Impacto do diabetes mellitus sobre a qualidade de vida de seus portadores - diferenças de gênero

Impacto do diabetes mellitus sobre a qualidade de vida de seus portadores - diferenças de gênero

Author Jorgetto, Juliana Vallim Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Franco, Laercio Joel Franco Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Medicina (Endocrinologia Clínica)
Abstract Diabetes Mellitus is one of the most common metabolic disorders worldwide and its prevalence in adult individuals has increased in recent decades, especially in developing countries. The evaluation of quality of life of patients is recognized as an important area of scientific knowledge, because its concepts interposes on health?s one: satisfaction and well-being on physics, psychological, socioeconomic and cultural spheres. The use of instruments to assess QOL allows more objective and clear assessment of the overall impact of chronic diseases such as diabetes mellitus in patients' lives. Such evaluation contains the advantage of including subjective aspects not usually addressed by other evaluation criteria. Therefore, the objectives of this study were to assess whether there are gender differences in the quality of life of individuals with Type 2 Diabetes Mellitus. For the evaluation of the quality of life PAID (Problem Areas in Diabetes) and WOQOL - 100 questionnaires were used as well as clinical questionnaires and Morisky Test. 192 patients with type 2 diabetes were interviewed in monitoring at the Diabetes Center of the Federal University of São Paulo - UNIFESP, equally divided between the sexes, from August 2013 to May 2014. The results of the B -PAID showed that although the difference is not statistically significant, the highest scores were predominant in men, in other words, they have a higher degree of emotional distress. In people with greater adherence to drug therapy, there is marked higher proportion of individuals with higher PAID scores, especially in men. In individuals with poor adherence to treatment, the frequency of high degree of emotional distress was equal (50 %) in both sexes; however, the low degree of emotional distress was greater in men (57.1%) than in women (42.9%). In individuals with good adherence to treatment, the frequency of high degree of emotional distress was slightly higher in men (51.9) and the low degree of greater emotional distress in women (59.5 %). Domain scores of WOQOL - 100 (physical, psychological, level of independence, social relationships, environment and spiritual aspects) were higher in men than in women, and 18 of the 24 facets were higher in men. It was concluded that the overall perception of quality of life of individuals who comprised the study sample as measured by WOQOL - 100 instrument by facet "Quality of life and overall general health perception" is a good quality of life in both sexes.

O Diabetes Mellitus é um dos distúrbios metabólicos mais comuns em todo o mundo e sua prevalência em indivíduos adultos tem aumentando nas últimas décadas, principalmente nos países em desenvolvimento. A avaliação da Qualidade de Vida do paciente é reconhecida como importante área do conhecimento científico, em razão de seu conceito se interpor ao de saúde: satisfação e bem-estar nos âmbitos físico, psíquico, socioeconômico e cultural. A utilização de instrumentos de avaliação da QV permite avaliação mais objetiva e clara do impacto global das doenças crônicas, como o DM na vida dos pacientes. Tal avaliação tem a vantagem de incluir aspectos subjetivos geralmente não abordados por outros critérios de avaliação. Portanto, os objetivos deste estudo foram verificar se existe diferenças de gênero na qualidade de vida de indivíduos com Diabetes Mellitus tipo 2. Para a avaliação da qualidade de vida foram usados os questionários B-PAID (Problem Areas in Diabetes) e WOQOL-100 assim como questionários clínicos e Teste de Morisky. Foram entrevistados 192 pacientes com Diabetes Mellitus tipo 2, em acompanhamento no Centro de Diabetes da Universidade Federal de São Paulo-UNIFESP, divididos igualmente entre os sexos, no período de agosto de 2013 a maio de 2014. Os resultados do B-PAID mostraram que apesar da diferença não ser estatisticamente significante, os escores mais altos predominaram nos homens, ou seja, apresentam maior grau de sofrimento emocional. Nos indivíduos com maior adesão à terapêutica medicamentosa, existe acentuada maior proporção nos escores mais elevados do PAID, principalmente nos homens. Nos participantes com má adesão ao tratamento, a frequência de alto grau de sofrimento emocional foi igual (50%) nos dois sexos; entretanto, o baixo grau de sofrimento emocional foi maior nos homens (57,1%) do que nas mulheres (42,9%). Nos indivíduos com boa adesão ao tratamento, a frequência de alto grau de sofrimento emocional foi discretamente maior nos homens (51,9) e o de baixo grau de sofrimento emocional maior nas mulheres (59,5%). Os escores dos domínios do WOQOL-100 (físico, psicológico, nível de independência, relações sociais, ambiente e aspectos espirituais) foram maiores nos homens do que nas mulheres, e 18 das 24 facetas apresentaram-se maiores nos homens. Concluiu-se que a percepção geral de qualidade de vida dos indivíduos que compuseram a amostra do presente estudo, avaliada através do instrumento WOQOL-100 pela faceta ?Qualidade de vida global e percepção geral da saúde? é de uma boa qualidade de vida, em ambos os sexos.
Keywords diabetes mellitus
quality of life
gender
diabetes mellitus
qualidade de vida
gênero
Language Portuguese
Date 2015-02-26
Published in JORGETTO, Juliana Vallim. Impacto do diabetes mellitus sobre a qualidade de vida de seus portadores - diferenças de gênero. 2015. 110 f. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2015.
Research area Medicina
Knowledge area Ciências da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 110 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=2275066
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/46634

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account