Avaliação do perfil inflamatório, estresse oxidativo e dos estados de humor e de ansiedade em jogadoras de futebol de campo com e sem síndrome pré-menstrual (spm)

Avaliação do perfil inflamatório, estresse oxidativo e dos estados de humor e de ansiedade em jogadoras de futebol de campo com e sem síndrome pré-menstrual (spm)

Author Paiva, Roberta Foster Leonidas de Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Jarmy, Zsuzsanna Ilona Katalin de Jarmy Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Medicina (Ginecologia)
Abstract To assess the inflammatory status, oxidative stress and states of mood and anxiety disorders in the field of soccer players with and without Premenstrual Syndrome (PMS) in two phases of the menstrual cycle: follicular and luteal and at two different times: before and after a collective football (acute exercise). METHODS: We evaluated 52 competitive level of players aged between 16 and 30 years. For the determination of SPM and monitoring phases of the menstrual cycle was used questionnaire Daily Symptoms Report (DSR) validated in Portuguese for three consecutive months. For the determination of Mood States and the Anxiety BRUMS and BAI questionnaires in the four periods studied were used. Also collected urine to the four times to assess the inflammatory status and oxidative stress. RESULTS: Analysis of DSR revealed prevalence of PMS in 59.6% of athletes and prevalence of symptoms such as anxiety and water retention. The BRUMS revealed that the group with PMS had higher changes of moods in the two phases of the menstrual cycle, with greater evidence after acute exercise while the group without the SPM showed minor variation of mood and only in the luteal phase of the cycle more also evidence after acute exercise. The BAI has shown an increased state of anxiety only in the group with SPM in the two phases of the cycle, more evident prior to acute exercise. Evaluation of cytokines showed that the group with the SPM has a flash frame associated with PMS and not the exercise acute present in both phases of the menstrual cycle. The athletes with PMS also showed a likely mechanism for maintaining the concentration of oxidative and antioxidative markers in the two phases of the menstrual cycle, not altered by exercise, while no SPM group showed balance between radical production and consumption in the follicular phase and increase oxidant in the luteal phase after the collective, demonstrating the influence of exercise on oxidative mechanism / antioxidative

Objetivo: Avaliar o perfil inflamatório, o estresse oxidativo e os estados de humor e de ansiedade em jogadoras de futebol de campo com ou sem Síndrome Pré-Menstrual (SPM) em duas fases do ciclo menstrual: folicular e lútea e em dois momentos distintos: antes e após um coletivo de futebol (exercício agudo). Métodos: Foram avaliadas 52 jogadoras de nível competitivo com idade entre 16 e 30 anos. Para a determinação da SPM e monitoramento das fases do ciclo menstrual foi utilizado o questionário Daily Symptoms Report (DSR) validado em português por três meses consecutivos. Para a determinação dos Estados de Humor e de Ansiedade foram utilizados os questionários BRUMS e BAI nos quatro momentos estudados. Também coletou-se a urina nos quatro momentos para avaliar o perfil inflamatório e o estresse oxidativo. Resultados: A análise do DSR revelou prevalência de SPM em 59,6% das atletas e predominância de sintomas como ansiedade e retenção hídrica. O BRUMS revelou que o grupo com SPM apresentou maiores alterações de estados de humor nas duas fases do ciclo menstrual, com maior evidência após o exercício agudo enquanto que o grupo sem a SPM revelou menor alteração de humor e apenas na fase lútea do ciclo com maior evidência também após o exercício agudo. O BAI revelou um maior estado de ansiedade apenas no grupo com SPM nas duas fases do ciclo, mais evidente antes do exercício agudo. A avaliação das citocinas mostrou que o grupo com a SPM possui um quadro de inflamação associado a SPM e não ao exercício agudo presente nas duas fases do ciclo menstrual. As atletas com SPM também apresentaram um provável mecanismo de manutenção na concentração dos marcadores oxidativos e antioxidativos nas duas fases do ciclo menstrual, não alterado pelo exercício, enquanto o grupo sem SPM apresentou balanço entre a produção de radicais e seu consumo na fase folicular e aumento de oxidante na fase lútea após o coletivo, demonstrando influência do exercício no mecanismo oxidativo/antioxidativo
Keywords menstrual cycle
ciclo menstrual
Language Portuguese
Date 2015-06-30
Published in PAIVA, Roberta Foster Leonidas de. Avaliação do perfil inflamatório, estresse oxidativo e dos estados de humor e de ansiedade em jogadoras de futebol de campo com e sem síndrome pré-menstrual (spm). 2015. 116 f. Tese (Doutorado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2015.
Research area Medicina
Knowledge area Ciências da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 116 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=3197638
Access rights Closed access
Type Thesis
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/46488

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account