Comportamento alimentar de risco e estratégias de aprendizagem de adolescentes atletas do sexo masculino

Comportamento alimentar de risco e estratégias de aprendizagem de adolescentes atletas do sexo masculino

Author Uzunian, Laura Giron Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Vitalle, Maria Sylvia de Souza Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Educação e Saúde na Infância e Adolescência
Abstract Eating behavior is influenced by the model of beauty imposed by society, which praises a thin body for women and the development of muscles for men. In the sports environment it is common to observe trainers and athletes adopting inappropriate dietary practices, in the search for success and the improvement in the sports performance. Those behaviors are considered the precursors of eating disorders and it is believed that they attack from 5% to 10% of male teenagers. The goal of this research was to relate risky eating behavior to the development of eating disorders with the learning strategies, in male teenage athletes in the city of São Paulo. It concerns an observational, prospective, transversal study with non-probabilistic sampling delineation. It involved teenagers with age between 10 to 19 incomplete years, practicing different sports modalities, in training centers in the city of São Paulo. They used self-applicable questionnaires to evaluate economical classification, eating behavior, dissatisfaction with body image and the use of learning strategies. Height and weight were used to calculate the Body Mass Index. The percentage of fat was evaluated by skin folds. The evaluation of sexual maturity was obtained through self-evaluation. The descriptive analysis was detailed through absolute numbers and proportions for categorical data. The quantitative data was presented by the means and standard deviations. The Kolmogorov-Smirnov test was used to verify the distribution of data; the Mann whitney to test the heterogeneity between the groups; the chi-square test to compare the categorical data; the t test from Student for independent samples. The logistic regression estimated the values of chance and the respective confidence interval, considering the risky behaviors for the eating disorders. The linear regression verified the magnitude of the body dissatisfaction scale with the respective independent variables. The “software” Statistical Package for the Social Sciences was used to calculate. It was adopted the level of significance of p≤0,05. 246 teenagers were evaluated, with a medium age of 13,72±2,23 years old, the majority was in the stages G3 and G4 of sexual maturity, they were eutrophic and belonged to the economical class B. The prevalence of risky eating behavior for restriction was of 10,6% and for compulsion 22,8%. Individuals with a risky eating behavior for eating disorders showed higher dissatisfaction with body image. The medium score for the learning strategies scale was of 87,87±9,20 points. There was statistical association between the risky eating behavior for restriction and eating compulsion, with the learning strategies. The prevalence of risky eating behaviors for eating disorders is high, for restriction as well as for eating compulsion. Besides, there was a relation between eating behavior and the scale of learning strategies, suggesting that the repertoire of leaning strategies can exert protection against the development of eating alterations. The overweight and obese teenagers presented higher possibility of developing compulsion and the eutrophic to eating restriction, not being found an association between learning strategies and pubertal development.

O comportamento alimentar é influenciado pelo modelo de beleza imposto pela sociedade, que preconiza o corpo magro para as mulheres e o desenvolvimento da musculatura para os homens. No meio esportivo, é comum observarmos treinadores e atletas adotarem práticas dietéticas inadequadas, buscando o sucesso e a melhora no desempenho esportivo. Tais comportamentos são considerados precursores dos transtornos alimentares e acredita-se que eles acometam de 5% a 10% dos adolescentes do sexo masculino. O objetivo desta pesquisa foi relacionar o comportamento alimentar de risco para o desenvolvimento de transtornos alimentares com as estratégias de aprendizagem, em adolescentes atletas do sexo masculino da cidade de São Paulo. Trata-se de estudo observacional, prospectivo, transversal com delineamento amostral não probabilístico. Envolveu adolescentes atletas do sexo masculino com idade entre 10 a 19 anos incompletos, praticantes de modalidades esportivas distintas, em centros de treinamento da cidade de São Paulo. Utilizaram-se questionários auto-aplicáveis para avaliação da classificação econômica, do comportamento alimentar, da insatisfação com a imagem corporal e do uso das estratégias de aprendizagem. Utilizou-se o peso e a estatura, para cálculo do Índice de Massa Corporal. O percentual de gordura foi avaliado por dobras cutâneas. A avaliação da maturação sexual foi realizada por meio da auto-avaliação. As análises descritivas foram detalhadas por meio de números absolutos e proporções para dados categóricos. Os dados quantitativos foram apresentados pela média e desvio-padrão. Utilizou-se o teste de Kolmogorov-Smirnov para verificar a distribuição dos dados; o Mann whitney para testar a heterogeneidade entre os grupos; o qui-quadrado para comparar os dados categóricos; e o test t de Student para amostras independentes. A regressão logística estimou os valores de chance e respectivos intervalos de confiança, considerando o comportamento de risco para os transtornos alimentares. A regressão linear verificou a magnitude da escala de insatisfação corporal com as respectivas variáveis independentes. Utilizou-se o “Software” Statistical Package for the Social Sciences para realização dos cálculos. Adotou-se nível de significância de p≤0,05. Foram avaliados 246 adolescentes, com média de idade de 13,72±2,23 anos, a maioria se encontrava nos estágios G3 e G4 de maturação sexual, eram eutróficos e pertenciam à classe econômica B. A prevalência de comportamento alimentar de risco para restrição foi de 10,6% e para compulsão 22,8%. Indivíduos com comportamento alimentar de risco para transtornos alimentares mostraram maior insatisfação com a imagem corporal. A média na pontuação da escala de estratégias de aprendizagem foi de 87,87± 9,20 pontos. Houve associação estatística entre o comportamento alimentar de risco para restrição e compulsão alimentar, com as estratégias de aprendizagem. A prevalência do comportamento alimentar de risco para transtornos alimentares é alta, tanto para restrição quanto para compulsão alimentar. Além disso, houve relação do comportamento alimentar com a escala de estratégia de aprendizagem, sugerindo que o repertório de estratégias de aprendizagem pode exercer fator de proteção contra o desenvolvimento das alterações alimentares. Os adolescentes em sobrepeso e os obesos, apresentaram maior possibilidade de desenvolver compulsão e os eutróficos restrição alimentar, não se encontrando associação entre a estratégia de aprendizagem e desenvolvimento puberal.
Keywords adolescent
adolescent health
learning strategies
eating behavior
athletes
adolescente
saúde do adolescente
estratégias de aprendizagem
comportamento alimentar
atletas
Language Portuguese
Date 2014-08-26
Published in UZUNIAN, Laura Giron. Comportamento alimentar de risco e estratégias de aprendizagem de adolescentes atletas do sexo masculino. 2014. 173 f. Dissertação (Mestrado) - Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), Guarulhos, 2014.
Research area Ensino
Knowledge area Multidisciplinar
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 173 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=1308824
Access rights Closed access
Type Dissertation
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/46156

Show full item record




File

Name: LAURA GIRON UZUNIAN.pdf
Size: 3.444Mb
Format: PDF
Description:
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account