Cartografia do Processo de Cuidado num Serviço de Atenção Domiciliar

Cartografia do Processo de Cuidado num Serviço de Atenção Domiciliar

Alternative title Cartography of the care process in a Home Care Service
Author Pozzoli, Sandra Maria Luciano Autor UNIFESP Google Scholar
Advisor Cecilio, Luiz Carlos de Oliveira Autor UNIFESP Google Scholar
Institution Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Graduate program Saúde Coletiva – EPM
Abstract Introduction: The practice of caring for sick people in their homes refers to immemorial times. Since the last century, due to the aging of the population, there has been a growing institutionalization of such practice in home care services, which had assumed very different models and work processes in different countries. The main objective of this research was to know the process of care in the Home Care Service (SAD) of a medium-sized municipality in the State of São Paulo as a component of the Emergency and Urgency Network (RUE). Method: It is a case in which I take on a cartographic ethos in every way of the research, participating in the routine of SAD and recording in a field diary the daily scenes. I also have recorded interviews with caregivers and a hospital nurse, and I have conducted a focus group with Primary Care nurses (AB). As a data analysis strategy, the first approximation of the empirical material was the definition of Cutting Plans, that is, intentional cuts made from elements or components of home care policy. In the second analytical approach, there are the Visibility Plans, that are scenes of the daily life that reveal the complex relationships between the prescribed work (that the official policy defines) and the actual work (that is how care is performed by the teams in their concrete conditions of work). Results and Discussion: Through the cutting plans and visibility plans, it was possible to identify problems related to management, in particular those that establish limits for the team work; limitations in the use of the information system; the positive aspects and also the tensions present in the multiprofessional work; the conflicts present in the daily work; deficiencies in the training of workers; the isolation of SAD in relation to other health equipment; the limitations of AB to effectively support SAD; the overload of the caregiver and the inescapable need of strategies to support their work and elements of the patient universe, marked by the loss of autonomy and often by the lack of perspective of future building, showing human vulnerability in different perspectives and the sense that each family gives to the suffering experienced by the dependent family member of long-term care. Conclusions: The study evidenced that home care is a model of innovative care, if assumed by the health system with sufficient human resources, materials, equipment, transportation and agile and flexible information system to include real information. Caregivers suggested that care must to be integrated among professionals and with other points of the Health Care Network (RAS). There are difficulties for AB to assume this model of care, and the experience indicated the need of social support services to contribute to the quality of life of the caregiver.

Introdução: A prática do cuidado de pessoas doentes em seus domicílios remete a tempos imemoriais. Desde o século passado observa-se, devido principalmente ao envelhecimento da população, uma crescente institucionalização de tal prática em serviços de atenção domiciliar, que assumem modelos e processos de trabalho muito diferentes nos diferentes países. O objetivo principal desta pesquisa foi conhecer o processo de cuidado no Serviço de Atenção Domiciliar (SAD) de um município de médio porte no Estado de São Paulo como componente da Rede de Urgência e Emergência (RUE). Método: É um estudo de caso no qual assumi um ethos cartográfico em todo caminho da pesquisa, participando da rotina do SAD e registrando em um diário de campo as cenas do cotidiano. Realizei também entrevistas gravadas com cuidadoras e com uma enfermeira hospitalar e conduzi um grupo focal com enfermeiras da Atenção Básica (AB). Como estratégia de análise dos dados, a primeira aproximação do material empírico foi a definição de “Planos de Corte”, isto é, recortes intencionais realizados a partir de elementos ou componentes da política de atenção domiciliar. Na segunda aproximação analítica, foram evidenciados os “Planos de Visibilidade”, cenas do cotidiano que revelam as complexas relações entre o trabalho prescrito (aquilo que a política oficial define) e o trabalho real (como é realizado o cuidado pelas equipes em suas condições concretas de trabalho). Resultados e Discussão: Através dos planos de corte e planos de visibilidade foi possível identificar problemas relacionados à gestão, em particular aqueles que estabelecem limites para o trabalho das equipes; as limitações no uso do sistema de informação; os aspectos positivos, mas também as tensões presentes no trabalho multiprofissional; os conflitos presentes no cotidiano do trabalho; as deficiências na formação dos trabalhadores; o isolamento do SAD em relação aos demais equipamentos de saúde; as limitações da AB para apoiar efetivamente o SAD; a sobrecarga do cuidador e a incontornável necessidade de estratégias de apoio ao seu trabalho e elementos do universo dos pacientes, marcado pela perda de autonomia e, muitas vezes, pela falta de perspectiva de “construção de futuro”, evidenciando vulnerabilidade humana em diferentes perspectivas, e o sentido que cada família dá ao sofrimento vivido pelo familiar dependente de cuidado de longo prazo. Conclusões: O estudo evidenciou que a atenção domiciliar é um modelo de atenção inovador, se assumido pelo sistema de saúde com suficientes recursos humanos, materiais, equipamentos, transporte e sistema de informação ágil e flexível para inclusão de informações reais. Os cuidadores sugeriram que a assistência seja integrada entre os profissionais e com os outros pontos da Rede de Atenção à Saúde (RAS). Há dificuldades para a AB assumir esse modelo de atenção e o empírico indicou a necessidade de haver serviços de apoio social para contribuir com a qualidade de vida do cuidador.
Keywords Home care services
Public Health Policies
Home nursing
Health care. Health Services for the Aged
Qualitative Research
Serviços de assistência domiciliar
Políticas Públicas de Saúde
Assistência Domiciliar
Atenção à Saúde
Serviços de Saúde para Idosos
Pesquisa Qualitativa
Saúde Coletiva
Language Portuguese
Sponsor Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Date 2017-08-03
Published in POZZOLI, Sandra Maria Luciano. Cartografia do Processo de Cuidado num Serviço de Atenção Domiciliar. 2017. Tese (Doutorado) - Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP), 2017.
Research area Gestão do cuidado e o trabalho e(m) saúde
Knowledge area Política, Planejamento e Gestão em Saúde
Publisher Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP)
Extent 179 p.
Origin https://sucupira.capes.gov.br/sucupira/public/consultas/coleta/trabalhoConclusao/viewTrabalhoConclusao.jsf?popup=true&id_trabalho=5148149
Access rights Open access Open Access
Type Thesis
URI http://repositorio.unifesp.br/11600/41866

Show full item record




File

Name: 2017-0016.pdf
Size: 2.649Mb
Format: PDF
Description:
Open file

This item appears in the following Collection(s)

Search


Browse

Statistics

My Account