
idoso
densidade energética
doenças crônicas
estado nutricional
consumo alimentar
Language Portuguese
Sponsor Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Date 2015-06-23
Published in PIMENTA, Sabrina Pessoni. Densidade energética da dieta e sua relação com a presença de doenças crônicas não transmissíveis em idosos. 2015. 82 f. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2015.
Research area Saúde coletiva
Knowledge area Ciências da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 82 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=2892267
Access rights Open access Open Access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/46710

Show full item record




File

Name: Dissertação_Sabrina Pessoni Pimenta.pdf
Size: 1.833Mb
Format: PDF
Description:
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account