Análise de biomarcador de dano tecidual e desempenho competitivo de atletas da seleção brasileira de atletismo paralímpico durante as competições alvo de 2015

Análise de biomarcador de dano tecidual e desempenho competitivo de atletas da seleção brasileira de atletismo paralímpico durante as competições alvo de 2015

Author Costa, Shaeny Gomes da Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Oliveira Filho, Ciro Winckler de Oliveira Filho Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Interdisciplinar em Ciências da Saúde
Abstract INTRODUCTION: Among the modalities since the beginning of the Paralympic Games is athletics. Currently, a lower limb force is important for speed performance, coming out of vertical jumps and great predictors of performance. It is already known that during the training of athletes suffer great physical stress, being extremely important the monitoring of physiological and biochemical, to assimilate the training and its recovery. PURPOSE: To analyze a performance of vertical jump and creatine kinase, during the preparatory and competitive period of the Brazilian Paralympic Athletics Team. METHODS: Sixty-two athletes with different types of disability were evaluated, members of the Brazilian Paralympic athletics team of both genders. The study has a longitudinal character, consisting of 5 periods of evaluation (3 preparations and 2 competitive) evaluating serum levels of Creatine Kinase (CK) and analysis of vertical jumps Squat Jump (SJ), in order to evaluate as many as acutely adaptive For During The period of preparation and competitiveness. Statistical package for the social sciences (SPSS) 15.0. A descriptive analysis (median and standard error) was performed without a qualitative analysis of the Shapiro-Wilk pattern, since one example was not normal, or it was not tested as a Wilcoxon parametric. It was also adopted the value of P <0.05 for significance. In addition, the ideal value of 120% for CK values was calculated as a way to prevent injuries. RESULTS: There were alterations in CK values for the analyzed period, with a significant mean between initial and final collections. Some athletes still have RCV values above the stipulated limit of 120%. SJ has changed over the course of the preparation period. CK and SJ presented inversely proportional behavior. CONCLUSION: Both CK and SJ are important for the assimilation of the workout load and recovery of athletes, and may indicate improvement or performance of athletes in Paralympics.

Introdução: Dentre as modalidades presentes desde o início dos Jogos Paralímpicos encontra-se o atletismo. Atualmente é sabido que a força de membro inferior é importante para a performance da velocidade, sendo os saltos verticais ótimos preditores de desempenho. Já é sabido também que durante o treinamento os atletas sofrem um grande estresse físico, sendo de extrema importância o acompanhamento de aspectos fisiológicos e bioquímicos, para assimilação do treino e sua recuperação. Objetivo: Analisar a performance do salto vertical e Creatina Quinase, ao longo do período preparatório e competitivo da seleção brasileira de atletismo paralímpico. MÉTODO: Foram avaliados 62 atletas com diferentes tipos de deficiência, integrantes da seleção brasileira de atletismo paralímpico de ambos os gêneros. O estudo teve caráter longitudinal, composto por 5 períodos de avaliação (3 preparatórios e 2 competitivos) avaliando os níveis séricos de Creatina Quinase (CK) e analise dos saltos vertical Squat Jump (SJ), com o intuito de avaliar tanto as adaptações causadas agudamente pela sessão de treino, quanto as adaptações causadas pela somatória de treino durante o período preparatório e competitivo. A análise estatística foi realizada através do software estatístico Statistical Package for Social Sciences (SPSS) 15.0. Foi realizada a analise descritiva (mediana e erro padrão) no qual foi realizado o teste de normalidade de Shapiro-Wilk e, uma vez que a amostra não foi normal, adotou-se o teste não-paramétrico de Wilcoxon. Foi adotado também o valor de P<0,05 para a significância. Além disso, foi estipulado o valor de 120% como máximo ideal para os valores de CK, como forma de prevenir lesões. Resultados: Houve alteração nos valores de CK ao longo do período analisado, com diferença significativa entre as coletas iniciais e finais. Alguns atletas ainda apresentaram valores de RCV acima do limite estipulado, de 120%. O SJ sofreu alteração ao longo do período preparatório, porém sem diferença significativa. A CK e o SJ apresentaram comportamento inversamente proporcional. Conclusão: Tanto a CK quanto o SJ são fatores importantes de assimilação de treino e recuperação de atletas, podendo indicar melhora ou não de rendimento competitivo para atletas de atletismo paralímpico.
Keywords creatine quinase
squat jump
biomarker
paralympic
vertical jump
creatinaquinase
squat jump
biomarcador
paralímpico
salto vertical
Language Portuguese
Date 2016-12-16
Published in COSTA, Shaeny Gomes da. Análise de biomarcador de dano tecidual e desempenho competitivo de atletas da seleção brasileira de atletismo paralímpico durante as competições alvo de 2015. 2016. 44 f. Dissertação (Mestrado) - Instituto de Saúde e Sociedade, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), Santos, 2016.
Research area Interdisciplinar
Knowledge area Multidisciplinar
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 44 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=4771849
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/46572

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account