Avaliação do tratamento crônico com resveratrol sobre níveis glicêmicos e parâmetros reprodutivos de ratos com diabetes tipo 1 induzida pela estreptozotocina na pré-puberdade

Avaliação do tratamento crônico com resveratrol sobre níveis glicêmicos e parâmetros reprodutivos de ratos com diabetes tipo 1 induzida pela estreptozotocina na pré-puberdade

Author Simas, Joana Nogueres Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Valdeolivas, Sandra Maria Miraglia Valdeolivas Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Biologia Estrutural e Funcional
Abstract Aims/hypothesis: In Diabetes Mellitus, the persistent hyperglycemia unleashes the progression of several complications including the overproduction of reactive oxygen species and reproductive alterations. Resveratrol (RES) is antioxidant and antiapoptotic. We assessed the trilogy: type-1 Diabetes (DM1), male reproduction and RES-treatment. Methods: Eighty-four prepubertal male rats were distributed into 7 groups: sham-control (SC); RES-treated (R);resveratrol-vehicle-treated (RV); diabetic (D); diabetic-insulin-treated (DI); diabetic-RES-treated (DR), diabetic-insulin and RES-treated (DIR). DM1 was induced by a single intraperitoneal streptozotocin (STZ) injection (65 mg/kg) on the 30th day postpartum (dpp). Animals of DR, DIR and R groups received 150mg/day of RES by gavage for 42 consecutive days (from the 33 dpp). DI and DIR rats received subcutaneous injections of insulin (1U/100g bw/day) from the 5th day after the DM1 induction. The blood-glucose-measurement (BGM) of rats was obtained at 5 different time-points: before the STZ-treatment, at 33, 45, 64 and 75 dpp when they were submitted to euthanasia for morphometric and biometric testicular analyses, spermatic evaluation and hormonal dosages. Results: In the D group, BGM was higher than in DR, DI and DIR. Besides, morphometric testicular measurements and testosterone and estradiol dosages were lower than in DR and DIR; LH-dosage was also lower than in DR. The preputial-separation age was delayed in diabetes-induced groups. The DR and DIR groups showed an improvement of the sperm mitochondrial activity, epididymal sperm counts and of the frequency of morphologically normal sperms. Conclusions/interpretation: RES improved glycemia, sperm quantitative and qualitative parameters and hormonal profile in DM1-induced Rats.

Introdução: Em Diabetes Mellitus, a hiperglicemia persistente desencadeia a progressão de várias complicações, incluindo excesso de produção de espécies reativas de oxigênio e alterações reprodutivas. Resveratrol (RES) é antioxidante e anti-apoptótico. Objetivos: Avaliou-se a trilogia: Diabetes tipo 1 (DM1), reprodução masculina e tratamento com RES. Métodos: Oitenta e quatro ratos machos pré-púberes foram distribuídos em sete grupos: controle ?Sham (SC); -tratado com RES (R); tratado com veículo do resveratrol (RV); diabético (D); diabético-tratados com insulina (DI); diabético tratado com RES (DR); diabético tratado com insulina e RES (DIR). O DM1 foi induzido por uma única injeção intraperitoneal de estreptozotocina (STZ - 65 mg /kg), no 30o dia pós-parto (dpp). Animais dos grupos DR, DIR e do grupo R receberam 150 mg / dia de RES, por gavagem, durante 42 dias consecutivos (a partir do 33o dpp). Ratos dos grupos DI e DIR receberam injeções subcutâneas de insulina (1U / 100g de peso corporal / dia), a partir do quinto dia após a indução de DM1. A medição de glicose no sangue (BGM) dos animais foi obtida em cinco diferentes fases da maturação sexual: antes da indução do diabetes (no 30o dpp) e no 33o, 45o, 64o e 75o dpp, quando eles foram submetidos à eutanásia para análises morfométrica e biométrica testiculares, para avaliação espermática quantitativa e qualitativa, como também para as dosagens plasmáticas de testosterona, estradiol e LH. Resultados: No grupo D, BGM foi maior do que em DR, DI e DIR. Além disso, medidas morfométricas testiculares e níveis plasmáticos de testosterona e estradiol foram menores neste mesmo grupo (D) quando comparados aos dos grupos DR e DIR; a dosagem plasmática de LH também foi reduzida no grupo D em relação ao grupo DR. A idade de separação prepucial mostrou-se maior em todos os grupos diabéticos comparativamente aos demais grupos não-diabéticos. Ratos dos grupos DR e DIR apresentaram melhora da atividade mitocondrial dos espermatozóides, da contagem de espermatozóides no epidídimo e da frequência de espermatozóides morfologicamente normais. Conclusões / interpretação: RES melhorou a glicemia, os parâmetros espermáticos quantitativos e qualitativos bem como o perfil hormonal em ratos adultos jovens que tiveram DM1 induzido por STZ, a partir da pré-puberdade.
Keywords diabetes type 1
prepubertal
resveratrol
oxidative stress
testis
sperm
testosterone and estradiol
diabetes tipo 1
pré-puberdade
resveratrol
estresse oxidativo
testículo
espermatozóide
testosterona e estradiol
Language Portuguese
Date 2014-12-18
Published in SIMAS, Joana Nogueres. Avaliação do tratamento crônico com resveratrol sobre níveis glicêmicos e parâmetros reprodutivos de ratos com diabetes tipo 1 induzida pela estreptozotocina na pré-puberdade. 2014. 57 f. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2014.
Research area Biologia geral
Knowledge area Ciências biológicas
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 57 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=2082493
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/46638

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account