Achados em citologia de impressão de conjuntiva exposta ao interferon a2b e à mitomicina c 0,02%: estudo experimental em coelhos

Show simple item record

dc.contributor.advisor Burnier Junior, Miguel Noel Nascentes Burnier Junior [UNIFESP] pt
dc.contributor.author Almeida, Simone Ribeiro Araujo de [UNIFESP]
dc.date.accessioned 2018-07-27T15:50:32Z
dc.date.available 2018-07-27T15:50:32Z
dc.date.issued 2016-02-26
dc.identifier https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=3934449 pt
dc.identifier.citation ALMEIDA, Simone Ribeiro Araujo de. Achados em citologia de impressão de conjuntiva exposta ao interferon a2b e à mitomicina c 0,02%: estudo experimental em coelhos. 2016. 73 f. Tese (Doutorado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2016.
dc.identifier.uri http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/46593
dc.description.abstract Objective: To describe impression cytology findings from samples taken from rabbit?s healthy conjunctiva that received INFa2b drops and to compare it to the findings observed after the use of MMC 0,02%. Methods: An experimental study on animal model was done between September 2013 and October 2014. This study was done in Faculdade de Medicina de Marília, Unifesp and Clínica de olhos Moacir Cunha. Thirty New Zealand albino rabbits were divided into 6 groups and received INFa2b or MMC 0,02%. Impression cytology (CI) was performed before the use of drugs and after 15, 30 and 60 days since the drops began. For the CI analysis we consider goblet cells, cellularity, intercellular adhesion, nucleus/cytoplasm (NC) ratio, chromatin, inflammatory cells, keratinization and cytomegaly. Results: The main findings in CI after the use of INFa2b drops were reduction in goblet cells (50,8%) and in intercellular adhesion (26,2%), change on NC ratio (20%) and cellularity reduction. After the use of MMC 0,02% the most common alterations were reduction in goblet cells (46,2%), change on NC ratio (25,6%) and reduction of intercellular adhesion (23,1%) and cellularity (20,5%). There was no statistical significant difference for any variables analyzed when compared the CI findings after INFa2b to the findings after MMC 0,02%. For both drugs, goblet cells showed more reduction on CI taken on day 30 and 60 when compered to the CI taken on day 15. Conclusion: the reduction of goblet cells, intercellular adhesion and cellularity and the change on NC ratio were the most common findings on CI token from healthy rabbit?s conjunctiva after the use of INFa2b drops. These findings were similar to the ones seen on CI after MMC 0,02%. Future study is necessary to see whether these findings happen on the CI taken from human conjunctiva or not. en
dc.description.abstract Objetivo: Descrever os achados em citologia de impressão de conjuntiva sadia de coelho submetida ao uso de colírio de INFa2b e comparar esses achados aos encontrados após uso da MMC 0,02%. Metodologia: Foi realizado estudo experimental em modelo animal no período entre setembro de 2013 a outubro de 2014 nas dependências da Faculdade de Medicina de Marília, da Unifesp e da Clínica de Olhos Moacir Cunha. Trinta coelhos albinos da raça Nova Zelândia foram divididos em 6 grupos e receberam INFa2b ou MMC. Citologia de impressão (CI) foi realizada antes do início dos colírios e após 15, 30, 60 do seu uso. As seguintes variáveis foram analisadas na CI: células caliciformes, celularidade, adesão intercelular, razão núcleo/citoplasma, cromatina, células inflamatórias, queratinização e citomegalia. Resultados: Os principais achados em CI após o uso do INFa2b foram a redução de células caliciformes (50,8%), a diminuição da adesão intercelular (26,2%), a alteração da razão NC (20%) e a redução da celularidade (15,4%). Após o uso da MMC 0,02%, foi mais frequente a redução das células caliciformes (46,2%), a alteração da razão NC (25,6%), a adesão intercelular (23,1%) e a redução da celularidade (20,5%). Não houve diferença estatisticamente significante para nenhuma das variáveis estudas quando comparou-se as CI após INFa2b com as CI após MMC 0,02%. Independente da droga utilizada antes da coleta do material para CI, as citologias colhidas 30 e 60 dias após início das drogas apresentaram maior redução de células caliciformes quando comparado com as CI colhidas após 15 dias. Conclusão: A redução das células caliciformes, a diminuição da adesão intercelular, a alteração da razão NC e a diminuição da celularidade foram as alterações mais frequentes na CI de impressão colhida após o uso de INFa2b. Os achados em CI após o uso de INFa2b são semelhantes àqueles encontrados após o uso da MMC 0,02%. Por ser um estudo em modelo animal, estudos futuros são necessários para saber se estes resultados se repetem no humano. pt
dc.format.extent 73 p.
dc.language.iso por
dc.publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.rights Acesso restrito
dc.subject cytology of printing en
dc.subject squamous cell neoplasm of conjunctiva en
dc.subject topical chemotherapy en
dc.subject interferon a2b en
dc.subject mitomycine c en
dc.subject citologia de impressão pt
dc.subject neoplasia de células escamosas da conjuntiva pt
dc.subject quimioterapia tópica pt
dc.subject interferon a2b pt
dc.subject mitomicina c pt
dc.title Achados em citologia de impressão de conjuntiva exposta ao interferon a2b e à mitomicina c 0,02%: estudo experimental em coelhos pt
dc.type Tese de doutorado
dc.contributor.institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP) pt
dc.identifier.file 2016-0845.pdf
dc.description.source Dados abertos - Sucupira - Teses e dissertações (2013 a 2016)
unifesp.campus São Paulo, Escola Paulista de Medicina (EPM) pt
unifesp.graduateProgram Oftalmologia e Ciências Visuais pt
unifesp.knowledgeArea Ciências da saúde pt
unifesp.researchArea Medicina pt



File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search


Browse

Statistics

My Account