Frequência de sensibilização ao trigo, centeio, cevada e malte em crianças e adolescentes com doença celíaca de um ambulatório de referência

Frequência de sensibilização ao trigo, centeio, cevada e malte em crianças e adolescentes com doença celíaca de um ambulatório de referência

Author Valois, Camila Marques de Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Sdepanian, Vera Lucia Sdepanian Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Pediatria e Ciências Aplicadas à Pediatria
Abstract Objective: Evaluate the frequency of sensitization to wheat, rye, barley, malt and milk by specific IgE dosage in children and adolescents with celiac disease. Methods: Mensured specific IgE serum levels to wheat, rye, barley, malt and milk. (sensitization IgE?0.35 kUA/L) in patients with celiac disease from specialized center and verified, through medical records, history of atopy, characteristic of small intestinal biopsy at the diagnosis and history of transgressions to the gluten-free diet and symptoms and general characteristics. Results: Evaluated 74 patients with celiac disease, 55.4% were female, median age at diagnosis of 8.6 years (5.0-12.8) and 3.6 years (1.6-7.0), respectively The median of gluten-free diet time was 3.5 years (1.4-5.8). History of asthma was present in 17.3%, allergic rhinitis in 13.5%, atopic dermatitis in 5.4% and food allergy in 8,1%. Frequency of sensitization was 4.0% wheat, 10.8% rye, 5.4% barley, 2.7% malt and 20.3% milk. There was no statistically significant difference in the sensitization proportion of wheat, rye, barley and malt compared between each other. There was no association between the sensitization to wheat and the age at diagnosis, age at blood sample, time of gluten free diet, characteristic of small intestinal biopsy at diagnosis, short stature (and thinness at the diagnosis and at blood sample, history of atopy and transgression to the diet. The transgression of the diet was present in 60.8% of the sample. There was no relationship between sensitization to wheat and the occurrence of immediate symptoms when transgression of the gluten-free diet. Conclusion: The frequency of sensitization to wheat was low - 4% - similar to general population. The frequency of sensitization to rye, barley, malt and milw was 10.8%, 5.4%, 2.7% and 20.3% milk, retrospectively.

Objetivo: Avaliar a frequência de sensibilização, pela dosagem de IgE específica, ao trigo, assim como centeio, cevada, malte e leite, em crianças e adolescentes com doença celíaca. Métodos: Realizada dosagem de IgE específica ao trigo, centeio, cevada, malte e leite (sensibilização IgE? 0,35 kUA/L) em pacientes com doença celíaca acompanhados em ambulatório especializado e, através de análise do prontuário, verificada a ocorrência de história de alergia, características da biopsia de intestino delgado no diagnóstico, história de transgressões à dieta sem glúten e ocorrência de sintomas, e características gerais. Resultados: Foram avaliados 74 pacientes, 55,4% do sexo feminino, medianas de idade e idade ao diagnóstico de 8,6 anos (5,0-12,8) e 3,6 anos (1,6-7,0), respectivamente. A mediana de tempo da dieta sem glúten foi de 3,5 anos (1,4-5,8). A história de asma esteve presente em 17,3% da amostra, rinite alérgica em 13,5%, dermatite atópica em 5,4% e alergia alimentar em 8,1%. Frequência de sensibilização foi de 4,0% ao trigo, 10,8% centeio, 5,4% cevada, 2,7% malte e 20,3% leite. Não houve diferença estatisticamente significante da proporção de sensibilização ao trigo, centeio, cevada e malte comparadas entre si. Não houve associação entre a sensibilização ao trigo e a idade no momento do diagnóstico e da coleta da IgE específica, tempo da dieta sem glúten, características da biopsia de intestino delgado no diagnóstico, baixa estatura e magreza no diagnóstico e na coleta da IgE específica, história de alergia e transgressão à dieta. A transgressão à dieta esteve presente em 60,8% da amostra. Não houve relação entre a sensibilização ao trigo e a ocorrência de sintomas imediatos quando transgressão à dieta sem glúten. Conclusão: A frequência de sensibilização ao trigo nos pacientes com doença celíaca foi baixa - 4,0% - à semelhança da sensibilização ao trigo na população geral. A frequência de sensibilização ao centeio, cevada, malte e leite foi igual a 10,8%, 5,4%, 2,7% e 20,3%, respectivamente.
Keywords celiac disease
allergy
immunoglobulin e
wheat
barley
rye
doença celíaca
alergia
imunoglobulina e
trigo
centeio
cevada
Language Portuguese
Date 2016-03-10
Published in VALOIS, Camila Marques de. Frequência de sensibilização ao trigo, centeio, cevada e malte em crianças e adolescentes com doença celíaca de um ambulatório de referência. 2016. 88 f. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Medicina, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2016.
Research area Medicina
Knowledge area Ciências da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 88 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=4266187
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/46424

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account