Análise dos marcadores de hemólise de concentrados de hemácias administrados por cateter central de inserção periférica

Análise dos marcadores de hemólise de concentrados de hemácias administrados por cateter central de inserção periférica

Author Mendes, Maria Teresa de Melo Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Avelar, Ariane Ferreira Machado Avelar Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Enfermagem
Abstract Introduction: The occurrence of hemolysis in red blood cell (CH) during the transfusion process has been related to high shear stresses exerted by infusion systems and central catheters inserted peripherally (CCIP). Objectives: To identify variations in levels of hemolysis markers in CHs administered by PICC according to the diameter of the catheter; analyzing the variations in levels of hemolytic markers CHs administered according to PICC infusion rate; to evaluate the influence of the physical characteristics (height, pressure, exposure time and speed) present during the experiments, the variations in levels of hemolytic markers in CHs administered by PICC. Method: experimental study carried out in the laboratory under controlled temperature and humidity conditions. The sample consisted of aliquots of blood from 10 CHs bags with typing A +, infused by gravitational method CCIPs of 3French (Fr) and 4FR in free flow and two controlled speed. The experiments were divided into three stages: Basal, free flow and controlled flow. The degree of hemolysis, total and free hemoglobin, lactate dehydrogenase and potassium were analyzed in the process. Physical characteristics present during experiments with high pressure in the infusion system, exposure time and speed were evaluated. Continuous variables were described by mean, standard deviation, minimum, maximum and average values, being used paired t-test, t-test for independent samples and the Mann-Whitney test. Results: The sample consisted of 36 CHs aliquots from 10 CH bags, 12 randomized trials being carried out six in CCIP 3FR and six of 4FR. There was free hemoglobin average increase of 0.04 (p = 0.01) and the degree of hemolysis of 0.05 (p = 0.01) after infusion into free-flowing with an average elevation of the potassium 0.04 (p <0.01) and total hemoglobin decrease of 3.42 (p = 0.01) in controlled flow. The infused into CHs CCIPs of 4FR showed an average increase of the degree of hemolysis of 0.04 (p = 0.03) in free flow and the 0.059 potassium (P = 0.03) in controlled flow. CCIPs 3FR demonstrated significant mean increase in the degree of hemolysis (0.50; p = 0.03) and free hemoglobin of 0.03 (p = 0.01) at the selected speed. Comparatively, the gauges of CCIPs did not influence significant changes in markers of hemolysis. The minimum speed influenced average increase of 0.07 in the degree of hemolysis (p = 0.05) and maximum increased 0.04 (p = 0.01) The degree of hemolysis free hemoglobin and 0.02 (p < 0.01), with an average reduction of 4.34 of total hemoglobin (p = 0.04). Infusion pressure was positively correlated (p <0.05) with increased potassium. Conclusion: The calibers of the PICC do not alter the levels of markers of hemolysis, while controlling the infusion rate and the association between gauges of catheters and infusion rates were associated with erythrocyte trauma. The system time, infusion rate and exposure time had no effect on markers of hemolysis except for the infusion pressure which showed a positive correlation with the release of potassium during the controlled flow.

Introdução: A ocorrência de hemólise em concentrados de hemácias (CH) durante o processo transfusional tem sido relacionada a altas tensões de cisalhamento exercidas pelos sistemas de infusão e por cateteres centrais de inserção periférica (CCIP). Objetivos: Identificar as variações nos níveis de marcadores de hemólise em CHs administrados por CCIP segundo o calibre do cateter; analisar as variações nos níveis de marcadores hemolíticos em CHs administrados por CCIP segundo a velocidade de infusão; avaliar a influência das características físicas (altura do sistema de infusão, pressão de infusão, tempo de exposição e velocidade) sobre as variações nos níveis de marcadores hemolíticos em CHs administrados por CCIP. Método: Estudo experimental realizado em laboratório sob condições controladas de temperatura e umidade. A amostra foi constituída por alíquotas de sangue provenientes de bolsas de CHs com tipagem A+, infundidas por método gravitacional em CCIPs de 3French (Fr) e 4Fr em fluxo livre e em duas velocidades controladas. Os experimentos foram divididos em três momentos: Basal, Fluxo Livre e Fluxo Controlado. Foram analisados o grau de hemólise, valores de hemoglobina total e livre, desidrogenase láctica e potássio. Características físicas presentes durante os experimentos como altura, pressão no sistema de infusão, tempo de exposição e velocidade foram avaliadas. As variáveis contínuas foram descritas por meio de média, desvio-padrão, valores mínimo, máximo e mediana, sendo utilizados Teste-t pareado, Teste-t para amostras independentes e teste de Mann-Whitney. Resultados: A amostra foi constituída por 36 alíquotas de CHs provenientes de 10 bolsas de CH, sendo realizados 12 experimentos randomizados, seis no CCIP de 3Fr e seis no de 4Fr. Houve aumento médio de hemoglobina livre de 0,04 (p=0,01) e do grau de hemólise de 0,05 (p=0,01) após infusão em Fluxo Livre, com elevação média do potássio de 0,04 (p<0,01) e decréscimo de hemoglobina total de 3,42 (p=0,01) no Fluxo Controlado. Os CHs infundidos em CCIPs de 4Fr apresentaram elevação média do grau de hemólise de 0,04 (p=0,03) em Fluxo Livre e de potássio de 0,059 (p=0,03) no Fluxo Controlado. Os CCIPs de 3Fr demostraram aumento médio significativo no grau de hemólise (0,50; p=0,03) e hemoglobina livre de 0,03 (p=0,01) após velocidade selecionada. Comparativamente, os calibres dos CCIPs não influenciaram alterações significativas nos marcadores de hemólise. A velocidade mínima influenciou o aumento médio de 0,07 no grau de hemólise (p=0,05) e a máxima aumentou 0,04 (p=0,01) o grau de hemólise e 0,02 a hemoglobina livre (p<0,01), com redução média de 4,34 de hemoglobina total (p=0,04). A pressão de infusão apresentou correlação positiva (p<0,05) com aumento do potássio. Conclusão: Os calibres dos CCIP não alteraram os níveis dos marcadores de hemólise, enquanto que o controle da velocidade de infusão e a associação entre calibres dos cateteres e as velocidades de infusão estiveram associados ao trauma eritrocitário. A altura do sistema, velocidade de infusão e o tempo de exposição não apresentaram influência sobre os marcadores de hemólise, com exceção da pressão de infusão que demonstrou correlação positiva com a liberação de potássio durante o fluxo controlado.
Keywords catheters
vascular access devices
hemolysis
blood transfusion
erythrocyte transfusion
cateteres
dispositivos de acesso vascular
hemólise
transfusão de sangue
transfusão de eritrócitos
Language Portuguese
Date 2016-06-29
Published in MENDES, Maria Teresa de Melo. Análise dos marcadores de hemólise de concentrados de hemácias administrados por cateter central de inserção periférica. 2016. 153 f. Dissertação (Mestrado) - Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), São Paulo, 2016.
Research area Enfermagem
Knowledge area Ciências da saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 153 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=4015424
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/46420

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account