Avaliação por imagem das lesões da placa de crescimento

Avaliação por imagem das lesões da placa de crescimento

Título alternativo Imaging of growth plate injuries
Autor Yanaguizawa, Matiko Autor UNIFESP Google Scholar
Taberner, Gustavo Sobreira Autor UNIFESP Google Scholar
Aihara, André Yui Autor UNIFESP Google Scholar
Yamaguchi, Cláudia Kazue Google Scholar
Guimarães, Maria Carolina Google Scholar
Rosenfeld, André Autor UNIFESP Google Scholar
Fernandes, João Luiz Google Scholar
Fernandes, Artur da Rocha Correa Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Diagnósticos da América
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Hospital Santa Casa de Misericórdia Serviço de Diagnóstico por Imagem Setor de Músculo-Esquelético
Image Memorial
Resumo The structures responsible for the growth of bones include the physis (also called growth plate) and the epiphysis. Affections involving patients with immature skeletons, i.e., with a still open growth plate, may affect the bone growth, resulting in complications such as growth arrest, limb shortening and angular deformities. Traumatic conditions, many times resulting in epiphyseal fractures, are the most frequent cause of growth plate injuries. A careful evaluation of these patients by means of currently available imaging methods, especially radiography, computed tomography and magnetic resonance imaging, allows an early diagnosis of the involvement of structures related to the bone growth, besides an appropriate management, reducing the probability of secondary complications.

As estruturas responsáveis pelo crescimento do osso incluem a fise (também chamada placa de crescimento) e as epífises. Afecções que acometem pacientes com o esqueleto imaturo, ou seja, com a placa de crescimento ainda aberta, podem interferir no crescimento ósseo, resultando em complicações como parada do crescimento, encurtamento dos membros ou deformidades angulares. Condições traumáticas que resultam muitas vezes em fraturas epifisárias são a causa mais comum das lesões da placa de crescimento. A avaliação cuidadosa desses pacientes pelos métodos de diagnóstico por imagem atualmente disponíveis, sobretudo a radiografia, a tomografia computadorizada e a ressonância magnética, permite o reconhecimento precoce do comprometimento das estruturas relacionadas ao crescimento ósseo, além de tratamento adequado, diminuindo a possibilidade do desenvolvimento de tais complicações.
Palavra-chave Growth plate
Fracture
Physeal bar
Bone bridge
Magnetic resonance imaging
Radiography
Computed tomography
Placa de crescimento
Fratura
Barra fisária
Barra óssea
Imagem por ressonância magnética
Radiografia
Tomografia computadorizada
Idioma Português
Data de publicação 2008-06-01
Publicado em Radiologia Brasileira. Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem, v. 41, n. 3, p. 199-204, 2008.
ISSN 0100-3984 (Sherpa/Romeo)
Publicador Colégio Brasileiro de Radiologia e Diagnóstico por Imagem
Extensão 199-204
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0100-39842008000300013
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0100-39842008000300013 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4461

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0100-39842008000300013.pdf
Tamanho: 414.5KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta