Selective hypothermia: an experimental study on traumatic brain injury in rats

Selective hypothermia: an experimental study on traumatic brain injury in rats

Título alternativo Hipotermia seletiva: estudo experimental de traumatismo crânio-encefálico em ratos
Autor Dvilevicius, Amylcar Edemilson Autor UNIFESP Google Scholar
Prandini, Mirto Nelso Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo OBJECTIVE: To evaluate the efficiency of selective hypothermia in the treatment of the traumatic brain injury in rats. METHOD: After the trauma produced for the model of cortical impact, a small craniectomy in the right frontoparietal region was carried through; after the procedure the animals had been divided in two groups of 15 each. Group A, without treatment with hypothermia (control group) and group B, treated with selective hypothermia for a period to 5 to 6 hours. After this time all the animals were sacrificed, their brains had been removed and histopathological analysis was carried through. RESULTS: Comparison between both groups was done using the counting of neurons injured for field. Counting in the control group n=15 had an average of 70.80 neurons injured for field against an average of 21.33 neurons injured for field in group B (submitted to the treatment with hypothermia), with n=15 also. The difference was statiscally significant. CONCLUSION: Based in the quantification of the neurons injured for field, the effectiveness of the treatment with selective hypothermia was demonstrated.

OBJETIVO: Avaliar a eficiência da hipotermia seletiva no tratamento do traumatismo crânio-encefálico (TCe) em ratos. o trauma foi produzido por um modelo de impacto cortical desenvolvido exclusivamente para o estudo. MÉTODO: Após o TCE produzido pelo modelo de impacto cortical, foi realizada pequena craniectomia na região fronto-parietal direita; após o procedimento os animais foram divididos em dois grupos de 15 cada um. o grupo A, sem tratamento com hipotermia (grupo controle) e grupo B, tratado com hipotermia seletiva por período de 5 a 6 horas. depois deste tempo todos os animais foram sacrificados, seus encéfalos foram removidos e realizada a análise anatomopatológica. RESULTADOS: Na comparação entre o grupo tratado com hipotermia e o grupo controle utilizou-se a contagem de neurônios lesados por campo. Tal contagem no grupo A (controle/sem tratamento) com n=15 teve media de 70,80 neurônios lesados por campo contra a media de 21,33 nerônios lesados por campo no grupo B (submetido ao tratamento com hipotermia), com n=15 também. diferença estatísticamente significativa pôde ser demonstrada. CONCLUSÃO: A análise anatomopatológica dos encéfalos dos animais estudados, baseada na quantificação dos neurônios lesados por campo demonstrou efetividade do tratamento com hipotermia seletiva com diferença estatística significativa.
Palavra-chave selective hypothermia
hypothermia
neuroprotection
traumatic brain injury
hipotermia seletiva
hipotermia
neuroproteção
traumatismo crânio-encefálico
Idioma Inglês
Data de publicação 2008-06-01
Publicado em Arquivos de Neuro-Psiquiatria. Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO, v. 66, n. 2b, p. 391-396, 2008.
ISSN 0004-282X (Sherpa/Romeo)
Publicador Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO
Extensão 391-396
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-282X2008000300021
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-282X2008000300021 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4394

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-282X2008000300021.pdf
Tamanho: 1.232MB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta