Protocolo de um banco de tecidos neoplásicos

Protocolo de um banco de tecidos neoplásicos

Título alternativo Protocol for a tumor tissue bank
Autor Alimena, Luiz José Moura Autor UNIFESP Google Scholar
Garcia Filho, Reynaldo Jesus Autor UNIFESP Google Scholar
Toledo, Silvia Regina Caminada de Autor UNIFESP Google Scholar
Alves, Maria Teresa de Seixas Autor UNIFESP Google Scholar
Petrilli, Antonio Sergio Autor UNIFESP Google Scholar
De Luca Junior, Giuseppe Google Scholar
Jacobus, Lucas Senger Autor UNIFESP Google Scholar
Romani, Ricardo Filipe Google Scholar
Spader, Daniel Lunardi Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Santa Casa de Porto Alegre Setor de Ortopedia Oncológica
Instituto de Oncologia Pediátrica
Fundação Faculdade de Ciências Médicas de Porto Alegre
Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Resumo A Tumor Bank with systematic organization of data allows for the carrying out of cancer research with sound and scientific conclusions. The need thus arises for a specific protocol whose main advantage would be that of adding qualified donor information to tumor samples used in research. The purpose of this study was to develop a simple, reliable, and replicable procedures protocol to acquire and store samples of musculoskeletal tumors. The basis for the planning of this protocol comprises the information gathered in the literature relating to tumor tissue banks from 1969 to 2005. The paper describes the capture, storage, and donor background. The tumor bank with an efficient protocol allows to store both healthy and neoplastic tissue, and to record information relating to patients with neoplastic lesions. Furthermore, it enables supplying tissue samples in ideal research conditions.

Um banco de tumores com organização sistematizada das informações permite a elaboração de pesquisas em câncer com conclusões sólidas e científicas. Assim, há a necessidade de um protocolo específico, cuja principal vantagem seria a de agregar informações qualificadas sobre o doador às amostras tumorais utilizadas para a pesquisa. O objetivo deste trabalho foi desenvolver um protocolo de procedimentos simples, confiável e reproduzível, para adquirir e armazenar amostras de tumores do sistema músculo-esquelético. O planejamento deste protocolo tem como base os dados da literatura relacionada a bancos de tecidos neoplásicos, no período de 1969 a 2005. Descreve a captação, armazenamento das amostras e o histórico do doador. O banco de tumores com um protocolo eficiente permite armazenar amostras de tecido normal e neoplásico, além de registrar dados referentes a pacientes com lesões neoplásicas. Além disso, possibilita o fornecimento, aos pesquisadores em câncer, de amostras de tecido em condições ideais para a pesquisa.
Palavra-chave Tissue banks
Bone neoplasms
Protocols
Neoplasms
Medical oncology
Cooperative behavior
Bancos de tecidos
Neoplasias ósseas
Protocolos
Neoplasias
Oncologia
Comportamento cooperativo
Idioma Português
Data de publicação 2008-03-01
Publicado em Revista Brasileira de Ortopedia. Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia, v. 43, n. 3, p. 53-58, 2008.
ISSN 0102-3616 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia
Extensão 53-58
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0102-36162008000200001
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0102-36162008000200001 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4247

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0102-36162008000200001.pdf
Tamanho: 100.3KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta