Política Nacional de Humanização (PNH): um estudo a partir de estudantes de medicina.

Política Nacional de Humanização (PNH): um estudo a partir de estudantes de medicina.

Título alternativo National Policy Humanization (NPH): a study from medical students
Autor Storer, Ivania da Conceição Alves Autor UNIFESP Google Scholar
Orientador Batista, Sylvia Helena Souza da Silva Autor UNIFESP Google Scholar
Instituição Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Pós-graduação Ensino em Ciências da Saúde – EPE
Resumo Esta pesquisa teve como objetivo geral analisar as concepções dos discentes de medicina da Universidade Federal de Rondônia sobre a Política Nacional de Humanização. Trata-se de um estudo qualitativo, do tipo descritivo-exploratório, realizado com 25 graduandos do 12º período do curso de médico, produzindo-se dados a partir de grupo focal e os analisando na perspectiva do conteúdo, tipo análise temática. Com base nos núcleos direcionadores, foram construídas categorias. A fragmentação no currículo, sinalizada pelos discentes quanto ao ensino teórico e vivência da humanização nas atividades práticas das disciplinas e do internato, especialmente sobre a Política Nacional de Humanização, foi considerada um dos desafios para melhoria da educação médica. Emergiu desta discussão a necessidade de integrar disciplinas de forma a possibilitar um conteúdo programático de natureza interdisciplinar. Assim, buscando ampliar o debate, a criação de um Núcleo de Estudos de Humanidades em Saúde configura-se como o produto desta dissertação de mestrado. Desenha-se um núcleo, onde sejam realizadas rodas de conversas, nas quais alunos e professores possam se expressar a respeito das aprendizagens sobre Humanização e Política Nacional de Humanização. Um espaço para discussões permanentes das propostas curriculares do curso, fomentando e propondo inovações curriculares de modo a ter, na humanização, um potente conteúdo e disparador metodológico para a formação médica. Acredita-se que a divulgação dos resultados deste trabalho e a corroboração dos achados de outros estudos são necessárias para aprofundar a discussão acerca do ensino médico, o que pode contribuir para uma formação mais humana, contemplada também nos currículos acadêmicos.

The general aim of this research was analyze the conceptions of the medicine learners of Federal University of Rondonia on the National Policy of Humanization. It is a qualitative descriptive exploratory study what was carried out with 25 undergraduate students of twelfth period of medicine course, producing-if data from the focal group and analyzing in the perspective of content, type thematic analysis. With the basis in the cores directors the categories were constructed. Fragmentation in curriculum, signaled by students regarding the theoretical teaching and experience of humanization in the practical activities of the disciplines and the internship, especially on the National Policy of Humanization, was considered one of the challenges for improving medical education. This discussion has emerged the need to integrate disciplines that allow a programmatic content of interdisciplinary nature. Thus, broadening the debate, it configures itself as the product of this master's thesis the creating a Core of Studies of Humanities in Health. Draws a nucleus, where they are made wheels of conversations, in which students and teachers can express the respect of learning about Humanization and National Policy of Humanization. A space for the permanent discussions of curricular proposals of the course, fomenting and proposing curricular innovations to take, in humanization, a powerful content and methodological trigger for medical training. It is believed that the disclosure of the results of this work and the corroboration of findings from other studies are necessary to deepen the discussion about medical education which can contribute to a more human training also contemplated in the academic curricula.
Palavra-chave Ensino Médico
Humanização em saúde
Estudante
Política Nacional de Humanização
Medical Education
Humanization in health
Undergraduate
National Policy of Humanization
Data de publicação 2013-12-10
Publicado em STORER, Ivania da Conceição Alves. Política Nacional de Humanização (PNH): um estudo a partir de estudantes de medicina. 2014. 108f. Dissertação (Mestrado Profissional em Ensino em Ciências da Saúde) – Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo, São Paulo, 2014
Publicador Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extensão 108f.
Fonte http://www2.unifesp.br/centros/cedess/mestrado/teses/tese_140_politica_nacional_humanizacao_ivania_storer.pdf
Direito de acesso Acesso aberto Open Access
Tipo Dissertação de mestrado
Endereço permanente http://repositorio.unifesp.br/11600/41910

Exibir registro completo




Arquivo

Arquivo Tamanho Formato Visualização

Não existem arquivos associados a este item.

Este item está nas seguintes coleções

Buscar


Navegar

Minha conta