Dificuldades e benefícios com o uso de prótese auditiva: percepção do idoso e sua família

Dificuldades e benefícios com o uso de prótese auditiva: percepção do idoso e sua família

Título alternativo Difficulties and benefits with the use of hearing aid: family and elderly perception
Autor Miranda, Elisiane Crestani de Autor UNIFESP Google Scholar
Calais, Lucila Leal Autor UNIFESP Google Scholar
Vieira, Eliara Pinto Autor UNIFESP Google Scholar
Carvalho, Laura Maria Araújo de Autor UNIFESP Google Scholar
Borges, Alda Christina Lopes de Carvalho Autor UNIFESP Google Scholar
Iorio, Maria Cecilia Martinelli Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Santa Casa de São Paulo Faculdade de Ciências Médicas
Resumo PURPOSE: To characterize the perception of the elderly and their relatives regarding difficulties and benefits experienced during the initial adaptation process to the use of hearing aids. METHODS: The sample comprised 31 elderly subjects with bilateral sensorineural hearing loss varying in degree from mild to moderately severe, at the beginning of the adaptation process to the use of hearing aids. The subjects and their relatives answered specific questionnaires, with questions regarding the benefits and difficulties experienced with the use of amplification. RESULTS: Regarding the difficulties, it was verified that there was statistically significant agreement between the answer of the patient and his relative only for the option talk in noisy environment. Regarding the benefits, no agreement was found for any of the answer options. CONCLUSIONS: There was no agreement between the elderly perception and that of their relatives regarding difficulties and benefits with the use of hearing aids, in the initial phase of the adaptation process. Hence, an adequate orientation is necessary both for the user of the hearing aids and the relatives that will be able to help the elderly in this process.

OBJETIVO: Caracterizar a percepção do idoso e do familiar sobre as dificuldades e os benefícios vivenciados pelo idoso, no processo inicial de adaptação ao uso de prótese auditiva. MÉTODOS: A amostra foi constituída por 31 idosos com perda auditiva neurossensorial de grau leve a moderadamente severo bilateral, no início do processo de adaptação às próteses auditivas. Foi aplicado um questionário para o idoso e outro para o familiar, contendo perguntas sobre os benefícios e as dificuldades encontradas com o uso da amplificação. RESULTADOS: Com relação às dificuldades, verificou-se que houve concordância estatisticamente significante entre a resposta do paciente e do seu familiar, apenas para a opção conversar em ambiente ruidoso. Com relação aos benefícios, não houve concordância em nenhuma das opções de resposta. CONCLUSÃO: Não houve concordância entre a percepção do idoso e do familiar sobre as dificuldades e benefícios com o uso das próteses auditivas, na etapa inicial do processo de adaptação. É necessário, portanto, orientação adequada para o usuário de próteses auditivas e, também, para os familiares que poderão auxiliar o idoso neste processo.
Palavra-chave Hearing aids
Health of the elderly
Hearing loss
Adaptation
Family
Questionnaires
Auxiliares de audição
Saúde do idoso
Perda auditiva
Adaptação
Família
Questionários
Idioma Português
Data de publicação 2008-06-01
Publicado em Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia. Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, v. 13, n. 2, p. 166-172, 2008.
ISSN 1516-8034 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia
Extensão 166-172
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1516-80342008000200011
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1516-80342008000200011 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4420

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1516-80342008000200011.pdf
Tamanho: 506.5KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta