Efeitos do exercício físico sobre o trato gastrintestinal

Efeitos do exercício físico sobre o trato gastrintestinal

Título alternativo Effects of physical exercise on the gastrointestinal tract
Autor Lira, Claudio Andre Barbosa de Autor UNIFESP Google Scholar
Vancini, Rodrigo Luiz Autor UNIFESP Google Scholar
Silva, Antonio Carlos da Autor UNIFESP Google Scholar
Nouailhetas, Viviane Louise Andree Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo The impact of exercise on the gastrointestinal tract (GI tract), although being little investigated, is a field of high interest. Intense endurance aerobic exercise can lead to gastrointestinal symptoms. These symptoms can be classified into upper symptoms (vomiting, nausea and retrosternal pyrosis - heartburn) and lower symptoms (diarrhea, abdominal cramps, loss of appetite, bleeding, accelerated bowel transit time, urge to defecate). These symptoms etiology during exercise is multifactorial and includes: reduction of intestinal blood flow, release of gastrointestinal hormones, mechanical stress on the GI tract, dehydration, psychological factors, age, gender, diet, and training status. On the other hand, low intensity exercise has a protective effect on the GI tract; mainly, with certain diseases, such as, colon cancer, diverticular disease, cholelithiases, and constipation. A variety of mechanisms have been postulated to explain the effects of exercise on the GI tract, contributing to the development of therapeutic strategies in the treatment of patients with gastrointestinal symptoms and diseases.

O impacto do exercício sobre o trato gastrintestinal (TGI), apesar de pouco investigado, é uma área de grande interesse. O exercício aeróbio intenso e de longa duração pode provocar sintomas gastrintestinais. Estes podem ser divididos em sintomas superiores (vômitos, náuseas e pirose retroesternal - azia) e inferiores (diarréia, cólica abdominal, perda de apetite, sangramento, aceleração dos movimentos intestinais e vontade de defecar). A etiologia desses sintomas durante o exercício é multifatorial e inclui a redução do fluxo sanguíneo intestinal, a liberação de hormônios gastrintestinais, o estresse mecânico sobre o TGI, a desidratação, os fatores psicológicos, a idade, o sexo, a dieta e o nível de treinamento do indivíduo. Por outro lado, o exercício de baixa intensidade tem efeito protetor sobre o TGI, principalmente com relação à predisposição a certas doenças como o câncer de cólon, a diverticulite, a colelitíase e a constipação. Diversos mecanismos são postulados para explicar os efeitos do exercício sobre o TGI, contribuindo para o desenvolvimento de estratégias terapêuticas no tratamento de indivíduos com sintomas e doenças gastrintestinais.
Palavra-chave exercise
gastrointestinal tract
gastrointestinal symptoms, and gastrointestinal diseases
exercício
trato gastrintestinal
sintomas gastrintestinais e doenças gastrintestinais
Idioma Português
Data de publicação 2008-02-01
Publicado em LIRA, Claudio Andre Barbosa de et al . Efeitos do exercício físico sobre o trato gastrintestinal. Rev Bras Med Esporte, Niterói , v. 14, n. 1, p. 64-67, fev. 2008
ISSN 1517-8692 (Sherpa/Romeo, fator de impacto)
Publicador Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte
Extensão 64-67
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1517-86922008000100012
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
Web of Science WOS:000260636600012
SciELO S1517-86922008000100012 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4225

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1517-86922008000100012.pdf
Tamanho: 239.1KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta