Construtos dimensionais, categóricos e híbridos dos transtornos alimentares: uma avaliação empírica da estrutura latente do eating disorder examination - questionnaire (ede-q)

Construtos dimensionais, categóricos e híbridos dos transtornos alimentares: uma avaliação empírica da estrutura latente do eating disorder examination - questionnaire (ede-q)

Author Paraventi, Felipe Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Moreira, Hugo Cogo Moreira Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Psiquiatria e Psicologia Médica
Abstract Background ? The EDE-Q is a widely used instrument to assess eating disorders symptoms and behaviors, but evidence regarding its latent structure is not consistent. The present study aims to explore EDE-Q?s inner configuration through a mixture categorical-dimensional approach. Method ? Data were taken from the second cohort of the The Women?s Eating, Health and Lifestyle longitudinal study (n=706). A dimensional approach included traditional Confirmatory Factor Analysis (CFA) and the Bayesian Confirmatory Factor Analysis (BCFA) on eight different models as previously reported in literature. Latent Class Analysis was performed to explore categorical classes underlying the EDE-Q?s items. Investigators also assessed the discriminant validity of the best-fitting solution for six distal outcomes. Results ? None of the dimensional models were confirmed after CFA or even the more flexible procedure (i.e. BCFA). LCA derived three distinct classes: healthy people, subclinical group and ill population. All classes returned good discriminant validity regarding general psychopathological distress, body-mass index and regular binge eating. Among the EDE-Q?s twenty-two items, ?Weight Dissatisfaction?, ?Shape Dissatisfaction? and ?Feeling of fatness? had the highest endorsement probabilities. Conclusions ? Our results support a categorical phenomenon underlying EDE-Q?s structure; consequently, use of EDE-Q?s global score or even its subscales may not be valid. This work suggests that weight/shape dissatisfaction may have greater influence than eating behaviors to the categorization of eating disorders.

Introdução - O EDE-Q é amplamente utilizado para a avaliação de sintomas e comportamentos dos transtornos alimentares, porém os estudos que buscam explorar a estrutura latente deste instrumento trazem resultados bastante divergentes. Este trabalho tem por objetivo avaliar a configuração interna do EDE-Q através de uma abordagem categórico-dimensional. Métodos ? Os dados deste estudo foram obtidos da segunda coorte do estudo Australiano The Women?s Eating, Health and Lifestyle longitudinal study (n=706). A abordagem dimensional incluiu a Análise Fatorial Confirmatória (AFC) e a Análise Fatorial Confirmatória Bayesiana (AFCB) de oito modelos diferentes encontrados na literatura. A Análise de Classe Latente (ACL) buscou identificar diferentes categorias que poderiam encontrar-se subjacentes aos itens do EDE-Q. Consideramos o melhor modelo obtido para avaliar a validade discriminante e convergente em relação a seis desfechos distais. Resultados ? Nenhum dos modelos dimensionais puderam ser confirmados através da AFC ou, até mesmo, através de uma abordagem muito flexível (AFCB). A melhor solução da ACL identificou três classes latentes distintas: pessoas normais, grupo subclínico e população doente. Todas as classes mostraram boa capacidade de discriminação quanto psicopatologia geral, índice de massa corporal e episódios regulares de compulsão alimentar. Dentre os vinte e dois itens do EDE-Q, insatisfação com o peso, insatisfação com a forma corporal e sentir-se gordo mostraram os índices mais elevados de discriminação (entropia). Conclusão ? nossos resultados sugerem que um fenômeno categórico esteja latente à estrutura do EDE-Q. Portanto, a utilização do escore global ou de subescalas deste instrumento pode não ser válida ou adequada. Este estudo também mostrou que a insatisfação com a imagem corporal pode apresentar maior relevância para a categorização dos transtornos alimentares do que comportamentos e atitudes.
Keywords eating disorder
psychometry
hybrid model
ede-q
psicometria
model híbrido
transtornos alimentares
estrutura
Language Portuguese
Date 2016-04-20
Published in PARAVENTI, Felipe. Construtos dimensionais, categóricos e híbridos dos transtornos alimentares: uma avaliação empírica da estrutura latente do eating disorder examination - questionnaire (ede-q). 2016. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2016.
Research area Medicina
Knowledge area Ciências da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=3638997
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/46680

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account