Early diagnosis of multiple endocrine neoplasia type 2B: a challenge for physicians

Early diagnosis of multiple endocrine neoplasia type 2B: a challenge for physicians

Título alternativo Diagnóstico precoce de neoplasia endócrina múltipla tipo 2B: um desafio para os médicos
Autor Camacho, Cleber P. Autor UNIFESP Google Scholar
Hoff, Ana O. Autor UNIFESP Google Scholar
Lindsey, Susan C. Autor UNIFESP Google Scholar
Signorini, Priscila S. Autor UNIFESP Google Scholar
Valente, Flávia O. F. Autor UNIFESP Google Scholar
Oliveira, Mariana N. L. Autor UNIFESP Google Scholar
Kunii, Ilda S. Google Scholar
Biscolla, Rosa Paula M. Autor UNIFESP Google Scholar
Cerutti, Janete Maria Autor UNIFESP Google Scholar
Maciel, Rui Monteiro de Barros Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Fleury-Medicina e Saúde
Resumo BACKGROUND: The hereditary form of medullary thyroid carcinoma may occur isolated as a familial medullary thyroid carcinoma (FMTC) or as part of Multiple Endocrine Neoplasia 2A (MEN2A) and 2B (MEN2B). MEN2B is a rare syndrome, its phenotype may usually, but not always, be noted by the physician. In the infant none of the MEN2B characteristics are present, except by early gastrointestinal dysfunction caused by intestinal neuromas. When available, genetic analysis confirms the diagnosis and guides pre-operative evaluation and extent of surgery. Here we report four cases of MEN2B in which the late diagnosis had a significant impact in clinical evolution and, potentially, in overall survival. CASE REPORT: We report four cases, 2 men and 2 women, with differences in their phenotypes and with a late diagnosis. The first case has a history of severe gastrointestinal obstruction requiring a surgery intervention two days after his birth. The second told had nodules in the oral mucosa and constipation since childhood. The third case referred a history of constipation from birth until 5 months of life. The fourth has had a history of chronic constipation since childhood. DISCUSSION: New concepts have emerged since the RET oncogene was identified in 1993 as the responsible gene for hereditary medullary thyroid carcinoma. The majority of MEN2B individuals have M918T mutation in the exon 16 of RET, with a few cases having a mutation A883F or the association of V804M with E805K, Y806C or S904C mutations. The consensus classifies the RET mutation in codon 918 as of highest risk and recommends total thyroidectomy and central lymph node dissection until 6 months after birth. A fast and precise diagnosis is essential to reach these goals. The identification of early manifestations such as intestinal ganglioneuromatosis and oral mucosal neuromas should prompt the physician to initiate an investigation for multiple endocrine neoplasia type 2B. CONCLUSION: The diagnosis of MEN2B is very important to allow appropriate investigation of associated diseases and to allow counseling and appropriate screening of relatives for a RET mutation. Even patients with MEN2B, which often have typical physical features, may not be properly recognized and be followed as a sporadic case. Based on this, all suspicious cases of multiple endocrine neoplasia should undergo a molecular genetic test.

A forma hereditária do carcinoma medular da tiróide pode ocorrer de modo isolado, o carcinoma medular da tiróide familiar (FMTC), ou como parte das neoplasias endócrinas múltiplas tipo 2A (MEN2A) e 2B (MEN2B). MEN2B é uma síndrome rara e seu fenótipo é usualmente, mas nem sempre, notado pelo médico. Na infância, nenhuma das características de MEN2B estão presentes, exceto pela disfunção gastrintestinal precoce, causada pelos neuromas intestinais. Quando disponível, a análise genética confirma o diagnóstico e orienta a avaliação pré-operatória e extensão da cirurgia. Neste artigo, apresentamos quatro casos de MEN2B, nos quais o diagnóstico tardio teve impacto significativo na evolução clínica e, potencialmente, na mortalidade em geral. APRESENTAÇÃO DOS CASOS: Apresentamos quatro casos, dois homens e duas mulheres, com diferenças em seus fenotipos e com diagnóstico tardio. O primeiro caso tem história de obstrução gastrintestinal importante em que foi necessária cirurgia dois dias após o nascimento. O segundo paciente apresentava nódulos na mucosa oral e constipação desde a infância. O terceiro referia história de constipação desde o nascimento até 5 meses de idade. O quarto tinha história de constipação intestinal desde a infância. DISCUSSÃO: Novos conceitos emergiram desde que o oncogene RET foi identificado, em 1993, como o gene responsável pelo carcinoma medular da tiróide hereditário. A maioria dos indivíduos apresenta a mutação M918T no éxon 16 do RET, enquanto poucos casos apresentam a mutação A883F ou a associação de V804M com E805K, Y806C ou S904C. O consenso recomenda a tiroidectomia total com dissecção dos linfonodos no compartimento central até os 6 meses após o nascimento. O diagnóstico rápido e preciso é essencial para o atingir os objetivos. CONCLUSÃO: O diagnóstico precoce de MEN2B é muito importante para propiciar a investigação apropriada de doenças associadas e para permitir aconselhamento e rastreamento dos parentes para uma mutação do RET. Pacientes com MEN2B, que apresentam frequentemente achados típicos ao exame físico, podem não ser reconhecidos e seguidos como casos esporádicos. Por causa disso, todos os casos de neoplasia endócrina múltipla devem ser avaliados pelo teste genético para mutações do RET.
Palavra-chave Medullary thyroid carcinoma
MEN2B
M918T
Phenotype and intestinal ganglioneuromatosis
Carcinoma medular de tiróide
MEN2B
M918T
Fenótipo
Ganglioneuromatose intestinal
Idioma Inglês
Data de publicação 2008-11-01
Publicado em Arquivos Brasileiros de Endocrinologia & Metabologia. Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, v. 52, n. 8, p. 1393-1398, 2008.
ISSN 0004-2730 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia
Extensão 1393-1398
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27302008000800031
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000262313500031
SciELO S0004-27302008000800031 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4610

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-27302008000800031.pdf
Tamanho: 183.3KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta