Plaqueta e leptina em adolescentes com obesidade

Plaqueta e leptina em adolescentes com obesidade

Título alternativo Platelet and leptin in obese adolescents
Autor Foschini, Denis Autor UNIFESP Google Scholar
Santos, Ronaldo Vagner Thomatieli dos Autor UNIFESP Google Scholar
Prado, Wagner Luiz do Autor UNIFESP Google Scholar
Piano, Aline de Autor UNIFESP Google Scholar
Lofrano, Mara Cristina Autor UNIFESP Google Scholar
Martins, Aniela C. Autor UNIFESP Google Scholar
Carnier, June Google Scholar
Caranti, Danielle Arisa Autor UNIFESP Google Scholar
Sanches, Priscila de Lima Autor UNIFESP Google Scholar
Tock, Lian Autor UNIFESP Google Scholar
Mello, Marco Tulio de Autor UNIFESP Google Scholar
Tufik, Sergio Autor UNIFESP Google Scholar
Dâmaso, Ana Raimunda Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade Metodista de São Paulo Faculdade de Educação Física e Fisioterapia
Universidade de Pernambuco Escola Superior de Educação Física Programa de Mestrado Associado
Resumo OBJECTIVE: To analyze the influence of obesity status on immune cell count and concentration of the hormones cortisol and leptin, in order to establish a relationship among the variables analyzed. METHODS: We recruited 27 obese [body mass index (BMI) ≥ 95th percentile[ and 21 non-obese (BMI ≤ 75th percentile) adolescent boys and girls, aged 15-19 years at the post-pubertal stage. BMI was calculated as body weight divided by height squared, and body composition was estimated by plethysmography in the Bod PodTM system. Blood samples were collected to analyze leukocytes, neutrophils, lymphocytes, monocytes, platelets, cortisol, and leptin. The Kolmogorov-Smirnov test was performed, followed by the independent Student t test in case of normal distribution. Significance values were set at p < 0.05 and expressed as means ± standard deviation. The statistical package SPSS for Windows version 12.0 was used. RESULTS: There was no difference between obese and non-obese adolescents in terms of leukocyte, neutrophil, lymphocyte, monocyte and cortisol serum concentrations. The group of obese adolescents presented higher platelet and leptin concentrations (p < 0.01). The prevalence of hyperleptinemia was 25.92% in the obese adolescents (15.38% in boys and 35.7% in girls). CONCLUSIONS: Obese adolescents have higher platelet and leptin concentrations in comparison with non-obese adolescents. It was also found that obese girls presented a higher prevalence of hyperleptinemia than obese boys.

OBJETIVOS: Analisar a influência de obesidade na contagem de células imunológicas e na concentração dos hormônios cortisol e leptina, a fim de estabelecer uma relação entre as variáveis analisadas. MÉTODOS: Foram recrutados 27 adolescentes obesos [índice de massa corporal (IMC) ≥ percentil 95[ e 21 não-obesos (IMC ≤ percentil 75), de ambos os sexos, com idade entre 15 e 19 anos, na fase pós-púbere. O IMC foi calculado através da divisão do peso pela altura ao quadrado e a composição corporal foi estimada por pletismografia no sistema Bod PodTM. Amostras de sangue foram colhidas para análise de leucócitos, neutrófilos, linfócitos, monócitos, plaquetas, cortisol e leptina. O teste de Kolmogorov-Smirnov foi utilizado, seguido pelo teste t de Student independente supondo distribuição normal. O nível de significância estabelecido foi p < 0,05 e expresso como média ± desvio padrão. Os dados foram analisados utilizando o programa SPSS para Windows versão 12.0. RESULTADOS: Não houve diferença entre o grupo obeso e o não-obeso na concentração sérica de leucócitos, neutrófilos, linfócitos, monócitos e cortisol. O grupo de adolescentes obesos apresentou maiores concentrações de plaquetas e leptina (p < 0,01). A prevalência de hiperleptinemia foi de 25,92% nos adolescentes obesos (15,38%, sexo masculino e 35,7%, feminino). CONCLUSÕES: Os adolescentes obesos apresentaram maiores concentrações de plaquetas e leptina em comparação aos não-obesos. Observou-se que as adolescentes obesas apresentaram maior prevalência de hiperleptinemia do que os adolescentes obesos.
Palavra-chave Adolescents
obese
non-obese
leukocytes
cortisol
leptin
Adolescentes
obeso
não-obeso
leucócitos
cortisol
leptina
Idioma Português
Financiador Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
CEPID/Sleep
CEPE-GEO Multidisciplinary Obesity Intervention Program
Número do financiamento FAPESP 2006/00684-3
CEPID/Sleep: 9814303-3 S
Data de publicação 2008-12-01
Publicado em Jornal de Pediatria. Sociedade Brasileira de Pediatria, v. 84, n. 6, p. 516-521, 2008.
ISSN 0021-7557 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Sociedade Brasileira de Pediatria
Extensão 516-521
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0021-75572008000700008
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000262710000008
SciELO S0021-75572008000700008 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4661

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0021-75572008000700008.pdf
Tamanho: 96.50KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta