Gender differences in aggressiveness in children and adolescents at risk for schizophrenia

Gender differences in aggressiveness in children and adolescents at risk for schizophrenia

Título alternativo Comportamentos agressivos em crianças e adolescentes com risco para esquizofrenia: diferenças entre gêneros
Autor Gutt, Elisa Kijner Google Scholar
Petresco, Sandra Google Scholar
Krelling, Renata Google Scholar
Busatto Filho, Geraldo Autor UNIFESP Google Scholar
Bordin, Isabel Altenfelder Santos Autor UNIFESP Google Scholar
Lotufo-Neto, Francisco Google Scholar
Instituição Universidade de São Paulo (USP)
Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVE: This study aimed to investigate whether differences in aggression-related behavioral problems occur between boys and girls at high risk for schizophrenia living in the city of São Paulo, Brazil. METHOD: Using the Child Behavior Checklist, we compared the prevalence of behavioral problems between genders for the offspring (6-18 years) of mothers with diagnosis of schizophrenia and a comparison group of children born to women with no severe mental disorders recruited at the gynecology outpatient clinic of the same hospital. The Structured Clinical Interview for DSM-IV Axis I Disorders, Patient Edition was applied for the evaluation of diagnostic status of mothers. RESULTS: Male children of women with schizophrenia had a lower prevalence of aggressive behavior compared to females (4% vs. 36%; p = 0.005), whereas no gender differences regarding aggression were detected in the comparison group (24% vs. 32%; p = 0.53). Logistic regression analyses showed that male gender and being a child of women with schizophrenia interacted so as to favor lower prevalence of aggressive behavior (p = 0.03). CONCLUSION: These findings reinforce the notion that behavioral gender differences related to schizophrenia are already detectable in childhood.

OBJETIVO: Investigar diferenças da ocorrência de comportamentos agressivos entre crianças e adolescentes do sexo masculino e feminino com risco genético para desenvolver esquizofrenia. MÉTODO: A prevalência de comportamentos agressivos foi medida utilizando o inventário de comportamentos para crianças e adolescentes, Child Behavior Checklist, e comparada entre os gêneros para o grupo de crianças filhas de mulheres com esquizofrenia e para um grupo de crianças filhas de mulheres atendidas no serviço de ginecologia do mesmo hospital. A entrevista clínica estruturada para DSM-IV (The Structured Clinical Interview for DSM-IV Axis I Disorders Patient Edition) foi utilizada para confirmar o diagnóstico materno. RESULTADOS: Os filhos de mulheres com esquizofrenia do sexo masculino apresentaram prevalência menor de comportamentos agressivos quando comparados às meninas (4% x 36%; p = 0,005), o que não ocorreu para o grupo comparativo (24% x 32%; p = 0,53). A análise de regressão logística mostrou que pertencer ao sexo masculino e ser filho de mulher com esquizofrenia interagiram de forma a favorecer menor prevalência de comportamentos agressivos (p = 0,03). CONCLUSÃO: Esses achados corroboram para a noção que as diferenças comportamentais entre os gêneros na esquizofrenia podem ser detectadas precocemente durante a infância.
Palavra-chave Schizophrenia
Child
Adolescent
Gender
Behavior
Esquizofrenia
Criança
Adolescente
Gênero
Comportamento
Idioma Inglês
Financiador Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP)
Número do financiamento FAPESP: 02/12188-0
Data de publicação 2008-06-01
Publicado em GUTT, Elisa Kijner et al . Gender differences in aggressiveness in children and adolescents at risk for schizophrenia. Rev. Bras. Psiquiatr., São Paulo , v. 30, n. 2, p. 110-117, jun. 2008
ISSN 1516-4446 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Associação Brasileira de Psiquiatria - ABP
Extensão 110-117
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1516-44462008000200005
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000256840100004
SciELO S1516-44462008000200005 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4403

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1516-44462008000200005.pdf
Tamanho: 501.8KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta