O impacto da cirurgia de ceratectomia fotorrefrativa (PRK) e ceratomileuse assistida por excimer laser in situ (LASIK) na qualidade visual e de vida em pacientes com ametropias

O impacto da cirurgia de ceratectomia fotorrefrativa (PRK) e ceratomileuse assistida por excimer laser in situ (LASIK) na qualidade visual e de vida em pacientes com ametropias

Título alternativo The impact of photorefractive excimer laser keratectomy (PRK) and laser in situ keratomileusis (LASIK) on visual quality and life in patients with ametropias
Autor Belfort, Ricardo Autor UNIFESP Google Scholar
Campos, Mauro Silveira de Queiroz Autor UNIFESP Google Scholar
Hoexter, Marcelo Queiroz Autor UNIFESP Google Scholar
Belfort, Rubens Junior Autor UNIFESP Google Scholar
Mari, Jair de Jesus Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Resumo PURPOSE: To evaluate the quality of life, vision and stress before and after refractive surgery. METHODS: This is a longitudinal, observational study, where 100 patients were evaluated; 54 espectacles wearers, 21 contact lens users before surgery and 25 controls wearers spectacles or contact lenses, who did not want to undergo refractive surgery during one year despite refractive error. The applied questionnaires were Self Reporting Questionnaires SRQ-20 of quality of life and vision and National Eye Institute Visual Function Questionnaire NEI VFQ-25 for the assessment of mental health. The intervention group answered the questionnaires before surgery, three, six and twelve months after follow-up and the control group answered the questionnaires at six and twelve months after the baseline. The questionnaires of the intervention group were applied by an independent person. RESULTS: In the intervention group (54 spectacle wearers), 39 were treated by photorefractive excimer laserkeratectomy (PRK) and 15 by laser in situ keratomileusis (LASIK), of the 21 contact lens users: 12 received photorefractive excimer laser keratectomy and nine were treated by laser in situ keratomileusis (LASIK). The control group remained stable during the study. After three months of follow-up the intervention group showed improvement in quality of life, vision and reduction of stress. After one year of follow-up the assessments of quality of life and mental health were similar to the control group. After three months there was a significant reduction of psychiatric symptomatology in the intervention group. CONCLUSION: Patients operated for correction of ametropia showed a significant improvement in quality of life and mental health assessments.

OBJETIVO: Avaliar a qualidade de vida e de visão e o estresse de pacientes portadores de ametropias submetidos a procedimentos cirúrgicos. MÉTODOS: Estudo longitudinal observacional em que foram estudados 100 pacientes; 54 usuários de óculos, 21 usuários de lentes de contato interessados no procedimento cirúrgico e 25 controles usuários de óculos ou lentes de contato, mas que não desejavam ser operados no período de um ano. Os questionários aplicados foram o National Eye Institute Visual Function Questionnaire (NEI-VFQ-25) de qualidade de vida e o Self Reporting Questionnaire - SRQ-20 para avaliação da saúde mental. Os pacientes que se submeteram à cirurgia responderam aos questionários aplicados por uma observadora antes da mesma, três, seis e doze meses após a intervenção. O grupo controle respondeu de forma auto-aplicada no início do estudo, seis e doze meses após a primeira avaliação. RESULTADOS: No grupo da cirugia dos 54 pacientes que usavam óculos 39 fizeram cirurgia de ceratectomia fotorrefrativa por excimer laser(PRK) e 15 fizeram ceratomileuse assistida por excimer laserin situ (LASIK) e dos 21 que usavam lentes de contato 12 fizeram cirurgia de ceratectomia fotorrefrativa e nove fizeram ceratomileuse assistida por excimer laser in situ (LASIK). O grupo controle esteve estável durante os 12 meses em relação aos instrumentos aplicados. Três meses após a cirurgia o grupo da cirurgia apresentou melhora significante da qualidade de vida e de visão em relação ao pré-operatório independentemente do tipo de cirurgia realizada. Um ano após a cirurgia os índices de qualidade de vida e de saúde mental, foram semelhantes aos do grupo controle. O Self Reporting Questionnaire - SRQ 20 mostrou diminuição significante do índice de sintomas a partir dos três meses de pós-operatório. CONCLUSÃO: A qualidade de visão e de vida dos pacientes submetidos à cirurgia de correção de ametropia mudou significantemente para melhor em relação ao préoperatório, com redução substancial do estresse psicológico.
Palavra-chave Keratomileusis, laser in situ
Keratectomy
photorefractive, excimer laser
Refractive errors
Myopia
Quality of life
Stress, psychological
Questionnaires
Ceratomileuse assistida por excimer laser in situ
Ceratectomia fotorrefrativa por excimer laser
Erros de refração
Miopia
Qualidade de vida
Estresse psicológico
Questionários
Idioma Português
Data de publicação 2008-02-01
Publicado em Arquivos Brasileiros de Oftalmologia. Conselho Brasileiro de Oftalmologia, v. 71, n. 1, p. 83-89, 2008.
ISSN 0004-2749 (Sherpa/Romeo)
Publicador Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Extensão 83-89
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S0004-27492008000100018
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S0004-27492008000100018 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4197

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S0004-27492008000100018.pdf
Tamanho: 261.8KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta