Validation of a new fiber electrode prototype for clinical electroretinography

Validation of a new fiber electrode prototype for clinical electroretinography

Título alternativo Validação de protótipo de um novo eletrodo de fibra para eletrorretinografia clínica
Autor Berezovsky, Adriana Autor UNIFESP Google Scholar
Pereira, Josenilson Martins Autor UNIFESP Google Scholar
Salomão, Solange Rios Autor UNIFESP Google Scholar
Santos, Vagner Rogério Dos Autor UNIFESP Google Scholar
Schor, Paulo Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Faculdade de Tecnologia de São Paulo
Resumo PURPOSE: To validate a new fiber electrode prototype for clinical electroretinography (ERG). METHODS: A recently developed prototype of a disposable reference-coupled fiber electrode (patent pending Brazilian Institute of Industrial Property # PI0602186-7), including one fiber for corneal signals and a second fiber acting as reference was tested in a group of 20 healthy volunteers (17-31 years; mean 22.7 ± 4.5; 8 males). Standard electroretinography rod and cone responses were recorded from a fully dilated pupil simultaneously in both eyes with a reference-coupled fiber electrode prototype in one randomly assigned eye and a DTL® electrode in the other eye after 30 min of dark-adaptation. After presenting dark- and light-adapted stimuli, each response was analyzed for a- and b-wave amplitude and implicit time. The VERIS 5.1.9 system was used for electroretinography data acquisition and analysis. Electroretinography outcomes were analyzed by Mann-Whitney test. Slit-lamp examination was performed in both eyes right after electroretinography session to evaluate possible adverse effects. RESULTS: Responses recorded with reference-coupled fiber electrode prototypes were comparable to commercially available DTL® fiber electrodes. On a qualitative analysis, reference-coupled fiber electrodes provided recordings with less amount of noise. On average, scotopic electroretinography amplitude and b-wave implicit time recorded using DTL® were, respectively, 287.6 µV and 36.3 ms with similar findings for the reference-coupled fiber electrode prototype (287.9 µV and 36.3 ms). Under photopic conditions DTL® mean amplitude and implicit time were, respectively 108.9 µV and 24.5 ms with similar results for the reference-coupled fiber electrodes prototypes (116.4 µV and 24.5 ms). No corneal abrasions or any other significant adverse effects were found after electroretinography recording with both electrodes. CONCLUSIONS: The reference-coupled fiber electrode prototype provided stable and safe recordings of corneal electroretinograms compared to the commercially availabe DTL® electrode in healthy human subjects. The prototype is a feasible alternative instrument for clinical electroretinography recording to assess retinal function, however further analysis is recommended to validate its clinical usefulness in patients with retinal disorders.

OBJETIVO: Validar um novo protótipo de um eletrodo de fibra para eletrorretinografia clínica (ERG). MÉTODOS: Foi testado em um grupo de 20 voluntários saudáveis (17-31 anos; média 22,7 ± 4,5; 8 homens), um protótipo de eletrodo de fibra com referência acoplado descartável recentemente desenvolvido (depósito de patente no Instituto Nacional de Propriedade Intelectual # PI0602186-7), constando de uma fibra de sinais corneanos e uma segunda fibra servindo como referência. Após 30 minutos de adaptação ao escuro, as respostas de cones e bastonetes da eletrorretinografia foram registradas simultaneamente com dilatação completa das pupilas em ambos os olhos, com o protótipo de eletrodo de fibra com referência acoplado em um olho escolhido ao acaso e um eletrodo DTL® no outro olho. Após a apresentação dos estímulos escotópicos e fotópicos cada resposta foi analisada em amplitude e tempo de culminação das ondas a e b. O sistema VERIS 5.1.9 foi usado para a aquisição e análise dos dados. Os resultados da eletrorretinografia foram analisados pelo teste de Mann-Whitney. Após a sessão da eletrorretinografia foi feito exame em lâmpada de fenda para avaliar possíveis eventos adversos. RESULTADOS: As respostas obtidas com o protótipo de eletrodo de fibra com referência acoplado foram comparáveis às do eletrodo DTL® comercialmente disponível. Numa análise qualitativa, o eletrodo de fibra com referência acoplado produziu sinais com menos ruído. Na média, a amplitude escotópica da eletrorretinografia e o tempo de culminação da onda-b usando o eletrodo DTL® foram respectivamente, 287,6 µV and 36,3 ms com achados similares para o protótipo (287,9 µV e 36,3 ms). Sob condições fotópicas, a amplitude média do eletrodo DTL® e o tempo de culminação da onda b foram respectivamente 108,9 µV e 24,5 ms com resultados similares para o protótipo (116,4 µV e 24,5 ms). Após os registros da eletrorretinografia com ambos os tipos de eletrodos não houve abrasões corneanas ou outros eventos adversos significantes. CONCLUSÕES: Em sujeitos humanos saudáveis, o protótipo de eletrodo de fibra com referência acoplado forneceu registros estáveis e seguros de eletrorretinogramas a partir da córnea comparado aos obtidos com o eletrodo DTL® comercialmente disponível. O protótipo é um instrumento alternativo viável para registro clínico da eletrorretinografia para avaliar a função retiniana, no entanto, análises adicionais são necessárias para validar sua utilidade clínica em pacientes com distúrbios retinianos.
Palavra-chave Electrodes
Electroretinography
Retina
Retinal diseases
Validation studies
Eletrodos
Eletrorretinografia
Retina
Doenças retinianas
Estudos de validação
Idioma Inglês
Data de publicação 2008-06-01
Publicado em Arquivos Brasileiros de Oftalmologia. Conselho Brasileiro de Oftalmologia, v. 71, n. 3, p. 316-320, 2008.
ISSN 0004-2749 (Sherpa/Romeo)
Publicador Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Extensão 316-320
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27492008000300003
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-27492008000300003 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4380

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-27492008000300003.pdf
Tamanho: 206.5KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta