Razão entre diâmetros torácicos para detecção de hiperinsuflação estática em crianças pela biofotogrametria

Razão entre diâmetros torácicos para detecção de hiperinsuflação estática em crianças pela biofotogrametria

Título alternativo Chest diameter ratios for detecting static hyperinflation in children using photogrammetry
Autor Ricieri, Denise da V. Google Scholar
Rosario Filho, Nelson Augusto Google Scholar
Costa, Jecilene R. Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal do Paraná Departamento de Pediatria
UFPR Departamento de Pediatria Programa de Pós-Graduação em Saúde da Criança e do Adolescente
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVES: To develop a photogrammetric method capable of identifying increases in anteroposterior chest diameters suggestive of pulmonary hyperinflation, and to test it with both asthmatic and asthma-free children. METHODS: Two distinct study designs were used to achieve these two objectives. The first was a descriptive analysis of diameters measured at the height of the axilla and of the xiphoid on digital images of 56 children aged 8 to 12 years photographed in the orthostatic position. The second was a case-control study of (a) 19 asthmatic children in treatment for at least 12 months; and (b) 37 children free from asthma with no prior history of complaints of respiratory/allergic disease. Diameters were measured on images of the front and left side views using CorelDRAW®, and the ratio between the front and side diameters was calculated for the axillary and xiphoid measurements, providing the diameter ratios. Diameter ratios close to or greater than 1 represent geometry tending towards a cylindrical shape, typical of hyperinflation on radiographs. RESULTS: Analysis with the t test for independent samples revealed a mean diameter ratio at the sternum that was significantly greater in the group of asthmatic children (p < 0.01) than the mean for the whole sample and also than the mean for the children without asthma. CONCLUSIONS: Despite the existence of disagreement on the best instruments, methods and times for identifying hyperinflation, results indicate that a system using diameter ratios obtained by photogrammetry is a promising tool for the identification of a kinesiopathological manifestation that is known to determine air entrapment in asthma patients. Research that combines clinical data with longitudinal intrapatient follow-up will be necessary to establish the strength of the evidence found in this study.

OBJETIVOS: Desenvolver um método fotogramétrico capaz de identificar aumento do diâmetro torácico anteroposterior sugestivo de hiperinsuflação pulmonar e testá-lo em crianças asmáticas e não asmáticas. MÉTODOS: Foram conduzidos dois perfis de estudos, sendo um deles a análise descritiva dos diâmetros medidos no nível axilar e xifóideo em imagens fotográficas digitais de 56 crianças, com idade entre 8 e 12 anos, na posição ortostática, e o outro, um estudo caso-controle entre: (a) 19 crianças asmáticas em tratamento há mais de 12 meses; (b) 37 crianças não asmáticas, sem histórico pregresso ou queixas de doenças respiratórias/alérgicas. Os diâmetros foram medidos nas imagens da vista anterior e lateral esquerda pelo uso do programa CorelDraw®, e a esses diâmetros aplicou-se a razão matemática de vista anterior por lateral esquerda para cada nível, gerando o índice denominado razão diametral. A razão diametral próxima ou superior à unidade expressou uma configuração geométrica tendendo ao formato cilíndrico, típico de hiperinsuflação nas imagens radiológicas. RESULTADOS: A análise pelo teste t para amostras independentes mostrou uma média significativamente maior para razão diametral do osso esterno no grupo de crianças asmáticas (p < 0,01) que no grupo como um todo e no grupo de crianças não asmáticas. CONCLUSÕES: Apesar das controvérsias sobre instrumentos, formas e momentos de identificação da presença de hiperinsuflação, os resultados são favoráveis ao sistema de razão diametral pela biofotogrametria como ferramenta promissora na identificação de uma expressão cinesiopatológica conhecida como determinante da retenção aérea na asma. Pesquisas que agreguem informações clínicas e acompanhamento longitudinal intrapacientes serão necessárias antes de estabelecer a força das evidências encontradas neste estudo.
Palavra-chave Hyperinflation
photogrammetry
asthma
Hiperinsuflação
fotogrametria
asma
Idioma Português
Financiador Grupo de Apoio ao Programa de Educacao Respiratoria (GAPER)
Data de publicação 2008-10-01
Publicado em Jornal de Pediatria. Sociedade Brasileira de Pediatria, v. 84, n. 5, p. 410-415, 2008.
ISSN 0021-7557 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Sociedade Brasileira de Pediatria
Extensão 410-415
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0021-75572008000600006
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000261067000006
SciELO S0021-75572008000600006 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4597

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0021-75572008000600006.pdf
Tamanho: 122.1KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta