Análise da morfometria nuclear: descrição da metodologia e o papel dos softwares de edição de imagem

Análise da morfometria nuclear: descrição da metodologia e o papel dos softwares de edição de imagem

Título alternativo Nuclear morphometric analysis: description of the methodology and the role of image-editing softwares
Autor Andrea, Carlos Eduardo De Autor UNIFESP Google Scholar
Bleggi-torres, Luiz Fernando Google Scholar
Alves, Maria Teresa de Seixas Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Universidade Federal do Paraná
Resumo The morphometric analysis of images, which comprises measuring and counting, is used in pathology to obtain accurate data of cellular and tissue components that are important for diagnosis and prognosis of several tumors. Although it is a useful and low-cost tool, it is restricted to a few diagnosis and research centers. The objective of this study is to present and describe the method of nuclear morphometry with supplementary use of image-editing softwares, making detailed analysis of the critical stages of the process. The correction of problems found during the capture of the image, such as erroneously adjusted color temperature and color shade and unevenly illuminated images from an improperly adjusted microscope, is fundamental for the accurate analysis. Through the color mask resource present in countless image-editing softwares, it is possible to select and to separate objects of similar colors, resulting in a final image that shows only the objects of interest for analysis. Morphometry is accomplished through a specific software, such as ImageTool (version 3.00), that permits the accurate automatic measuring of one or more parameters in a short interval of time. The interface of ImageTool allows one to work simultaneously with the original and the processed images, in which the similar colors were selected. Therefore, it is possible to confront the selected object with the same object in its original image, what ensures its exact selection. This system allows interobserver comparison of 100% of the objects, enabling the rejection of those that should not have been selected and measured.

A análise morfométrica de imagens é utilizada em patologia para se obter dados precisos de componentes celulares e teciduais, por meio da mensuração e contagem, que são importantes para o diagnóstico e prognóstico de vários tumores. Essa técnica, mesmo sendo ferramenta útil e de baixo custo, mantém-se restrita a poucos centros de diagnóstico ou pesquisa. O objetivo deste trabalho é apresentar e descrever o método de morfometria nuclear com a utilização complementar de softwares de edição de imagens, fazendo a análise detalhada das etapas críticas do processo. A correção de problemas encontrados durante a captura das imagens, como temperatura e matiz da cor erroneamente ajustados, e de imagens com iluminação desigual provenientes de microscópio mal regulado, é fundamental para a correta análise. Assim, utilizando o recurso máscara de cor disponível em vários softwares de editoração de imagens, é possível selecionar e separar objetos de cores semelhantes, resultando numa imagem final que apresenta somente os objetos de interesse para análise. A morfometria é realizada por meio de softwares específicos como o ImageTool (versão 3.0), que possibilitam a mensuração automática de um ou mais parâmetros, com precisão e em curto intervalo de tempo. A interface do ImageTool permite ainda trabalhar simultaneamente com a imagem original e a imagem processada em que se fez a seleção das cores semelhantes. Dessa forma, pode-se confrontar o objeto que está sendo selecionado com o mesmo objeto na sua imagem original, garantindo assim correta seleção. Esse sistema possibilita conferência interobservador de 100% dos objetos, o que permite desprezar aqueles que posteriormente constatou-se que não deveriam ter sido selecionados e mensurados.
Palavra-chave Image analysis
Morphometry
Nuclear morphometry
Análise de imagens
Morfometria
Morfometria nuclear
Idioma Português
Data de publicação 2008-02-01
Publicado em Jornal Brasileiro de Patologia e Medicina Laboratorial. Sociedade Brasileira de Patologia ClínicaSociedade Brasileira de PatologiaSociedade Brasileira de Citopatologia, v. 44, n. 1, p. 51-57, 2008.
ISSN 1676-2444 (Sherpa/Romeo)
Publicador Sociedade Brasileira de Patologia ClínicaSociedade Brasileira de PatologiaSociedade Brasileira de Citopatologia
Extensão 51-57
Fonte http://dx.doi.org/10.1590/S1676-24442008000100010
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Artigo
SciELO S1676-24442008000100010 (estatísticas na SciELO)
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/handle/11600/4193

Exibir registro completo




Arquivo

Nome: S1676-24442008000100010.pdf
Tamanho: 230.6KB
Formato: PDF
Descrição:
Abrir arquivo

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta