Expressão da deltafosb na amígdala e córtex pré-frontal em resposta à ingestão crônica de álcool

Expressão da deltafosb na amígdala e córtex pré-frontal em resposta à ingestão crônica de álcool

Author Wscieklica, Tatiana Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Cespedes, Isabel Cristina Cespedes Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Interdisciplinar em Ciências da Saúde
Abstract Introduction: drug addiction is a global problem and frequent involving young people and adults, in which alcohol stands out as the drug most commonly used. The dependency process reflects processes neuroadaptation and awareness triggered by chronic drug use, and multiple neurotransmitter systems are involved in this process. The combination of the loss of the reward function (dopaminergic pathways) and recruitment of the stress system (CRFérgicas way), provides a powerful base neurochemistry to the hypothesis that the motivational aspects have paper key in the negative reinforcement that leads to addiction. Objective: To analyze the neurophysiological characteristic of Tonsil (associated with Impulsive decisions) and prefrontal cortex (associated with reflective decisions), in animals characterized as high (vulnerable to alcohol dependence) and low (Not vulnerable to alcohol dependence) preference for ethanol. Methods: Two groups of animals were formed, one control group and another Alcohol group in which the animals were subjected to intermittent chronic protocol of satisfaction solution 20% alcohol for 45 days. The alcohol group was subdivided to from the preference for drunken solution in High and Low preference. The animals were then perfused and their brains collected, who visited the process microtome and by immunohistochemistry for DeltafosB protein. Results: The protocol chronic intermittent ethanol 20% was able to induce different patterns of consumption and preference in Wistar rats. A higher number of immunoreactive cells to DeltafosB protein in High alcohol group Preferably in the Core Central Amygdala in relation to the control group and group Low alcohol preference; lower immunoreactivity in Low Alcohol Group Preference Control ratio in the basolateral Amygdala Nucleus and Nucleus Medial Amygdala. In the region of the prefrontal cortex was smaller immunoreactivity in alcohol High Preference group compared to the control group. In the limbic cortex Infrastructure was lower immunoreactivity of High Alcohol Group Preference compared to control group. In cortex Pre-limbic and Core Orbitofrontal there were no statistical differences. Conclusion: These data support the idea that impulsivity is associated the vulnerability profile of chemical dependency, through imbalance between Amygdala and the prefrontal cortex, key structures in the balance between making impulsive and reflexive decision respectively.

Introdução: A dependência a drogas é um problema mundial e frequente envolvendo jovens e adultos, em que o álcool se destaca como a droga mais comumente usada. O processo de dependência reflete processos de neuroadaptação e sensibilização desencadeados pelo uso crônico da droga, sendo que vários sistemas de neurotransmissores estão envolvidos neste processo. A combinação da perda da função de recompensa (vias dopaminérgicas) e o recrutamento do sistema de estresse (vias CRFérgicas), fornece uma potente base neuroquímica para a hipótese de que os aspectos motivacionais possuem papel chave no reforço negativo que leva à dependência. Objetivo: Analisar a característica neurofisiológica da Amígdala (associada a decisões impulsivas) e do Córtex Pré-Frontal (associado a decisões reflexivas), em animais caracterizados como de alta (vulnerável à dependência de álcool) e baixa (não vulnerável à dependência de álcool) preferência pelo etanol. Métodos: Dois grupos de animais foram constituídos, um grupo Controle e outro grupo Álcool no qual os animais foram submetidos ao protocolo crônico intermitente de solução contento 20% de álcool durante 45 dias. O grupo Álcool foi subdivido a partir da preferência pela solução alcoolizada em Alta e Baixa preferência. Os animais foram então perfundidos e seus encéfalos coletados, que passaram pelo processo de microtomia e pela imunohistoquímica para proteína DeltafosB. Resultados: O protocolo crônico intermitente de álcool 20% foi capaz de induzir diferentes padrões de consumo e preferências nos ratos Wistar. Observou-se maior número de células imunorreativas para proteína DeltafosB no grupo Álcool Alta Preferência no Núcleo da Amígdala Central em relação ao grupo controle e grupo Álcool Baixa Preferência; menor imunorreatividade no grupo Álcool Baixa Preferência em relação Controle no Núcleo Basolateral da Amígdala e no Núcleo Medial da Amígdala. Na região do Córtex Pré-Frontal houve menor imunorreatividade no grupo Álcool Alta Preferência em relação ao grupo Controle. No Córtex Infra-límbico houve menor imunoreatividade do grupo Álcool Alta Preferência em relação ao grupo Controle. No Córtex Pré-Límbico e no Núcleo Orbitofrontal não houve diferenças estatísticas. Conclusão: Estes dados corroboram a ideia de que a impulsividade está associada ao perfil de vulnerabilidade à dependência química, por meio do desequilíbrio entre a Amígdala e o Córtex Pré-Frontal, estruturas chave no equilíbrio entre a tomada de decisão impulsiva e reflexiva respectivamente.
Keywords alcohol
amygdala
prefrontal cortex
deltafosb
alcool
amígdala
córtex pré-frontal
deltafosb
ingestão crônica
Language Portuguese
Date 2016-03-23
Published in WSCIEKLICA, Tatiana. Expressão da deltafosb na amígdala e córtex pré-frontal em resposta à ingestão crônica de álcool. 2016. 52 f. Dissertação (Mestrado) - Instituto de Saúde e Sociedade, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), Santos, 2016.
Research area Interdisciplinar
Knowledge area Multidisciplinar
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 52 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=3700290
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/46196

Show full item record




File

File Size Format View

There are no files associated with this item.

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account