Narração de histórias por crianças com distúrbio específico de linguagem

Show simple item record

dc.contributor.author Befi-lopes, Débora Maria
dc.contributor.author Bento, Ana Carolina Paiva
dc.contributor.author Perissinoto, Jacy [UNIFESP]
dc.date.accessioned 2015-06-14T13:38:33Z
dc.date.available 2015-06-14T13:38:33Z
dc.date.issued 2008-06-01
dc.identifier http://dx.doi.org/10.1590/S0104-56872008000200004
dc.identifier.citation Pró-Fono Revista de Atualização Científica. Pró-Fono Produtos Especializados para Fonoaudiologia Ltda., v. 20, n. 2, p. 93-98, 2008.
dc.identifier.issn 0104-5687
dc.identifier.uri http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4379
dc.description.abstract BACKGROUND: narrative abilities provide rich information about the linguistic, cognitive and social competences of children with typical language development and with SLI (Specific Language Impairment). Children with SLI present deficits in speech elaboration, which is generally confusing and repetitive. Furthermore, there may be difficulty with text organization, understanding the underlying time and cause-effect relationships and in the development of the structural knowledge needed for comprehension. AIM: to characterize the narration of stories by children with SLI regarding the type and content of speech and to compare their performance to that of their typically developing peers, matched according to the chronological age. METHOD: two groups participated in this study: Control Group (CG), 24 children with no language deficits and Research Group (RG), 8 children with the diagnosis of SLI. To elicit the narratives, a series of 15 stories were used, represented by illustrations containing four scenes each. These sequences were created and classified as mechanical, behavioral and intentional, according to the relationship established between the characters. RESULTS: children with SLI presented poorer narratives when compared to their typically developing peers, independent of the type of story which was presented. Moreover, children with SLI showed a similar perception of the mental states when compared to children with normal development. CONCLUSIONS: these results indicate that, regardless the type of story, children with SLI have difficulties in the use of language, that is, with the linguistic abilities necessary to narrate stories and not in the perception of the characters' mental state. en
dc.description.abstract TEMA: as habilidades narrativas podem fornecer ricas informações sobre as competências lingüísticas, cognitivas e sociais das crianças com desenvolvimento típico e com DEL (Distúrbio Específico de Linguagem). Crianças com DEL apresentam déficits na elaboração do discurso, que geralmente são confusos e repetitivos. Além disso, há dificuldades na organização textual, compreensão da temporalidade, relações de causa e efeito e desenvolvimento de conhecimento estrutural necessária para a compreensão da informação. OBJETIVO: caracterizar a narração de histórias por crianças com DEL com relação ao tipo e conteúdo do discurso e comparar o desempenho destes sujeitos com seus pares cronológicos em desenvolvimento típico. MÉTODO: participaram deste estudo dois grupos: Grupo Controle (GC), sem alterações de linguagem, composto por 24 sujeitos e Grupo Pesquisa (GP), com diagnóstico de DEL, composto por 8 sujeitos. Para eliciar as narrativas foi utilizada uma série de 15 histórias, representadas por figuras, compostas por quatro cenas cada. Essas seqüências foram criadas e classificadas em mecânicas, comportamentais e intencionais, segundo as relações envolvidas entre as personagens. RESULTADOS: As crianças com DEL apresentam narrativas mais rudimentares se compararmos a seus pares cronológicos com desenvolvimento típico de linguagem independente do tipo de história fornecida. Além disso, as crianças com DEL apresentaram percepção dos estados mentais semelhante às crianças com desenvolvimento normal. CONCLUSÕES: estes resultados indicam que, independente do tipo de história fornecida, a dificuldade destas crianças está na utilização da língua, ou seja, nas habilidades lingüísticas necessárias na narração de histórias e não na percepção dos estados mentais dos personagens. pt
dc.format.extent 93-98
dc.language.iso por
dc.publisher Pró-Fono Produtos Especializados para Fonoaudiologia Ltda.
dc.relation.ispartof Pró-Fono Revista de Atualização Científica
dc.rights Acesso aberto
dc.subject Language en
dc.subject Language Development Disorders en
dc.subject Narration en
dc.subject Linguagem pt
dc.subject Transtornos do Desenvolvimento da Linguagem pt
dc.subject Narrativa pt
dc.title Narração de histórias por crianças com distúrbio específico de linguagem pt
dc.title.alternative Narration of stories by children with specific language impairment en
dc.type Artigo
dc.contributor.institution Universidade de São Paulo (USP)
dc.contributor.institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.description.affiliation Universidade de São Paulo Faculdade de Medicina Departamento de Fisioterapia, Fonoaudiologia e Terapia Ocupacional
dc.description.affiliation Universidade de São Paulo Faculdade de Medicina Área Comunicação Humana
dc.description.affiliation Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
dc.description.affiliation Universidade de São Paulo
dc.description.affiliationUnifesp UNIFESP
dc.identifier.file S0104-56872008000200004.pdf
dc.identifier.scielo S0104-56872008000200004
dc.identifier.doi 10.1590/S0104-56872008000200004
dc.description.source SciELO



File

Name: S0104-56872008000200004.pdf
Size: 81.57Kb
Format: PDF
Description:
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Show simple item record

Search


Browse

Statistics

My Account