Comparative study of hand sewn single layer anastomosis of dog's bowel

Comparative study of hand sewn single layer anastomosis of dog's bowel

Título alternativo Estudo comparativo das anastomoses manuais em plano único do intestino delgado de cães
Autor Azevedo, João Luiz Moreira Coutinho Autor UNIFESP Google Scholar
Hypólito, Octavio Autor UNIFESP Google Scholar
Azevedo, Otávio Cansanção Autor UNIFESP Google Scholar
Becker Jr., Otávio Monteiro Autor UNIFESP Google Scholar
Freire, Dalmer Faria Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo BACKGROUND: Two-layer intestinal anastomosis increases the inflammatory response while single-layer anastomosis results in a better wound healing. However the four main kinds of stitches which may be chosen in performing single layer intestinal sutures never before had been comparatively studied. AIM: To compare the four more commonly used types of single layer surgical anastomosis sutures of the digestive tract. METHODS: Six mongrel dogs were operated, each one receiving two anastomosis: one at 30 cm from de Treitz angle - sero-submucosal technique, and the other at 60 cm - total technique. This placement was alternatively inverted. The four more commonly used types of single layer surgical anastomosis sutures of the digestive tract, namely: sero-submucosal stitches tied in the lumen, over the submucosa; sero-submucosal stitches tied in the exterior of the organ, over the serosa; total stitches tied in the lumen, over the mucosa; and total sutures tied in the exterior, over the serosa (Gambee's stitches) were tested. After euthanasia (7th post-operative day) macro and microscopic features were evaluated. Friedman's test was applied for morphometry and for evaluation of the peritoneal adhesions. RESULTS: Statistical significance was demonstrated through major residual acute inflammation and proliferation in total sutures and more profuse adhesions with the sero-submucosal stitches tied in the lumen. The sero-submucosal stitches tied in the exterior over the serosa, had excellent realignment and regeneration of the layers. CONCLUSION: The sero-submucosal stitches tied in the exterior, over the serosa, were the best ones.

RACIONAL: As anastomoses intestinais em dois planos aumentam a resposta inflamatória tecidual, enquanto que a anastomose em plano único resulta em um lúmen maior com menos danos às bordas teciduais. Entretanto, os quatro tipos de suturas mais comumente utilizados em suturas intestinais nunca foram antes estudados comparativamente. OBJETIVO: Comparar os quatro tipos de sutura do tubo digestivo em plano único mais freqüentemente utilizados para anastomoses manuais do tubo digestivo. MÉTODOS: Seis cães de raça indefinida foram operados, cada um recebendo duas anastomoses: uma a 30 cm do ângulo de Treitz - técnica sero-submucosa, e a outra a 60 cm - técnica total. Esta localização foi aleatoriamente invertida. Os quatro tipos de sutura em plano único mais freqüentemente utilizados para anastomoses manuais do tubo digestivo, denominados: pontos extramucoso atados no lúmen da víscera, sobre a submucosa, pontos extramucosos atados no exterior, sobre a serosa, pontos totais atados no lúmen, sobre a mucosa, e pontos totais especiais de Gambee atados no exterior sobre a serosa, foram testados. Eutanásia e necropsia parcial no 7º dia pós-operatório permitiu avaliação de aspectos macro e microscópicos. O teste de Friedman's foi aplicado para a morfometria e avaliação das aderências peritoniais. RESULTADOS: Foi demonstrada diferença estatisticamente significante para a inflamação residual aguda e maior proliferação nas suturas totais, bem como na maior ocorrência de aderências com pontos extramucosos atados no lúmen da víscera, sobre a submucosa. A sutura extramucosa com nós atados na serosa teve regeneração das bordas e alinhamento excelentes. CONCLUSÃO: A sutura extramucosa com nós atados na serosa mostrou-se a melhor.
Palavra-chave Anastomosis, surgical
Sutures
Intestine, small
Dogs
Anastomose cirúrgica
Suturas
Intestino delgado
Cães
Idioma Inglês
Data de publicação 2008-12-01
Publicado em Arquivos de Gastroenterologia. Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia - IBEPEGE Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva - CBCD Sociedade Brasileira de Motilidade Digestiva - SBMD Federação Brasileira de Gastroenterologia - FBGSociedade Brasileira de Hepatologia - SBHSociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva - SOBED, v. 45, n. 4, p. 319-322, 2008.
ISSN 0004-2803 (Sherpa/Romeo)
Publicador Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia - IBEPEGE Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva - CBCD Sociedade Brasileira de Motilidade Digestiva - SBMD Federação Brasileira de Gastroenterologia - FBGSociedade Brasileira de Hepatologia - SBHSociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva - SOBED
Extensão 319-322
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-28032008000400011
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-28032008000400011 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4632

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-28032008000400011.pdf
Tamanho: 508.8KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta