Comparação da freqüência cardíaca máxima medida com as fórmulas de predição propostas por Karvonen e Tanaka

Comparação da freqüência cardíaca máxima medida com as fórmulas de predição propostas por Karvonen e Tanaka

Título alternativo Comparison of maximal heart rate using the prediction equations proposed by Karvonen and Tanaka
Autor Camarda, Sergio Ricardo de Abreu Autor UNIFESP Google Scholar
Tebexreni, Antonio Sergio Autor UNIFESP Google Scholar
Páfaro, Cristmi Niero Google Scholar
Sasai, Fábio Bueno Google Scholar
Tambeiro, Vera Lúcia Autor UNIFESP Google Scholar
Juliano, Yara Google Scholar
Barros Neto, Turibio Leite de Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade Metodista de Piracicaba
Universidade Santo Amaro
Resumo BACKGROUND: Equations for predicting maximal heart rate (HRmax) are widely used in exercise testing and for training prescription, but their efficacy remains controversial in the literature. OBJECTIVE: To compare maximal heart rate during cardiopulmonary exercise testing (CPET) using the prediction equations developed by Karvonen and Tanaka. METHODS: Of the 24,120 maximal treadmill graded exercise tests stored in the CEMAFE database from 1994 to 2006, 2047 HRmax values were analyzed, 1091 of which were from male and 956 from female sedentary subjects. These data were used as a gold standard to compare Karvonen's and Tanaka's prediction formulas. RESULTS: Mean measured maximal heart rates were 181.0 ± 14.0; 180.6 ± 13.0, and 180.8 ± 13.8 for men, women, and both genders combined, respectively. Likewise, mean values from Karvonen's equation were 182.0 ± 11.4; 183.7 ± 11.5, and 183.9 ± 11.7; and from Tanaka's, 182.0 ± 8.0; 182.6 ± 8.0, and 182.7 ± 8.2. Karvonen's and Tanaka's equations yielded the same correlation coefficients, as compared with measured maximal heart rate (r = 0.72). CONCLUSION: Karvonen's and Tanaka's equations are similar in predicting maximal heart rate and show good correlation with measured maximal heart rate.

FUNDAMENTO: Fórmulas de predição da freqüência cardíaca máxima são amplamente utilizadas em serviços de ergometria e para prescrição de treinamento, contudo há controvérsia na literatura sobre a eficácia delas. OBJETIVO: Comparar a freqüência cardíaca máxima obtida pelo teste ergoespirométrico com as equações propostas por Karvonen e Tanaka. MÉTODOS: Dos 24.120 testes ergoespirométricos máximos, com protocolo de cargas crescentes, realizados em esteira rolante e armazenados no banco de dados do Cemafe, no período de 1994 a 2006, foram resgatados 1.091 resultados da freqüência cardíaca máxima de indivíduos sedentários do sexo masculino e 956 do feminino. Esses dados foram utilizados como padrão-ouro na comparação com as fórmulas de predição propostas por Karvonen e Tanaka. RESULTADOS: Os valores médios da freqüência cardíaca máxima medida foram: 181,0 ± 14,0, 180,6 ± 13,0 e 180,8 ± 13,8, para o sexo masculino, feminino e ambos os sexos, respectivamente. Seguindo o mesmo padrão, os valores para equação de Karvonen foram de 182,0 ± 11,4, 183,7 ± 11,5 e 183,9 ± 11,7; e os de Tanaka 182,0 ± 8,0, 182,6 ± 8,0 e 182,7 ± 8,2. A equação de Karvonen apresentou valores de correlação iguais à de Tanaka, quando comparadas com a freqüência cardíaca máxima medida, r = 0,72. CONCLUSÃO: As equações de Karvonen e Tanaka são semelhantes para predição da freqüência cardíaca máxima e apresentam boa correlação com a freqüência cardíaca máxima medida.
Assunto Heart rate
exercise test
cross-sectional studies
Freqüência cardíaca
teste de esforço
estudos transversais
Idioma Português
Data 2008-11-01
Publicado em Arquivos Brasileiros de Cardiologia. Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC, v. 91, n. 5, p. 311-314, 2008.
ISSN 0066-782X (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Editor Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC
Extensão 311-314
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0066-782X2008001700005
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000262436700004
SciELO S0066-782X2008001700005 (estatísticas na SciELO)
URI http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4611

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Nome: S0066-782X2008001700005-en.pdf
Tamanho: 333.9Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir
Nome: S0066-782X2008001700005-pt.pdf
Tamanho: 419.2Kb
Formato: PDF
Descrição:
Visualizar/Abrir

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)