Safety in intrahospital transportation: evaluation of respiratory and hemodynamic parameters. A prospective cohort study

Safety in intrahospital transportation: evaluation of respiratory and hemodynamic parameters. A prospective cohort study

Título alternativo Segurança do transporte intra-hospitalar: avaliação dos parâmetros hemodinâmicos e respiratórios. Estudo prospectivo de coorte
Autor Mazza, Bruno Franco Autor UNIFESP Google Scholar
Amaral, José Luiz Gomes do Autor UNIFESP Google Scholar
Rosseti, Heloisa Autor UNIFESP Google Scholar
Carvalho, Rosana Borges Autor UNIFESP Google Scholar
Senna, Ana Paula Resque Autor UNIFESP Google Scholar
Guimarães, Hélio Penna Autor UNIFESP Google Scholar
Machado, Flávia Ribeiro Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo CONTEXT AND OBJECTIVE: Intrahospital transportation of mechanically ventilated patients is a high-risk situation. We aimed to determine whether transfers could be safely performed by using a transportation routine. DESIGN AND SETTING: Prospective cohort study with before and after evaluation. METHODS: Mechanically ventilated patients who needed transportation were included. Hemodynamic and respiratory parameters were measured before and after transportation. Statistical analysis consisted of variance analysis and paired Student's t test. Results were considered significant if P < 0.05. RESULTS: We studied 37 transfers of 26 patients (12 female) of mean age 46.6 ± 15.7. Patients with pulmonary diseases, positive end expiratory pressure > 5, FiO2 > 0.4 and vasoactive drug use comprised 42.4%, 24.3%, 21.6% and 33.0% of cases, respectively. Mean duration of transportation was 43.4 ± 18.9 minutes. Complications occurred in 32.4%. There was a significant increase in CO2 (before transportation, 29.6 ± 7.3 and after transportation, 34.9 ± 7.0; P = 0.000); a trend towards improved PO2/FiO2 ratio (before transportation, 318.0 ± 137.0 and after transportation, 356.8 ± 119.9; P = 0.053); increased heart rate (before transportation, 80.9 ± 18.7 and after transportation, 85.5 ± 17.6; P = 0.08); and no significant change in mean arterial blood pressure (P = 0.93). CONCLUSION: These results suggest that intrahospital transportation can be safely performed. Our low incidence of complications was possibly related to both the presence of a multidisciplinary transportation team and proper equipment.

CONTEXTO E OBJETIVO: O transporte intra-hospitalar de pacientes sob ventilação mecânica (VM) é uma situação sabidamente de alto risco. Nosso objetivo foi determinar se o transporte poderia ser realizado com segurança, seguindo uma rotina de transporte. TIPO DE ESTUDO E LOCAL: Estudo prospectivo, de coorte único com análise antes e depois. MÉTODOS: Foram incluídos pacientes sob VM que necessitaram de transporte. Os parâmetros hemodinâmicos e respiratórios foram medidos antes (AT) e após (DT) o retorno à Unidade de Terapia Intensiva. Utilizou-se análise de variância e o teste t de Student. Os resultados foram considerados significativos se P < 0,05. RESULTADOS: Foram avaliados 37 transportes em 26 pacientes (12 mulheres) com idade média de 46,6 ± 15,7. Pacientes com doença pulmonar, pressão expiratória final positiva > 5 cmH2O, FiO2 > 0,4 ou em uso de drogas vasoativas compreenderam 42,4%, 24,3%, 21,6% e 33,0% dos casos, respectivamente. A duração média do transporte foi de 43,4 ± 18,9 min. Complicações ocorreram em 32,4% dos casos. Houve aumento significativo no CO2 (AT - 29,59 ± 7,27 e DT - 34,95 ± 7,01, P = 0,000), tendência na melhora da relação PO2/FiO2 após o transporte (AT- 318,0 ± 137,0 e DT- 356,8 ± 119,9, P = 0,053) e aumento na freqüência cardíaca (AT- 80,9 ± 18,7 e DT- 85,5 ± 17.6, P = 0,08), sem alterações significativas na pressão arterial média (P = 0,93). CONCLUSÃO: Estes resultados sugerem que o transporte intra-hospitalar pode ser executado com segurança. Nossa baixa incidência das complicações é relacionada possivelmente à presença de uma equipe multidisciplinar de transporte e ao equipamento apropriado.
Palavra-chave Patient transfer
Transportation of patients
Respiration, artificial
Positive-pressure respiration
Pulmonary ventilation
Intermittent positive-pressure ventilation
Transferência de pacientes
Transporte de pacientes
Respiração artificial
Respiração com pressão positiva
Ventilação pulmonar
Ventilação com pressão positiva intermitente
Idioma Inglês
Data de publicação 2008-11-01
Publicado em MAZZA, Bruno Franco et al . Safety in intrahospital transportation: evaluation of respiratory and hemodynamic parameters. A prospective cohort study. Sao Paulo Med. J., São Paulo , v. 126, n. 6, p. 319-322, nov. 2008
ISSN 1516-3180 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Associação Paulista de Medicina - APM
Extensão 319-322
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1516-31802008000600005
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000264364800005
SciELO S1516-31802008000600005 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4619

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1516-31802008000600005.pdf
Tamanho: 167.2KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta