Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/45813
Title: A residência multiprofissional no Hospital São Paulo (HU – Unifesp): percepção dos residentes sobre o processo de ensino em saúde e atuação em equipe interprofissional
Other Titles: Multiprofissional residence in Hospital São Paulo (HU - UNIFESP): perception of residents on the process of education in health and performance in team interprofessional
Authors: Batista, Sylvia Helena Souza da Silva
Degiovani, Mariella Vargas
http://lattes.cnpq.br/1373537400598436
http://lattes.cnpq.br/7402359906381953
Keywords: Educação Continuada
Residência
Relações Interprofissionais
Education
Continuing Residency
Interprofessional Relations
Issue Date: 2017
Publisher: Universidade Federal de São Paulo
Citation: DEGIOVANI, Mariella Vargas. A residência multiprofissional no Hospital São Paulo (HU – Unifesp): percepção dos residentes sobre o processo de ensino em saúde e atuação em equipe interprofissional. 2017. 87f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino em Ciências da Saúde) – Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, 2017.
Abstract: Introduction: Multiprofessional residencies in the health field exist in Brazil merging as one of the strategies employed to increase the process of hands-on learning, seeking the consolidation of the propositions of the SUS (Brazilian Public Health System). As such, the multiprofessional residency programs have inserted themselves in many scenarios, from hospital-based to primary care, when they were implemented in the Family Health Strategy. However, despite its broad reach, there are few initiatives seeking to understand, know and evaluate said residencies and their impact in the shaping of health professionals. Objectives: This research sought to analyze the perception of multiprofessional residents regarding conceptions and experiences of interprofessional work within Multiprofessional Residencies in Health in HSP-UNIFESP. Methodology: This project consisted in a qualitative research, of descriptive-exploratory character. The data was collected through semi-structured interviews. The analyzed population were the first and second year residents of the Multiprofessional Health Residency program of the HSP-UNIFESP. Interviews were recorded and transcripted and data was analyzed through the content analysis technique, thematic modality. Results: A total of 17 multiprofessional residents were interviewed. Thematic categories relevant to this study were: motivation for the insertion in the Multiprofessional Health Residency program, conception of teamwork in the Multiprofessional Health Residency program and contribution of the Multiprofessional Health Residency program to working in a multiprofessional team. The perceptions captured by this study point towards a certain heterogeneity among the experiences of residents. The motivations that led to seeking a Multiprofessional Health Residency program were, for the most part, pragmatic and aimed towards the obtention of a complementary formation after completing a degree. Even though many subjects had previous knowledge of the concept of work in a multiprofessional team, the experience was new to all and pointed as a significant gain regarding Multiprofessional practice. Subjects pointed out, however, that there were expressive difficulties in the conduction of said work, notably a dichotomy between the elaborated pedagogical project and the one that was implemented, showing a break of expectations in the formation process. Furthermore, many participants highlighted the part that the Multiprofessional Health Residency program played as a catalyzer in a self-knowledge process. Conclusion: The study represents a deepening on the teaching activities within the Multiprofessional Health Residencies. The analyzed categories represent essential points towards perfecting the formation process of residents in the multiprofessional health field and also the need of an approximation between the formulated pedagogical project and the teaching practices. Specific actions in integration between teaching and practice can improve the evaluation of Multiprofessional Health Residency programs through teaching strategies. Among those strategies is the creation of an interprofessional group meant to rethink practices in the Multiprofessional Health Residency program, as well as other studies that can address the professor and preceptor perspectives in Multiprofessional Health Residency programs in order to complement the information obtained in the study.
Introdução: As residências multiprofissionais em saúde (RMSs) no Brasil surgem como uma das estratégias utilizadas para fomentar o processo de aprendizado em serviço, visando a consolidação das propostas do SUS. Enquanto tal, as RMSs se inseriram em diversos cenários, desde o hospitalar até o nível de atenção básica, quando de sua implementação na Estratégia de Saúde da Família. Contudo, apesar de seu grande alcance, ainda são restritas às iniciativas que buscaram compreender, conhecer e avaliar tais residências e seu impacto na formação dos profissionais de saúde. Objetivos: analisar a percepção dos residentes multiprofissionais em saúde em relação às motivações e vivências no âmbito dos Programas de Residências Multiprofissionais em Saúde desenvolvidas no Hospital São Paulo (HSP)/Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), assim como mapear suas motivações, apreender as concepções dos residentes sobre trabalho em equipe, discutir as dificuldades que os residentes identificam para o trabalho em equipe multiprofissional e mapear as contribuições da Residência Multiprofissional para o trabalho em equipe. Métodos: Trata-se de uma pesquisa qualitativa, de caráter descritivo-exploratório. Os dados foram coletados por meio de entrevistas semiestruturadas. A população analisada foi composta por residentes do primeiro e do segundo ano da Residência Multiprofissional em Saúde do HSP-UNIFESP. As entrevistas foram gravadas e transcritas e os dados analisados por meio da técnica de análise de conteúdo, modalidade temática. Resultados e Discussão: Um total de 17 residentes multiprofissionais foram entrevistados. As categorias temáticas relevantes para este estudo foram: motivação para a inserção da RMS, concepção sobre o trabalho em equipe na RMS, dificuldades do trabalho em equipe multiprofissional e contribuição da residência para a atuação em equipe multiprofissional. As percepções colhidas por meio deste trabalho apontam para uma heterogeneidade entre as experiências dos residentes multiprofissionais. As motivações que levaram à busca pela RMS foram, em sua maioria, pragmáticas e voltadas à obtenção de uma formação complementar após a graduação. Ainda que muitos dos sujeitos tivessem conhecimento prévio do conceito de trabalho em equipe multiprofissional, a experiência foi inédita para todos e foi apontado ganho significativo no que tange à prática da multiprofissionalidade. Os sujeitos apontam, contudo, dificuldades expressivas na condução de tal trabalho, notadamente uma dicotomia entre o projeto pedagógico elaborado e o implantado, evidenciando uma quebra de expectativas no processo de formação. Ainda assim, a experiência foi avaliada pela maioria como significativa enquanto preparo para a futura prática profissional fora do cenário acadêmico supervisionado. Ademais, muitos participantes salientaram o papel da experiência na RMS como catalisador de um processo de autoconhecimento. Conclusão: O estudo representa um aprofundamento sobre as atividades de ensino dentro das RMSs. As categorias analisadas representam pontos essenciais para o aperfeiçoamento do processo de formação dos residentes da área multiprofissional em saúde, além da necessidade de uma aproximação entre o projeto pedagógico elaborado e as práticas de ensino. Ações de integração ensino-serviço específicas poderão melhorar a avaliação da RMS por meio de estratégias de ensino. Dentre tais estratégias, emerge a criação de um grupo interprofissional de reflexão sobre as práticas na RMS, configurando-se o produto desta pesquisa. São necessários outros estudos que possam abordar a perspectiva do professor e do preceptor nas RMSs para ampliar e articular com os achados e as análises produzidas nesse estudo.
URI: http://repositorio.unifesp.br/11600/45813
Other Identifiers: http://www2.unifesp.br/centros/cedess/mestrado/teses/tese_210_mariella_vargas.pdf
Appears in Collections:Dissertação de mestrado

Files in This Item:
There are no files associated with this item.


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.