Educação alimentar e nutricional: percepção de professores, coordenadores pedagógicos e nutricionistas

Educação alimentar e nutricional: percepção de professores, coordenadores pedagógicos e nutricionistas

Título alternativo Food and Nutrition Education: perception of teachers and coordinators and nutritionists
Autor Nascimento, Vitor de Mattos Google Scholar
Orientador Juzwiak, Claudia Ridel Google Scholar
Pós-graduação Ensino em Ciências da Saúde – EPE
Resumo This study aims to understand and analyze the perception of teachers, coordinators, and nutritionists on their role in the process of food and nutrition education (FNE). This is a cross-sectional, descriptive study of qualitative and quantitative nature. Perceptions, concepts and practices of FNE of teachers (n=56) and coordinators (n=3) of two public elementary city schools of São Paulo (EMEFs), and nutritionists (n=28) of the School Feeding Department linked to the National School Feeding Programme were investigated using a Likert-type attitudinal instrument, narratives and semi-structured interviews, respectively. The Likert-type attitudinal instrument was built based on four dimensions and its validity was verified by linear correlation and reliability by applying the test of Wilcoxon signed rank. Results were described in mean values by assertions. Interviews and narratives were transcribed in verbatim and after that analyzed by using the content analysis method, from thematic nuclei. Categories and emerged from context and registry units. The study is in line with the ethical principles of research and authorization was granted by the Research Ethics Committee of the Federal University of São Paulo, under protocol number 1,242,853 of 09/24/2015. For teachers FNE actions must involve other professionals and areas of knowledge and should include in their conceptual base, the Nutrition and Food Security and the Human Right for an Adequate Nutrition themes. For coordinators FNE represents mainly the supply of food and its nutritional aspects. Nutritionists perceive the issue in different ways, especially FNE as a process that involves awareness raising and knowledge transfer aiming to achieve an eating behavior change. In the perception of teachers, coordinators, and nutritionists it can be observed the coexistence of different pedagogical trends, highlighting the traditional, as the more privileged models, as well as progressive models. These actors emphasized the need to develop interprofessional practices in FNE, and they consider important the presence of other areas of knowledge to guide these practices in school, as well as the need for permanent processes involving interdisciplinary and cross-content approaches.

Esse trabalho tem por objetivo apreender e analisar a percepção de professores, coordenadores pedagógicos e nutricionistas sobre o seu papel no processo de Educação Alimentar e Nutricional (EAN). Trata-se de um estudo transversal, descritivo de caráter quali-quantitativo. As percepções, concepções e práticas sobre EAN de professores (n=56) e coordenadores (n=3) de duas escolas municipais de ensino fundamental e nutricionistas (n=28) do Departamento de Alimentação Escolar vinculados ao Programa Nacional de Alimentação Escolar foram investigadas, por meio da aplicação de instrumento atitudinal do tipo Likert, narrativas e a partir de entrevistas semiestruturadas, respectivamente. O instrumento atitudinal do tipo Likert foi construído a partir de quatro dimensões. Sua validade foi verificada por meio de testes de correlação linear e a confiabilidade por meio de aplicação do teste dos postos sinalizados de Wilcoxon. Foram descritos os resultados em valores médios por asserção. As entrevistas e narrativas foram transcritas integralmente e posteriormente analisadas por meio da técnica de análise de conteúdo, modalidade temática, a partir de núcleos direcionadores. Categorias emergiram a partir das unidades de contexto e registro. O estudo está em consonância com os preceitos éticos de pesquisa e foi concedido autorização pelo Comitê de Ética em Pesquisa da Universidade Federal de São Paulo, mediante parecer 1.242.853 de 24/09/2015. Para os professores as ações de EAN devem envolver outros profissionais e campos do conhecimento e devem contemplar em suas bases conceituais as temáticas da Segurança Alimentar e Nutricional (SAN) e o Direito Humano a Alimentação Adequada (DHAA). Para os coordenadores pedagógicos a EAN trata principalmente do oferecimento da oferta de alimentos e de seus aspectos nutricionais. Os nutricionistas percebem o tema de diferentes formas, destaque para EAN como um processo que envolve sensibilização e transferência de conhecimento visando à mudança de comportamento alimentar. Na percepção de professores, coordenadores pedagógicos e nutricionistas observa-se a coexistência de diferentes tendências pedagógicas, destaque para os modelos tradicionais, mais privilegiados, e os modelos progressistas. Estes atores ressaltam a necessidade do desenvolvimento de prática interprofissional em EAN, consideraram importante a presença de outras áreas do conhecimento para nortearem as práticas de EAN na escola e a necessidade de processos permanentes que envolvam abordagens interdisciplinares e transversais.
Assunto Educação Alimentar e Nutricional
Alimentação escolar
Hábitos alimentares
Food and Nutrition Education
School feeding
Eating habits
Idioma Português
Data 2016
Publicado em NASCIMENTO, Vitor de Mattos. Educação alimentar e nutricional: percepção de professores, coordenadores pedagógicos e nutricionistas. 2016. 202f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino em Ciências da Saúde) – Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, 2016.
Editor Universidade Federal de São Paulo
Extensão 202f.
Tipo Dissertação de mestrado
URI http://repositorio.unifesp.br/11600/45794

Mostrar registro completo




Arquivos deste item

Arquivos Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item aparece na(s) seguinte(s) coleção(s)