Ação do inibidor de proteinase de enterolobium contortisiliquum, ecti, em células de endométrio de pacientes com endometriose

Ação do inibidor de proteinase de enterolobium contortisiliquum, ecti, em células de endométrio de pacientes com endometriose

Author Lobo, Yara Aparecida Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Oliva, Maria Luiza Vilela Oliva Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Ciências Biológicas (Biologia Molecular)
Abstract Endometriose é uma afecção ginecológica hormônio dependente caracterizada pela presença de tecido endometrial fora da cavidade uterina. Os eventos descritos na endometriose têm sido correlacionados com os descritos no câncer, especialmente aqueles relacionados à proliferação celular, invasividade e angiogênese. Neste cenário, a possibilidade de testar o inibidor de tripsina de Enterolobium contortisiliquum (EcTI) como um inibidor modulador desta afecção se torna interessante, uma vez que EcTI mostrou ação antitumoral em diversas linhagens celulares de câncer. Diante disso, este estudo tem como objetivo avaliar a ação de EcTI sobre a viabilidade, adesão, migração e invasão de células estromais de endométrio de mulheres com endometriose. EcTI não reduziu a viabilidade das células do endométrio de pacientes com e sem endometriose, mas por outro lado inibiu a migração e o poder de invasão das células endometriais de pacientes com diferentes graus de endometriose. Na adesão celular, EcTI apresentou diferentes efeitos nas células estromais de pacientes com endometriose. Além disso, a detecção da atividade enzimática, através de Gelatina/PAGE no meio de cultura dessas células de pacientes com endometriose, nos possibilitou identificar a atividade de metalo proteinases de matriz (MMP), que de acordo com sua massa molecular temos a MMP-2 nas células endometriais não tratadas, e pró-(MMP-2) nas células tratadas com inibidor. EcTI aumentou a expressão da metalo proteinase de membrana tipo 1 e da integrina β1 das células endometriais de pacientes com endometriose. Portanto, por interferir na migração e na invasão celular, eventos chaves no desenvolvimento da endometriose, EcTI é uma interessante molécula para ser utilizada na investigação dessa patologia.
Keywords cell invasion
cell migration
ecti
endometriosis
cell invasion
cell migration
ecti
endometriosis
Language Portuguese
Date 2013-03-27
Published in LOBO, Yara Aparecida. Ação do inibidor de proteinase de enterolobium contortisiliquum, ecti, em células de endométrio de pacientes com endometriose. 2013. 58 f. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2013.
Research area Bioquímica
Knowledge area Ciências biológicas
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 58 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=100836
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/46428

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account